Questões sobre Gutação, Transpiração e Condução

Atualizada em: 05/10/2018

Simulado com questões atualizadas e comentadas de biologia sobre Gutação, Transpiração e Condução.

01) (FATEC/2015) As sequoias são árvores que ocorrem na região oeste da América do Norte e que pertencem ao grupo das coníferas, também chamado de gimnospermas. Elas podem atingir mais de 100 metros de altura e para que ocorra fotossíntese em suas folhas, a água captada pelas raízes precisa percorrer toda essa distância e alcançar as suas copas. Em um edifício de altura equivalente, seria necessário o uso de potentes bombas d’água para realizar o transporte de água até os andares mais altos. Já no caso das sequoias e de qualquer outra planta de grande porte com vasos condutores de seiva, o transporte da água até o topo é explicado pela teoria da coesão-tensão de Dixon.

De acordo com essa teoria, o transporte da água no interior das sequoias é decorrente, principalmente,

A) do bombeamento feito por vasos pulsáteis das raízes.

B) do aumento da temperatura das folhas e do tronco.

C) da perda de água nas folhas por transpiração.

D) da entrada contínua de água pelas raízes.

E) da movimentação das folhas pelo vento.

02)  (UFJF) O fenômeno da gutação consiste na perda de seiva xilemática, em estado líquido, através dos hidatódios. As condições ideais para a ocorrência desse fenômeno são:

A) baixa umidade relativa do ar, temperatura elevada e solo seco.

B) alta umidade relativa do ar, temperatura elevada e solo seco.

C) baixa umidade relativa do ar, temperatura amena e solo úmido.

D) alta umidade relativa do ar, temperatura amena e solo úmido.

E) baixa umidade relativa do ar, temperatura amena e solo seco.

Questão sobre Gutação, Transpiração e Condução da Famerp03) (Famerp/2015) Analise os gráficos relativos ao cultivo de mudas da palmeira carnaúba hospedeira, Copernicia hospita, em dois ambientes diferentes, no estado do Ceará. Considere que as plantas estão submetidas às mesmas condições de luminosidade e irrigação ideais

A análise dos dados permite concluir que as mudas cultivadas

A) na casa de vegetação apresentam menor taxa fotossintética.

B) a pleno Sol absorvem mais água do solo.

C) na casa de vegetação perdem mais água por transpiração foliar.

D) a pleno Sol fecham seus estômatos em torno do meio-dia.

E) na casa de vegetação transportam maior quantidade de seiva bruta pelo xilema

04)  (Unisa/2015) Na aula de biologia, a professora de Júlia explicava a importância do controle de abertura e fechamento dos estômatos para o controle hídrico da planta e para a ocorrência de trocas gasosas entre as folhas e o meio. Durante a explicação, Júlia se distraiu e perdeu algumas informações. Suas anotações ficaram com três lacunas:

“Ocorre a ________ ativa de K+ nas células guardas, acompanhada por ________ de água por osmose, o que leva as células a ficarem ________ e o ostíolo a se abrir.”

Estas lacunas devem ser preenchidas, correta e respectivamente, com:

A) saída – saída – túrgidas.

B) entrada – saída – flácidas.

C) saída – entrada – flácidas.

D) entrada – entrada – túrgidas.

E) saída – saída – flácidas.

05) (Fuvest/2017)  As moléculas de glicídios produzidas a partir da fotossíntese são utilizadas no local da produção ou transportadas, pelo floema, para utilização em outras partes da planta; são, ainda, convertidas em substância de reserva, que é armazenada.

Aponte a alternativa que, corretamente, descreve o processo de transporte e o local de armazenamento dessas substâncias na planta.

 

TRANSPORTE

ARMAZENAMENTO

Entrada no floema

Fluxo no
floema

A)

transporte ativo

unidirecional

apenas nos órgãos subterrâneos

B)

transporte ativo

unidirecional

em todos os órgãos

C)

transporte ativo

bidirecional

em todos os órgãos

D)

transporte passivo

bidirecional

em todos os órgãos

E)

transporte passivo

unidirecional

apenas nos órgãos subterrâneos

06) (UNESP)  Sobre o processo da transpiração dos vegetais, foram feitas as cinco afirmações seguintes.

I. Em torno de 95% da água absorvida pelas plantas é eliminada pela transpiração, principalmente pelos estômatos.

II. Os estômatos abrem-se quando a turgescência das células- guardas é alta, fechando-se quando esta é baixa.

III. A reação mais imediata da planta à pouca disponibilidade de água no solo é o fechamento dos estômatos.

IV. A consequência do contido na afirmação III será uma diminuição da difusão de CO2 para o interior das folhas.

V. Considerando a concentração de gás carbônico, a disponibilidade de água no solo, a intensidade luminosa, a temperatura e a concentração de oxigênio, esta última é a que exerce menor efeito sobre o processo de abertura e fechamento dos estômatos.

São corretas as afirmações

A) I e III, apenas.

B) I e IV, apenas.

C) II e IV, apenas.

D) I, II, III e V, apenas.

E) I, II, III, IV e V.

07) (Cefet-MG/2018) Plantas CAM são adaptadas ao ambiente árido, onde ficam expostas à intensa luminosidade e ao estresse hídrico. Elas são capazes de abrir seus estômatos à noite e fechá-los durante o dia. Assim, no período noturno, absorvem dióxido de carbono, armazenando-o sob a forma de ácido málico. Com a incidência da luz solar, todo o malato que foi produzido libera CO2 que será utilizado na síntese de outras substâncias orgânicas.

Disponível em: <http://www.webartigos.com/artigos/plantas-cam/37796/>. Acesso: 01 out. 2017 (adaptado).

Esse mecanismo adaptativo permite às plantas CAM

A) realizarem fotossíntese durante a noite.

B) captarem uma maior quantidade de CO2

C) estocarem o excesso de produtos da fotossíntese.

D) economizarem quantidades significativas de água.

08) (UFMG) A figura abaixo representa um potômetro usado para verificar a transpiração de uma planta que se encontra num ambiente quente e com ventilação. O potômetro consiste em dois frascos (I e II) que contêm água e estão unidos por um tubo, no interior do qual se encontra uma bolha de ar.

Questão sobre transpiração da planta

A transpiração da planta será constatada, quando a bolha de ar:

A) Deslocar-se em direção a II.

B) Deslocar-se em direção a I.

C) Oscilar entre I e II.

D) Permanecer imóvel no centro.

09) (UPE/2017) Normalmente, quando ganhamos ou compramos flores, costumamos colocá-las dentro de um jarro com água, para que permaneçam bonitas por mais tempo. Porém, muitas vezes, elas acabam murchando e perdendo suas pétalas. Para se evitar isso, é aconselhável que se faça um novo corte, preferencialmente dentro d’água ou com uma mínima exposição ao ar, até submergi-la novamente no recipiente. Tal conduta permite que

A) as células estomáticas voltem à turgidez para que os estômatos possam permanecer abertos e assim restabelecer o fluxo de água do jarro para as partes superiores do vegetal.

B) o ar presente no floema seja empurrado por capilaridade e expulso pelo estômato.

C) a água presente no xilema entre em contato com a água do jarro, restabelecendo a coesão entre as moléculas e formando uma nova coluna de água.

D) se restabeleça a pressão positiva e o transporte de sais ativos para o interior do xilema.

E) se eliminem fungos e bactérias que colonizaram as células mortas, restabelecendo o metabolismo celular.

10)  (Unicid/2015) A figura ilustra o processo de gutação em uma folha, comumente observado quando a disponibilidade hídrica no solo e a umidade relativa na atmosfera estão elevadas.

Gutação, Transpiração e Condução

As gotículas observadas na borda da folha

A) extravasam devido à obstrução dos estômatos pelo acúmulo de nutrientes minerais.

B) resultam do excesso da transpiração foliar realizadas pelos estômatos.

C) contêm em sua composição os mesmos nutrientes inorgânicos presentes no xilema.

D) são formadas pela condensação da umidade atmosférica elevada.

E) contêm em sua composição os mesmos nutrientes orgânicos presentes no floema.

Gabarito das Questões sobre Gutação, Transpiração e Condução

01) A teoria mais aceita para explicar o fluxo de árvores em plantas de grande porte, como as sequoias, é a teoria de Dixon (Tensão-coesão-transpiração). De acordo com essa teoria, as folhas perdem água para o ambiente (transpiração) e essa perda de água favorece a ascensão da seiva pelos tubos do xilema.

Resp.: C

02) A gutação corresponde à eliminação de água na forma de líquida e ocorre por meio dos hidatódios, aberturas presentes nos bordos foliares. O fenômeno é favorecido pela alta umidade do ar (reduz a transpiração), pela temperatura amena e por um solo com bom suprimento hídrico.

Resp.: D

03) A temperatura e a umidade do ar são fatores relevantes para a transpiração vegetal. De um modo geral, quanto maior a temperatura e quanto menor a umidade do ar, maior a taxa de transpiração. Analisando-se os dois gráficos, constata-se que maior temperatura e a menor umidade do ar ocorrem por volta das 12 horas.

Como a transpiração está diretamente relacionada à condução vegetal, próximo ao meio dia, com a maior transpiração, tem-se uma melhor condução pelo xilema.

Resp. :B

04) As células que delimitam a abertura estomática são chamadas de células guardas. Quando ocorre entrada de íons K+ para tais células, a pressão osmótica vacuolar aumenta, o que favorece a entrada de água e a consequente abertura dos estômatos.

Resp.: D

05) Por transporte ativo, açúcares produzidos na fotossíntese são bombeados para o interior dos elementos condutores do floema, aumentando sua pressão osmótica, o que favorece a entrada de água. Com o aumento da pressão interna, ocorre o fluxo de seiva elaborada (rica em substâncias orgânicas) para as partes não fotossintetizantes (teoria do fluxo em massa). A condução no floema é bidirecional e o armazenamento de açúcares pode ocorrer em qualquer órgão da planta.

Resp.: C

06) Todas as afirmativas estão corretas. Cabe ressaltar que o principal fator envolvido na abertura e fechamento dos estômatos é a água.

Resp.: E

07) Os estômatos são a principal via de perda de água pelas plantas. Ao fechá-los durante o dia, a planta reduz significativamente a perda de água.

Resp.: D

08) Com a transpiração (pelas folhas), ocorrerá uma ascensão de água pelos tubos do xilema. Dessa forma, haverá um fluxo de água do frasco II para o frasco I, com consequente deslocamento da bolinha para I.

Resp.: B

09) Ao fazer o corte do talo dentro de um recipiente com água, elimina-se a porção que estava com ar dentro dos vasos condutores do xilema e que impedia o fluxo de água.

Resp.: C

10) A imagem mostra a eliminação de gotículas de água pelos hidatódios (fenômeno conhecido como gutação). Além de água, há minerais em solução, uma vez que o que está sendo eliminado é a própria seiva bruta, conduzida pelo xilema.

Resp.: C

Fique atento às datas e cronogramas do Enem, SiSU e ProUni, pois são curtos os prazos de inscrições. Participe de nossas redes sociais e tenha acesso a vários materiais importantes: FacebookGoogle+ e Twitter. Compartilhe este material.

Comentários