Guia de estudo de Química

Alguns tópicos são clássicos nas provas


Palavra do Professor


"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!"


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes!"

- Paulo Freire

"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"

- Dave Weinbaum

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância!"

- Sócrates

"Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar!"

- Francis Bacon

Guia de Estudo: Química

Alguns tópicos são clássicos

     Seja qual for a universidade na qual se está realizando a prova, alguns tópicos são clássicos de serem cobrados. A Vestibulando Web preparou os tópicos mais cobrados em Química, de forma a orientar os estudantes.

Estequiometria: conhecimento de quantidade de matéria (mol) com a sua massa, seu volume ou com a constante de Avogadro, e principalmente, o estudante tem que ser capaz de estabelecer a proporção entre as quantidades (em mol) dos reagentes de uma reação, dada por seus coeficientes na reação química, com seus produtos.

Química inorgânica: as questões clássicas envolvem nomenclatura e propriedades gerais dos ácidos, bases, sais e óxidos. Algumas propriedades particulares, forma de obtenção e aplicações dos principais exemplos destas funções inorgânicas podem ser cobradas. Classificação das reações, como de deslocamento e de dupla troca, embora seja pouco significativo, são comuns nas particulares.


Química orgânica: nomenclatura e formulação das principais funções são comuns. Um tópico no qual o aluno pode se destacar é isomeria, uma vez que muitos estudantes têm dificuldade. Reações orgânicas são constantes: oxidação (principalmente combustão), redução, esterificação, saponificação, hidrólise e polimerização. Alguns polímeros são cobrados. 

Soluções: neste tópico as questões seguem um padrão, sempre relacionando concentração em mol/litro, gramas/litro e porcentagem em massa. Efeitos coligativos, tais como abaixamentos da pressão de vapor e da temperatura de congelamento, elevação da temperatura de ebulição e pressão osmótica, são frequentes.

Gases: aplicação simples da equação geral (PV/T=K) e de estado (PV=nRT) do gás ideal. Deve-se atentar ainda às misturas gasosas: pressão e volume parciais. 

Termoquímica: conceito de entalpia de formação e de combustão. O estudante deve ter claro as diferentes formas de se calcular a entalpia, seja pela aplicação da lei de Hess ou pelos valores das energias de ligação.

Cinética química: fatores da velocidade de reação: temperatura, concentração, pressão (no caso de reagente gasoso), superfície de contato e catalisador, além de análise de gráficos, são os pontos mais comuns.  

Equilíbrio químico: muito questões cobram conceitos e cálculo da constante de equilíbrio. Deslocamento de equilíbrio, em função do Princípio de Le Chatelier deve ser enfatizado. Constante de ionização e força dos ácidos e bases, bem como cálculos da constante de ionização em função da concentração em mol/L e do grau de dissociação e devem ser bem focadas, uma vez que é ponto de diferencial entre muitos candidatos. Conceito e cálculos envolvendo pH, além de hidrólise salina, produto de solubilidade (Kps) e curvas de solubilidade são diferenciais.

Eletroquímica: funcionamento da pilha, principalmente no que diz respeito à identificação de cátodo, ânodo, pólos positivo e negativo. Conceito de potencial de redução e oxidação, bem como cálculo da voltagem pelos potenciais de redução. Previsão de reações. Eletrodo de sacrifício. Em eletrólise: aplicações , equacionamento das reações e cálculos de quantidades envolvidas. 

Ligações químicas: normalmente explora-se ligações iônica e covalente pelo modelo do octeto. Diferenças entre composto iônicos e moleculares quanto aos pontos de fusão, de ebulição e quanto à condutividade elétrica são abordadas. Polaridade das moléculas, e consequente previsão de solubilidade devem ser focadas. Ligações intermoleculares, principalmente ligações de hidrogênio, aparecem com frequencia.

Radioatividade: tópico simples na maioria das questões, que abordam, normalmente, a natureza das emissões radioativas. Equações de decaimentos radioativos envolvem variação do número atômico e da massa. Conceito de meia-vida costuma ser cobrado. As questões teóricas, envolvendo fissão nuclear e fusao nuclear, são as mais complicadas.

Química ambiental: cobra-se, normalmente, os principais poluentes do meio ambiente e o modo de minimizar seus efeitos: Chuva ácidas, efeito estufa e preservação da camada de ozônio na atmosfera.

Guias de Estudo

» Física
» Química
» Geografia


Leia mais...

» Prova resolvida da Unicamp 2010
» Prova resolvida da Unicamp 2009
» Prova resolvida de Química da UFV 2010
» Material teórico sobre Estrutura Atômica
» Material teórico sobre Propriedades Periódicas.
» Guia de estudo de Química. Veja dicas para não perder tempo.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.
Guia de Estudo de Química

Ponto.Br