Questões sobre Relações Ecológicas - Parte 1

Atualizada em: 11/03/2018

Relações Ecológicias. Simulado com questões atualizadas e comentadas de biologia sobre Relações Ecológicas

01) (Fatec/2018)  A análise dos padrões genéticos e ecológicos de diversas espécies foi fundamental para a emergência de um novo campo de pesquisa no final do século XX: a Sociobiologia, segundo a qual a predominância do trabalho coletivo sobre o individual é uma das condições para a existência de sociedades complexas, como as encontradas entre os Hymenoptera (formigas, abelhas), os Isoptera (cupins) e os Homo sapiens. Entretanto, algumas espécies perderam evolutivamente a capacidade de trabalhar coletivamente.

A predominância do trabalho individual sobre o coletivo nas espécies que perderam a capacidade de trabalhar coletivamente é, necessariamente, explicada por alterações nas relações ecológicas do tipo

A) intraespecífica desarmônica.

B) intraespecífica harmônica.

C) interespecífica neutra.

D) interespecífica harmônica.

E) interespecífica desarmônica.

02) (Famerp/2015) A figura mostra líquens sobre o tronco de uma árvore.

Relações Ecológicas

A relação ecológica existente entre o líquen e a árvore e a relação entre os micro-organismos componentes dos líquens são classificadas, respectivamente, como

A) epifitismo e mutualismo.

B) sociedade e mutualismo.

C) parasitismo e comensalismo.

D) comensalismo e cooperação.

E) mutualismo e epifitismo.

03) (IFS/2014) Os seres vivos mantêm relações entre si e com o meio onde vive. A respeito das relações ecológicas foram feitas algumas afirmações.

Assinale a alternativa INCORRETA:

A) O predatismo é uma relação desarmônica entre a presa e o predador, essa relação é importante para o controle populacional das presas;

B) A lombriga é considerada um endoparasita enquanto que a pulga e o piolho são ectoparasitas, estes organismos buscam abrigo e alimento no hospedeiro;

C) As rêmoras são peixes que se grudam na pele dos tubarões com intuito de aproveitar os restos de suas presas, caracterizando o comensalismo;

D) Os liquens são formados pela associação de fungos e algas, numa troca de benefícios obrigatória para a sobrevivência de ambos;

E) Os cupins não conseguem digerir a celulose sem a ajuda dos protozoários. Nos humanos esse polissacarídeo é facilmente digerido uma vez que produzimos a celulase, uma enzima específica para digestão do carboidrato citado.

04) (UFPR/2018)  Uma coruja caça durante a noite e captura um morcego. Ambos são capturados por uma rede armada por pesquisadores. Após análise cuidadosa da coruja e do morcego, os pesquisadores encontraram, sob as penas da coruja, ácaros e piolhos, e sob os pelos do morcego, moscas hematófagas. As interações interespecíficas entre a coruja e o morcego, entre os ácaros e os piolhos e entre as moscas hematófagas e o morcego são denominadas, respectivamente:

A) predação, parasitismo e inquilinismo.

B) predação, mutualismo e parasitismo.

C) parasitismo, competição e predação.

D) predação, competição e parasitismo.

E) competição, inquilinismo e parasitismo.

05) (UFES)  Na natureza, os organismos interagem entre si estabelecendo relações ecológicas. A interação de vírus ou bactérias causadores de doenças com seus hospedeiros é um tipo de relação ecológica. Sobre essa interação, é CORRETO afirmar:

A) É uma relação interespecífica positiva, já que o agente causador da doença é beneficiado e o hospedeiro raramente é morto.

B) É um parasitismo, pois o agente causador da doença é favorecido e provoca prejuízos ao hospedeiro por se alimentar deste.

C) É um inquilinismo, pois o agente causador da doença vive no corpo do hospedeiro em busca de abrigo.

D) É uma relação intraespecífica negativa, já que há prejuízo para um dos participantes da relação.

E) É uma simbiose, pois é uma relação próxima e interdependente entre as espécies envolvidas.

06) (ETEC/2017) O filme Procurando Nemo é uma produção que se baseia na vida de dois peixes-palhaço, pai e filho, habitantes da Grande Barreira de Coral.

Do ponto de vista biológico, o filme apresenta algumas imprecisões. Por exemplo: Marlin é um pai zeloso e protetor, que cuida cautelosamente do filhote Nemo, único sobrevivente da ninhada. Porém, esse cuidado parental na espécie dos peixes-palhaço não ocorre na natureza, pois o macho só cuida dos ovos até o momento da eclosão.

No entanto, tal como no filme, na natureza, os peixes-palhaço ganham proteção e alimento vivendo entre os tentáculos das anêmonas-do-mar. Essa proximidade entre essas espécies é facilitada porque a pele desses peixes possui uma defesa especial, que os protege de serem atingidos pelo veneno dos tentáculos das anêmonas, que também se beneficiam dos restos de alimento deixados pelos peixes-palhaço.

Relações Ecológicas

É correto afirmar que a relação descrita entre esses seres vivos de espécies diferentes denomina-se:

A) competição.

B) mimetismo.

C) parasitismo.

D) predação.

E) protocooperação.

Mais questões

Ainda tem dúvidas? Quer treinar ainda mais? Resolva outras questões sobre Relações Ecológicas.

Gabarito das Questões sobre Relações Ecológicas - Parte 1

01) A capacidade de trabalhar coletivamente como ocorre nas formigas, abelhas e cupins caracteriza uma relação harmônica intraespecífica (entre indivíduos de uma mesma espécie).

Resp.: B

02) Entre os líquens e a árvore ocorre uma relação do tipo epifitismo, em que um organismo se desenvolve sobre uma planta sem prejudica-la como, ocorre, também com as orquídeas. Já entre os microrganismos que compõem o líquen tem-se uma relação do tipo mutualismo, que se caracteriza por uma dependência entre os indivíduos com troca de benefícios entre eles.

Resp.: A

03) O ser humano não possui a enzima celulase para quebra da celulose. Logo, esse polissacarídeo não é digerido pelo ser humano.

Resp.: E

04) Ao caçar o morcego para se alimentar, a coruja atua como predador. Os ácaros e os piolhos competem entre si por alimento fornecido pela coruja. Já as moscas hematófagas nutrem-se de sangue do morcego, sem provocar sua morte; são, portanto, parasitas.

Resp.: D

05) Tem-se, neste caso, um exemplo de parasitismo. Indivíduos de uma espécie vivem sobre o corpo de um indivíduo de outra espécie, prejudicando-o.

Resp.: B

06) A relação entre o peixe-palhaço e a anêmona caracteriza uma protocooperação, relação ecológica interespecífica com benefícios para ambas as espécies sem, contudo, haver uma dependência de uma espécie em relação à outra.

Resp.: E

Fique atento às datas e cronogramas do Enem, SiSU e ProUni, pois são curtos os prazos de inscrições. Participe de nossas redes sociais e tenha acesso a vários materiais importantes: FacebookGoogle+ e Twitter. Compartilhe este material.

Recomendamos para você
Comentários