- UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG -
- PROVA DE HISTÓRIA DISCURSIVA - VESTIBULAR 2001 -

01) O mercantilismo, doutrina econômica dominante no início do período moderno, foi adotado pela maioria dos Estados europeus, então em formação, notadamente, por aqueles empenhados no processo colonizador. Segundo Eli Hecksher, o "Estado era sujeito e o objeto da política econômica mercantilista".
   No decorrer do século XVIII, críticas contra os pressupostos mercantilistas começaram a se avolumar. Tais ataques provinham de uma corrente de pensamento que consolidaria o liberalismo.
1. Cite três principais medidas econômicas propostas pelos defensores do mercantilismo.
2. EXPLIQUE os principais objetivos dessas medidas econômicas.
3. APRESENTE os argumentos mais freqüentemente utilizados pelos liberais para criticar as doutrinas mercantilistas.

02) Leia estes trechos:

"A percepção dos índios como uma humanidade, como animais e como demônios corresponde a três níveis possíveis através dos quais se expressam as considerações européias acerca dos homens americanos."

                                             MELLO e SOUZA, Laura de. O Diabo e a Terra de Santa Cruz: 
                                                        feitiçaria e religiosidade no Brasil Colonial.
                                                       São Paulo: Companhia das Letras, 1987. p. 56.

"No Mato Grosso, no Pará, em Goiás, no Tocantins, mestiços cristianizados ao longo dos séculos referem-se aos índios seus vizinhos e, muito provavelmente, seus parentes, como "caboclos". Longe dos significado que os verbetes de dicionário dão a essa palavra, qualquer criança da região explica com facilidade que a humanidade está dividida em "cristãos" e "caboclos", "batizados" e "não batizados", humanos e não humanos. Os habitantes desses sertões ainda usam as mesmas referências, para diferençar brancos e índios, que podem ser encontradas nas cartas jesuíticas dos séculos XVI e XVII."

MARTINS, José de Souza. A vida privada nas áreas de expansão da sociedade brasileira.
In: História da vida privada no Brasil: contrastes da intimidade contemporânea.
São Paulo: Companhia das Letras, 1998, v.4, p.660-1. 

1. "Os habitantes desses sertões ainda usam as mesmas referências, para diferençar brancos de índios, que podem ser encontradas mas cartas jesuíticas dos séculos XVI e XVII".
EXPLIQUE essa afirmativa, tendo em vista o contexto dos trechos lidos.
2. Ao longo de toda a história brasileira, as relações entre brancos e índios foram marcadas por conflitos violentos. A natureza desses conflitos, em alguns casos, modificou-se e, em outros, manteve-se estável.
Considerando essas informações, APRESENTE
a) um aspecto desses conflitos que se modificou.
b) um aspecto desses conflitos que se manteve estável.

03) Observe esta tabela:

Em 1703, Portugal e Inglaterra ratificaram um tipo de relação comercial, cujos resultados quantitativos estão apresentados nesta tabela.
1. CITE o tratado que ratificou essa relação comercial.
2. EXPLICITE os termos desse tratado.
3. A partir dos dados apresentados na tabela, ANALISE os resultados desse tratado comercial para
a) Portugal
b) Inglaterra

04) Nos primeiros anos que se seguiram à chegada da Família Real portuguesa ao Brasil, uma série de transformações político-econômica se processaram.
1. APRESENTE o principal fator que impulsionou a Família Real a deixar o Continente Europeu na primeira década do século XIX.
2. CITE duas repercussões econômicas da vinda da Família Real para o Brasil.
3. RELACIONE a presença da Família Real portuguesa ao Brasil ao processo de emancipação política que ocorreria alguns anos depois no país.

05) Leia este texto:

Tempos Modernos

O Brasil dos novecentos
É terra de novidade
Automóvel e cinema
Tomam conta da cidade
Que cresce ouvindo disco
Voando de aeroplano
Trabalhando lá na fábrica
Ou jogando futebol.

A greve invade as ruas
Toma conta de São Paulo
E o sonho anarquista
Se mistura a outros sonhos:
O que segue com a Coluna
Riscando o chão do país
E o que vira modernista
Que faz a arte feliz

A liberdade e o novo
Convivem no sonho do povo

Milton Nascimento e Fernando Brant

1. Considerando as informações desse texto, ANALISE as principais transformações socioculturais do contexto histórico a que ele se refere.
2. "E o sonho anarquista
    Se mistura a outros sonhos..."
EXPLIQUE o sentido desse trecho.

06) Após o término da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos passaram a se preocupar com o expansionismo soviético. Em 1947, para atender as pretensões hegemônicas norte-americanas, foram disponibilizados recursos a fim de se conter o expansionismo da URSS.
1. CITE a medida responsável pela disponibilização desses recursos.
2. EXPLIQUE como essa medida contribuiu para que os EUA alcançassem seus objetivos estratégicos.
3. Em 1949, veio a resposta soviética, com a criação de um órgão econômico estratégico.
CITE o nome desse órgão.
EXPLIQUE qual era sua meta fundamental.
4. A luta das duas potências referidas pela hegemonia mundial levou-as à criação de duas importantes organizações militares.
a) CITE o nome da organização criada sob a iniciativa
   * dos EUA.
   * da URSS.
b) EXPLIQUE qual era a função dessas organizações.

07) Observe atentamente esta charge:

   Essa charge foi publicada no início dos anos 60 do século XX, momento em que o Brasil viveu uma de suas mais graves crises políticas.
   A mensagem principal está relacionada às críticas dos setores conservadores da sociedade contra o Presidente João Goulart, chefe de um Governo que defendia a realização de reformas no País.
Tomando a charge como referência,
1. CITE a reforma proposta pelo Governo João Goulart especificamente criticada na figura.
2. EXPLIQUE as razões em que se baseavam os críticos de João Goulart para sustentar o ponto de vista contrário às reformas que ele propunha.

08) A década de 90 do século XX foi caracterizada por um processo de transformação e redefinição dos parâmetros vigentes até então, que, em grande medida, derivaram do quadro estabelecido imediatamente após a Segunda Guerra.
Para alguns autores, as mudanças implicaram a construção de uma Nova Ordem Mundial, enquanto outros entendem ter havido, nessa conjuntura, mais desordem e indefinição que delineamentos sólidos. De qualquer modo, há consenso sobre o fato de que a antiga "ordem" foi abalada pelas tendências transformadoras que emergiram nessa última década do século.
1. CITE três fenômenos representativos dessas transformações mundiais recentes.
2. ESCOLHA dois dos fenômenos citados e ANALISE suas principais características.