Cloroplastos

Atualizada em: 30/07/2014

Cloroplastos: descrição desta estrutura celular presente em células vegetais e em alguns procariontes

Cloroplastos

Um tipo de organela característico das células vegetas são os plastos. Acumulam substâncias e são classificados de acordo com a natureza da substância armazenada. Os plastos incolores, que armazenam amido, lipídios ou proteínas, são os leucoplastos. Os plastos coloridos pela presença de pigmentos são chamados cromoplastos e, destes, os mais numerosos e importantes são os cloroplastos, nos quais ocorrem as reações da fotossíntese. Possuem o pigmento verde clorofila.

Uma célula da folha contém cerca de 50 cloroplastos. Em um milímetro quadrado da superfície da folha encontram-se mais de 500 000 deles.

Os cloroplastos guardam algumas semelhanças estruturais com as mitocôndrias.

Tilacoides - estrutura cloroplasto

São delimitados por duas membranas. Internamente, são ocupados por uma substância amorfa, o estroma. Grânulos de amido podem ser encontrados mergulhados no estroma.

Ao microscópio eletrônico, verifica-se a presença, dentro do cloroplasto, de um complexo sistema de membranas que constituem sacos achatados e unidos entre si. São os tilacóides. Nos vegetais, os tilacóides se arranjam como uma pilha de moedas. Cada pilha é chamada granum e o conjunto de granum é chamado grana. Existem membranas que ligam os grana através do estroma. A clorofila existe no interior dos tilacóides. Os cloroplastos possuem, em média, a seguinte composição:

 

água             50%
proteínas      25%
lipídios          15%
clorofila           3%
carotenóides   2%

Possuem, ainda, glicídios, nucleotídios, ATP, ADP, aceptores de hidrogênio (NADP, citocromos, vitamina K, etc.). O NADP difere do NAD, aceptor de elétrons da respiração celular, pela presença de um grupo fosfato. Contém, também, DNA e RNA. Têm certa autonomia dentro das células, sendo capazes de sintetizar proteínas e de se autoduplicar.


Os pigmentos fotossintetizantes

ClorofilaOs pigmentos são substâncias que absorvem luz. A cor de um pigmento depende das faixas do espectro da luz visível que ele absorve ou reflete. A clorofila, pigmento que torna verdes os vegetais, absorve luz principalmente nas faixas do vermelho e do azul; por refletir a luz verde, é verde.

O perfil de absorção de luz de uma substância é o seu espectro de absorção.

Além das clorofilas, os carotenóides são pigmentos que absorvem luz em comprimentos de onda diferentes da clorofila. Estes pigmentos transferem energia luminosa para a clorofila.

As figuras a seguir mostram as estruturas moleculares das clorofilas “a” e “b” e do b (beta) caroteno.

As clorofilas “a” e “b” apresentam espectros diferentes da absorção de luz, sendo a absorção maior nas faixas do violeta-azul e alaranjado-vermelho e menor na faixa do verde, conforme pode ser observado no gráfico abaixo:

Clorofila