prova de fisica Fuvest 2009

fisica fuvest 2009


Prova resolvida: Fuvest Fisica - Vestibular 2009

FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA PARA O VESTIBULAR - Fuvest - VESTIBULAR 2009 - 1ª FASE

01) Marta e Pedro combinaram encontra-se em um certo ponto de uma autoestrada plana, para seguirem viagem juntos. Marta, ao passar pelo marco zero da estrada, constatou que, mantendo uma velocidade média de 80km/h, chegaria na hora certa ao ponto de encontro combinado. No entanto, quando ela já estava no marco do quilômetro 10, ficou sabendo que Pedro tinha se atrasado e, só então, estava passando pelo marco zero, pretendendo continuar sua viagem a uma velocidade média de 100 km/h. Mantendo essas velocidades, seria previsível que os dois amigos se encontrassem próximos a uma marco da estrada com indicaçação de:

a) km 20.

b) km 30

c) km 40

d) km 50

e) km 60

 

Resolução:


prova fisica fuvest 2009

 

02) Em uma academia de musculação, uma barra B, com 2,0m de comprimento e massa de 10 Kg, está apoiada de forma simétrica em dois suportes, S1 e S2, separados por uma distância de 1,0m, como indicado na figura.

prova fisica fuvest 2009

 

Para a realização de exercícios, vários discos, de diferntes massas M, podem ser colocados em encaixes, E, com seus centros a 0,10m de cada extremidade da barra. O primeiro disco deve ser escolhido com cuidado, para não desequilibrar a barra. Dentre os discos disponíveis, cujas massas estão indicadas abaixo, aquele de maior massa e que pode ser colocado em um dos encaixes, sem desequilibrar a barra, é o disco de:

a) 5Kg b) 10 kg, c) 15 kg d) 20 Kg e) 25 Kg

 

Resolução:

 

03) Um caminhão, parado em um semáforo, teve sua traseira atingida por um carro. Logo após o choque, ambos foram lançados juntos para frente (colisão inelástica), com uma velocidade estimada em 5 m/s (18 km/h), na mesma direção em que o carro vinha. Sabendo-se que a massa do caminhão era cerca de três vezes a massa do carro , foi possível concluir que o carro, no momento da colisão, trafegava a uma velocidade aproximada de:

a) 72 km/h b) 60 km/h c) 54 km/h d) 36 km/h e) 18km/h

 

Resolução:

 

04) Um trocador de calor consiste em uma serpentina, pela qual circulam troca calor fuvest18L de água/min. A água entra na serpentina à temperatura ambiente (20ºC) e sai mais quente. Com isso, resfria-se o líquido que passa por uma tubulação principal, na qual a serpentina está enrolada. Em uma fábrica, o líquido a ser resfriado na tubulação principal é também água, a 85 ºC, mantida a uma vazão de 12 L/min. Quando a temperatura de saída da água da serpentina for 70 ºC, será possível estimar que a água da tubulação principal esteja saindo a uma temperatura T de, aproximadamente:

 

a) 75 ºC
b) 65 ºC
c) 55 ºC
d) 45 ºC
e) 35 ºC

 

Resolução:

 

05) Em um "freezer", muitas vezes, é difícil repetir a babertura da porta, pouco tempo após ter sido fechado, devido à diminuição da pressão interna. Essa diminuição ocorre porque o ar que entra, à temperatura ambiente, é rapidamente resfriado até a temperatura de operação, em torno de -18 ºC. Considerando um "freezer" doméstico, de 280 L, bem vedado, em um ambiente a 27 ºC e pressão atmosférica Po, a pressão interna poderia atingir o valor mínimo de ...

Considere que todo o ar no interior do "freezer", no instante em que a porta é fechada, está à temperatura do ambiente.

a) 35 % de Po
b) 50 % de Po
c) 67 % de Po
d) 85 % de Po
e) 95 % de Po

 

Resolução:


 

06) O que consome mais energia ao longo de um mês, uma residência ou um carro? Suponha que o consumo mensal de energuia elétrica residencial de uma familia, Er, seja 300 KWh (300 quilowatts.hora) e que, nesse período, o carro da família tenha consumido uma energia Ec, fornecida por 180 litros de gasolina. Assim, a razão Ec/Er será, aproximadamente:

Dados: calor de combustão da gasolina = 30000kJ/L; 1kJ = 1000 J

a) 1/6 b) 1/2 c) 1 d) 3 e) 5

 

Resolução:

 

07) otica fuvest 2009Dois sistemas óticos, D1 e D2, são utilizados para analisar uma lâmina de tecido biológico a partir de direções diferentes. Em uma análise, a luz fluorescente, emitida por um indicador incorporado a uma pequena estrutura, presente no tecido, é captada, simultaneamente, pelos dois sistemas, ao long das direções tracejadas. Levando-se em conta o desvio da luz pela refração, dentre as posições indicadas, aquela que poderia corresponder à localização real dessa estrutura no tecido é:

a) A b) B, c) C d) D e) E

 

 

 

 

 

 

Resolução:

Pela lei de Snell, o raio de luz que provén de um meio mais refringente (tecido) para o menos refrigente (ar) afasta-se da normal no caso de incidência não normal (D2) e que, no caso de incidência normal, não há desvio (D1) . Se o ponto é visto simultaneamente pelos detetores 1 e 2, tem-se que o ponto C do esquema é o único que atende a ambos os detetores.

 

08) Uma barra isolante possui quatro encaixes, nos quais são colocados cargas elétricas de mesmo módulo, sendo as positivas nos encaixes claroes e as negativas nos encaixes escuros. A certa distância da barra, a direção do campo elétrico está indicada na figura a seguir.

Uma armação foi construída com quatro dessas barras, formando um quadrado, como representado a seguir.

carga eletrica fuvest 2009

Se uma carga positiva for colocada no centro P da armação, a força elétrica que agirá sobre a carga terá sua direção e sentido indicados por:

 

Resolução:

09) Na maior parte das residências que dispõem de sistemas de TV a cabo, o aparelho que decodifica o sinal permanece ligado sem interrupção, operando com uma potência aproximada de 6W, mesmo quando a TV não está ligada. O consumo de energia do decodificador, durante um mês (30 dias) , seria equivalente ao de uma lâmpada de 60 W que permanecesse ligada, sem interrupção, durante:
a) 6 h
b) 10 h
c) 36 h
d) 60 h
e) 72 h

 

Resolução:

 

 

10) eletricidade fuvestEm uma experiência, um longo fio de cobre foi enrolado, formando dois conjuntos de espiras, E1 e E2, ligados entre si e mantidos muito distantes um do outro. Em um dos conjuntos, E2, foi colocada uma bússola, com a agulha apontando para o Norte, na direção perpendicular ao eixo das espiras.

 

A experiência consistiu em investigar posíveis efeitos sobre essa bússola, ausados por um ímâ, que é movimentado ao longo do eixo do conjunto de espiras E1.

Foram analisadas três situações:

I) Enquanto o ímã é empurrado para o cnetro do conjunto das espiras E1.

II) Quando o ímã é mantido parado no centro do conjunto das espiras E1.

III) Enquanto o ímâ é puaxado, do centro das espiras E1, retornando a sua posição inicial.

 

Um possível resultado a ser observado, quanto à posição da agulha da bússola, nas três situações dessa experiência, poderia ser representado por:

Considere que o eixo do conjunto das espiras E2, tem direção leste-oeste.

bussola fuvest

 

Resolução:

Pelas situações analisadas, enauqnto o ímã é empurrado para o cnetro do conjunto das espiras E1 (situação 1) , verifica-se que há variação do fluxo do vetor indução magnética, crinaod uma corrente induzida com um determinado sentido, o que gera um campo magnético correspondente em E2, que deflete a bússola em uma direção. Na situação 2, como não há variação do fluxo, a bússola permanece em sua posição original.

Na situação 3, o ímã é puxado para fora das espiras E1, gerando uma corrente de sentido contrário à da situação 1, o que provoca a deflexão da bússola em uma direção diferente da representada na situação 1. Portanto, alternativa correta é a A.

 

Vestibulando Web - Copyright 1999-2010. Todos os direitos reservados.
Quem Somos? | Publicidade | Política de Privacidade - Prova resolvida Fuvest 2009 Física 1ª Fase

Ponto.Br