- TERMOQUÍMICA -

01)(PUC-MG/95) Sejam dadas as equações termoquímicas, todas a  25ºC e 1 atm:
I- H2(g) + 1/2 O2(g)    H2O(l)            DH = -68,3 Kcal/mol
II- 2Fe(s)  + 3/2 O2(g)    Fe2O3(s)       DH = -196,5 Kcal/mol
III- 2Al(s)  + 3/2 O2(g)   Al2O3(s)       DH = -399,1 Kcal/mol
IV - C(grafite)  + O2(g)    CO2(g)        DH = -94,0 Kcal/mol
V-  CH4(g)  +  O2(g)   CO2(g)  +  H2O(l)  DH = -17,9 Kcal/mol

Exclusivamente sob o ponto de vista energético, das reações acima, a que você escolheria como fonte de energia é:
a) I   b) II   c) III   d) IV   e ) V

02)
(UFLA/98) Baseando-se na reação N2 (g) + 3H2 (g) 2NH3 (g)   DH = -22 kcal,  assinale a afirmativa FALSA. (Dados: N = 14; H = 1).
a) A reação é exotérmica.
b) Para se formar um mol de NH3, há liberação de 11 kcal.
c) Para se formar 6,02 x 1023 moléculas de NH3, são liberadas 11.000 cal.
d) 28g de N2 combinam com 6g de H2 formando 34 g de NH3 e liberam 22.000 cal.
e) A decomposição de 17g de NH3 libera 11 kcal.

03)
(UNIPAC/2000) Na combustão de 23 gramas de álcool no processo termoquímico descrito abaixo,

           C2H5OH(l)  +  3O2(g)    2CO2(g) + 3H2O(g) + 1369,3 KJ
é verdadeiro afirmar:
a) ocorre absorção de 1369,3 KJ de energia.
b) ocorre liberação de 1369,3 KJ de energia.
c) ocorre absorção de 684,65 KJ de energia.
d) ocorre liberação de 684,65 KJ de energia.

04)
(UFES/2002) O consumo de um certo carro a álcool é de 8,0 km/L. Sabendo-se que 23.803 kJ de energia foram necessários para o automóvel percorrer um determinado trajeto, pode-se afirmar que o comprimento desse trajeto é aproximadamente de:
(Dados: PMÁlcool = 46 g/mol; dÁlcool = 0,8 g/cm3;
        DHComb.(Álcool) = -1.368 kJ/mol.
(Considere 100% de rendimento do motor)
a) 4 km        b) 8 km        c) 16 km        d) 24 km        e) 28 km

05)(UFJF/2001) Considere a reação química  NaCl(s) + 3/2 O2(g)    NaClO3(s).
Dados:
Entalpias padrão (KJ/mol): NaClO3(s) = -365     NaCl(s) = -411
Assinale a opção INCORRETA:
a) A entalpia da reação é +46 KJ/mol.
b) Se considerarmos a reação de decomposição do clorato de sódio, esta ocorre com
liberação de energia.
c) A energia liberada na síntese do NaClO3 deve ocorrer sob a forma de energia elétrica.
d) A reação de síntese do clorato de sódio é endotérmica.

06) (UFMG/99) Solicitado a classificar determinados processos como exotérmicos ou endotérmicos, um estudante apresentou este quadro:

PROCESSO
CLASSIFICAÇÃO
 Dissociação de uma molécula de hidrogênio em átomos
Exotérmico
 Condensação de vapor de água
Endotérmico
 Queima do álcool
Exotérmico

Considerando-se esse quadro, o número de erros cometidos pelo estudante em sua classificação é
a
) 1.     b) 3.      c) 0.      d) 2.

07)(UFLA/2002)
O gás propano é um combustível usado em acampamento. Sua reação e calor de combustão (DHC) são dados pela equação abaixo:

C3H8(g)  +  5O2(g)    3CO2(g)  +  4H2O(g)         DHC = -448 kJ mol-1

A massa de propano necessária para fornecer 112 kJ de calor é
a) 10 g      b) 12 g      c) 44 g      d) 11 g      e) 36 g

08)(UFV/2002) O magnésio (Mg) reage com o oxigênio (O2) lentamente à temperatura ambiente. Se o metal for aquecido, a reação é extremamente rápida e observa-se a liberação de grande quantidade de energia na forma de forte luz branca. Assinale o gráfico que melhor representa a variação de energia durante a transformação ocorrida.

09)(CFO/2001) Considere as reações químicas abaixo, todas a 25ºC e 1 atm de pressão:
  I. C(grafite) + 2S(rômbico) CS2(l)      DH = +21 kcal
 II. C(grafite) + O2(g) CO2(g)          DH = -94 kcal
III. S(rômbico) + O2(g)  SO2(g)          DH = -71 kcal

Com base nestes dados, pode-se dizer que a entalpia de combustão do sulfeto de carbono líquido, a 25ºC e 1 atm de pressão é, em kcal/mol:
a) -144      b) +186      c) -257      d) +213

10) (FUNREI/97) O monóxido de carbono reage com oxigênio e dá origem ao CO2, de acordo com a equação:
CO(g) + 1/2 O2(g) CO2(g)        DH = -282,8 kJ/mol

Considerando que 14 gramas de CO sejam consumidos conforme proposto acima, examine as afirmativas abaixo:
  I – 141,4 kJ de energia serão liberados.
 II – será consumido 0,25 mol de oxigênio.
III – será produzido um mol de dióxido de carbono.
 IV – ocorrerá aumento de energia no sistema.
São corretas apenas as afirmativas da alternativa:
a) I e III.                        c) II e IV.
b) II e III.                       d) I e II.

11) (UNIPAC-JULHO/2001) A reação:
     2NH3(g)  N2(g) + 3H2(g)      
DH = +22 Kcal
está representada nas condições padrão. Podemos então concluir que a entalpia de formação da amônia gasosa é igual a:
a) +22 Kcal/mol                          d) +11 Kcal/mol
b) –22 Kcal/mol                          e) –11 Kcal/mol
c) –14 Kcal/mol

12) (UFMG) Os seguintes valores de energia de ligação são conhecidos, a 25ºC.

 LIGAÇÃO
ENERGIA DE LIGAÇÃO EM Kcal/mol
Cl - Cl
57,8
H - Cl
103,0
C - H
99,5
C - Cl
78,5

A variação de entalpia, aproximada, para a reação
            CH4(g)  + Cl2(g)    CH3Cl(g)  + HCl(g)
calculada  a partir dos dados é:
a) –181,5 kcal/mol         d) +181,5 kcal/mol
b) –24,2 kcal/mol          e) –338,8 kcal/mol
c) +338,8 kcal/mol

13) (UFMG) Veículos movidos a hidrogênio já estão sendo utilizados há algum tempo. Um dos modos para a estocagem desse combustível é na forma de hidretos metálicos, os quais podem ser reciclados. Hidretos mistos, como o FeTiH2, são especialmente indicados.
a) Quantos litros de hidrogênio, nas CNTP, são liberados pela decomposição de 105,7 Kg de FeTiH2? Qual é a energia obtida pela combustão completa desse volume de gás?
Df(H2O, l) = -300KJ. Mol-1)
b) considerando que o calor de combustão de 1 Kg de gasolina é, aproximadamente, 50000 KJ, quantos quilogramas de gasolina fornecem a mesma energia que 105,7 Kg de FeTiH2?

14) (IME/2000) Determine a massa de água que, com uma variação de temperatura de 30 ºC, fornece energia equivalente ao calor de formação de um mol de sulfeto de carbono sólido.
Dados:
calor de combustão do sulfeto de carbono = -265 kcal/mol;
calor de formação do gás sulfuroso = -71 kcal/mol;
calor de formação do dióxido de carbono = -96 kcal/mol;
capacidade calorífica da água líquida = 1,0 cal/g;
peso molecular da água = 18.

15)(UNICAMP/99) A hidrazina (H2N-NH2) tem sido utilizada como combustível em alguns motores de foguete. A reação de combustão que ocorre  pode ser representada, simplificadamente, pela seguinte equação: H2N-NH2(g) + O2(g)  N2(g) + 2 H2O(g)
A variação de entalpia dessa reação pode ser estimada a partir dos dados de entalpia das ligações químicas envolvidas. Para isso, considera-se uma absorção de energia quando a ligação é rompida, e uma liberação de energia quando a ligação é formada. A tabela abaixo apresenta dados de entalpia por mol de ligações rompidas.

LIGAÇÃO
 ENTALPIA (KJ/MOL)
 H - H 
436
 H - O 
464
 N - N 
163
 N = N 
514
N º N
946
 C - H 
413
 N - H 
389
 O = O 
498
 O - O 
134
 C = O 
799

a) Calcule a variação de entalpia para a reação de combustão de um mol de hidrazina.
b) Calcule a entalpia de formação da hidrazina sabendo-se que a entalpia de formação da água no estado gasoso é de -242 kJ mol-1.