Questões sobre Relações Ecológicas - Parte 2

Atualizada em: 11/03/2018

Relações Ecológicias. Simulado com mais questões atualizadas e comentadas de biologia sobre Relações Ecológicas

01) (Fagoc/2015) Acerca das interações ecológicas, analise as afirmativas.

I. O fato de protozoários viverem no intestino dos cupins, realizando a digestão da celulose, representa uma relação interespecífica denominada mutualismo.

II. No parasitismo, os parasitas se beneficiam, mas o hospedeiro é prejudicado, porque sua energia é desviada para o parasita.

III. A protocooperação é um tipo de relação intraespecífica em que não há prejuízo para nenhum participante.

IV. A associação entre certos fungos e algas clorofíceas forma o líquen, representando um tipo de relação intra-específica denominada parasitismo.

V. Nas sociedades, numerosos organismos da mesma espécie vivem associados, ganhando eficiência na captação de alimento e garantindo vantagens reprodutivas, como é o caso das abelhas.

Estão corretas as afirmativas

A) II e V, apenas.

B) I, II, III, IV e V.

C) I, II e V, apenas.

D) III, IV e V, apenas.

02) (Unicastelo/2014) Na Mata Atlântica, um único jequitibá, árvore frondosa e de vida longa, pode hospedar uma infinidade de seres vivos, como cobras, lagartos, formigas, pulgões e bromélias, que se relacionam entre si da seguinte forma:

• as cobras se alimentam dos lagartos;

• as formigas levam os pulgões aos seus formigueiros e os escravizam para se alimentarem de suas excreções ricas em açúcar;

• os pulgões se alimentam da seiva elaborada do jequitibá;

• as bromélias utilizam os troncos do jequitibá como suporte.

As relações ecológicas estabelecidas entre os seres citados são, respectivamente,

A) predatismo, sinfilia, parasitismo e epifitismo.

B) predatismo, inquilinismo, parasitismo e comensalismo.

C) predatismo, inquilinismo, parasitismo e parasitismo.

D) parasitismo, sinfilia, comensalismo e epifitismo.

E) parasitismo, mutualismo, parasitismo e epifitismo.

03) (PUC-RJ/2016)  Corais em todo o mundo estão sofrendo de um fenômeno conhecido como branqueamento, que consiste na perda de algas unicelulares que vivem no interior dos tecidos, podendo ocasionar a morte desses animais. Sobre o tipo de interação entre os corais e as algas é correto afirmar que:

A) é uma interação de parasitismo, pois as algas vivem no interior dos corais.

B) é uma relação desarmônica interespecífica pois os corais predam as algas.

C) é uma relação harmônica intraespecífica pois animais e algas formam colônias.

D) é uma interação de mutualismo onde as algas fornecem gás carbônico para os corais e estes fornecem glicose para as algas.

E) é uma interação de mutualismo, onde as algas fornecem boa parte do alimento para os corais e estes fornecem sais minerais e gás carbônico.

04) (UFF/2012)  Em um experimento realizado por Gause (1934), foram colocadas duas populações de protozoários, Paramecium caudatum (em azul) e Paramecium aurelia (em vermelho), em um mesmo frasco de cultura com meio apropriado para o crescimento de ambos. O crescimento das duas populações foi quantificado ao longo de 15 dias, conforme gráfico abaixo.

Relações Ecológicas

Analisando a curva de crescimento das duas populações, a alternativa que classifica o tipo de relação ecológica entre esses protozoários é

A) mutualismo

B) cooperação interespecífica

C) competição interespecífica

D) simbiose

E) comensalismo.

05) (UECE/2016) São exemplos de relações ecológicas harmônicas entre indivíduos de espécies diferentes:

A) comensalismo, inquilinismo, colônia.

B) sociedade, colônia, protocooperação.

C) mutualismo, competição, sociedade.

D) protocooperação, mutualismo, comensalismo.

06) (UFOP) Abaixo estão descritas relações ecológicas entre as larvas da mosca do berne e as moscas ou mosquitos hematófagos (situação 1), entre o paguro (crustáceo de corpo mole) e as anêmonas-do-mar (situação 2).

Situação 1:

A mosca do berne captura em voo moscas ou mosquitos hematófagos, depositando sobre o abdome deles seus ovos. As larvas, presentes nos ovos, aproveitam as ocasiões em que o inseto hematófago vai picar o gado ou o homem e implantam-se na sua pele.

Situação 2:

O paguro se protege ocupando as conchas vazias de moluscos gastrópodes. As anêmonas-do-mar instalam-se sobre as conchas habitadas pelo paguro, aproveitando-se do alimento que esse rejeita ou dispersa, bem como de seu deslocamento.

As relações ecológicas, desenvolvidas nas situações 1 e 2, podem ser denominadas, respectivamente:

A) foresia, comensalismo

B) protocooperação, comensalismo

C) comensalismo, simbiose

D) comensalismo, foresia

E) foresia, foresia.

Mais questões

Ainda tem dúvidas? Quer treinar ainda mais? Resolva outras questões sobre Relações Ecológicas.

Gabarito das Questões sobre Relações Ecológicas - Parte 2

01) I. Verdadeira. Ambas as espécies se beneficiam e há dependência de uma em relação à outra.

II. Verdadeira. Parte do material acumulado pelo hospedeiro é usado pelo parasita.

III. Falso. A protocooperação é um tipo de relação interespecífica.

IV. Falsa. No líquen ocorre uma relação interespecífica do tipo mutualismo.

V. Verdadeira.

Resp.: C

02) I. Predatismo (um indivíduo se alimenta de outro, de outra espécie).

II. No caso de formigas e pulgões, é comum o uso do termo sinfilia para este tipo de relação ecológica.

III. Ao se alimentar da seiva elaborado do jequitibá, os pulgões atuam como parasitas desta árvore.

IV. As bromélias não prejudicam a árvore jequitibá ao desenvolver sobre ela; é um caso de epifitismo.

Resp.: A

03) A relação entre as algas e os corais é um caso de mutualismo, pois, ambas as espécies se beneficiam, com dependência de uma em relação à outra.

Resp.: E

04) Como as duas espécies viviam juntas (foram colocadas em um mesmo frasco) e uma delas desapareceu dentro de 15 dias houve, entre elas, uma forte competição por algum recurso.

Resp.: C

05) Colônia e sociedade são exemplos de relações intraespecíficas.

Resp.: D

06) Na primeira situação, mosquitos hematófagos transportam ovos e larvas da mosca do berne, o que caracteriza um caso de foresia. Na segunda situação, uma espécie utiliza de restos alimentares deixados por outra, caracterizando o comensalismo.

Resp.: A

Fique atento às datas e cronogramas do Enem, SiSU e ProUni, pois são curtos os prazos de inscrições. Participe de nossas redes sociais e tenha acesso a vários materiais importantes: FacebookGoogle+ e Twitter. Compartilhe este material.

Recomendamos para você
Comentários