introdução à termometria

Termometria e Temperatura


Introdução à Termometria

1. Noção Sensitiva da Temperatura

A termometria é um setor da Termologia que estuda a temperatura e suas medidas.

A primeira noção que se tem de temperatura é a sensação de frio ou de quente, verificada ao se tocar um corpo. Ao tocarmos diversos objetos, na maioria das vezes, conseguimos colocá-los em ordem crescente de temperatura, dizendo qual está à temperatura maior e à temperatura menor. O sentido do tato nos proporciona a mais simples noção de temperatura de um corpo. Porém, nossos sentidos se enganam com muita freqüência, não podendo ser utilizados como medida precisa para a temperatura, pois eles são diferentes de uma pessoa para outra e dependem do estado em que ela se encontrava anteriormente. Por exemplo, se mergulharmos a mão direita em água quente e a esquerda em água fria, e em seguida mergulharmos as duas em água a uma temperatura intermediária, esta água nos parece mais fria na mão direita e mais quente na mão esquerda.

Embora o tato nos dê uma primeira noção do estado térmico, ou da temperatura de um corpo, a experiência anterior deixa claro que ele não é muito útil para propósitos científicos.

A conceituação de temperatura é fundamental para o estudo da Física Térmica.


2. Medida de Temperatura

Para que a medida de temperatura não dependa da nossa percepção fisiológica, recorremos a algumas grandezas físicas mensuráveis que variam quando a temperatura de um corpo varia. Entre elas estão o volume de um líquido, o comprimento de uma barra, a resistência elétrica de um fio, a pressão de um gás a volume constante, etc. Qualquer uma dessas grandezas pode ser usada para avaliar indiretamente a temperatura de um corpo.

Por exemplo, o comprimento de uma barra metálica aumenta (dilata) quando ela é aquecida, ou seja, quando a sua temperatura aumenta. Então, podemos medir sua temperatura indiretamente, analisando o seu comprimento.

Termometria

No entanto, para pequenas variações de temperatura, é praticamente imperceptível a alteração no comprimento da barra e teríamos dificuldades para avaliar seu estado térmico. Para que possamos medir com mais precisão a temperatura de um corpo, devemos escolher uma substância em que pequenas variações no seu estado térmico provoquem variações significativas e mensuráveis na propriedade física que foi escolhida. Geralmente a substância escolhida é o mercúrio, ou o alcool, pois seu volumes respondem, de maneira significativa, às alterações na sua temperatura.


3. Termômetro

O termômetro é um instrumento ao qual associamos uma escala numérica e que, após permanecer em contato por um certo tempo com um corpo, entra em equilíbrio térmico com ele, permitindo, através da escala numérica, que avaliemos sua temperatura.

Termometria


Um termômetro é construído escolhendo-se uma substância temométrica e uma propriedade termométrica dessa substância. Por exemplo, a substância termométrica pode ser um líquido colocado em um reservatório (bulbo), ligado a um tubo de vidro capilar, e a grandeza termométrica, o comprimento da altura da coluna; ou a substância termométrica pode ser um gás à pressão constante, e a grandeza termométrica, o volume do gás.

Confira o material sobre Escalas Termometricas, tema bastante cobrado nos vestibulares, e veja como é possível realizar a conversão entre as escalas.


Assuntos Relacionados...

» Introdução à Termometria
» Escalas Termométricas.
» Escala Celsius
» Escala Kelvin
» Escala Fahrenheit
» Conversão de unidades: Kelvin, Celsius e Fahrenheit.


Leia mais...

» Prova resolvida da Fuvest 2009
» Material teórico: introdução à Termometria.
» Cinemática: equação horária.
» Prova de física resolvida - UFV 2006 Discursiva.
» Cinemática: espaço e tempo.
» Fundamentos de Cinemática.
» Guia de estudo de Física. Veja dicas para não perder tempo.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.
Quem Somos? | Publicidade | Política de Privacidade - Termometria

Ponto.Br