resumo Quincas borba

resumo quincas borba


Resumo Quincas Borba

Resumo do livro Quincas Borba - Machado de Assis

     A VW preparou o Resumo de Quincas Borba, de Machado de Assis, considerado o mais objetivo dos romances de Machado de Assis.  Publicado em 1891, ou seja, 10 anos depois da mudança radical trazida por Memórias Póstumas de Brás Cubas, o romance Quincas Borba pode ser visto como irmão da obra que inaugurou o Realismo brasileiro. Não tem as inovações deste, mas ainda se percebe, ainda que de forma menos intensa, o mesmo dom ao trabalhar com a digressão, ironia e metalinguagem. É um desdobramento da problemática e da narrativa de Memórias Póstumas de Brás Cubas.

     Outro ponto de contato é o fato de Quincas Borba ser personagem que já fazia parte de Memórias Póstumas de Brás Cubas. Amigo de infância do autor defunto, tinha decaído de abastado para mendigo, depois, recebendo uma herança, tornara-se rico e criador de uma filosofia, o Humanitismo. Contudo, Quincas Borba tem sua própria história.

     Essa teoria é justamente o principal mote comum entre as duas obras. Há quem diga que se trata de uma paródia de Machado de Assis às inúmeras filosofias que surgiram no final do século XIX, em que todos pareciam ter uma explicação sobre tudo.  No entanto, existe também a possibilidade de se ver aqui uma metaforização do próprio ideário a que o grande autor realista de Quincas Borba se apegava.

Resumo Quincas Borba

     O livro representa a filosofia inventada por Quincas Borba, de que a vida é um campo de batalha onde só os mais fortes sobrevivem e que fracos e ingênuos, como Rubião, são manipulados e aniquilados pelos superiores e espertos, como Palha e Sofia, que no fim da obra terminam vivos e ricos.

     Confira a análise completa juntamente com o resumo de Quincas Borba.

Resumo do livro Quincas Borba

Compartilhe este site com seus amigos!

Vestibulando Web - Copyright 1999-2009. Todos os direitos reservados.
Quem Somos? | Publicidade | Política de Privacidade - Resumo Quincas Borba

Ponto.Br