Vestibulandoweb

A opção Certa!


Palavra do Professor


"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!"


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes!"

- Paulo Freire

"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"

- Dave Weinbaum

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância!"

- Sócrates

"Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar!"

- Francis Bacon


Desenho Industrial

Embora a carreira de designer industrial ainda seja uma novidade em vários segmentos do mercado, muitas empresas perceberam que manter um profissional com essa formação em seus quadros pode ser um importante diferencial competitivo. A procura é muito comum por esse profissional para desenvolver produtos bem específicos, como embalagens, displays, layout para internet e até móveis. O campo de trabalho é bastante amplo.

O designer industrial trata da concepção técnica e artística de peças visuais e de objetos, segundo critérios de funcionalidade e estética. Ele pode atuar em duas áreas bem distintas: a de criação de objetos e a de design gráfico ou programação visual. No primeiro caso, estuda a função de peças tridimensionais, o uso, a facilidade de manipulação e a praticidade. Pesquisa novos materiais e tecnologias de fabricação, procurando diminuir os custos de produção. Pode projetar móveis, eletrodomésticos, acessórios, máquinas ou equipamentos industriais. Em design gráfico, concebe marcas, logotipos, embalagens, sistemas de sinalização e faz projetos gráficos de livros, revistas, jornais, folhetos e sites para a internet. Aqui, a preocupação principal é com a forma mais eficaz de passar uma informação ou uma idéia. 

Mercado de Trabalho

O mercado está em alta em boa parte do país com oferta de emprego em empresas de vários setores para atuar nas áreas de desenvolvimento de produtos, formulação de identidade visual e planejamento gráfico. Os pólos moveleiros da região Sul, as indústrias automotivas, de eletrodomésticos e de maquinários do Sudeste e as fábricas de alimentos do Nordeste se destacam pelo grande número de vagas e pelos melhores salários. Multinacionais como Volkswagen, Renault, General Motors, Fiat, Electrolux e GE têm áreas de design no país que desenvolvem produtos vendidos no mundo inteiro. Os mercados de moda, que inclui a produção de jóias e grandes eventos, e de calçados também estão de portas abertas para o bacharel. Com o aumento da consciência social e ecológica nas empresas, o design sustentável se torna imprescindível em qualquer projeto, mas requer uma especialização do desenhista industrial na área de reciclagem e na utilização de matérias-primas ecologicamente corretas. No setor público, há concursos em órgãos como IBGE, Furnas, Eletrobrás e Empresa Municipal de Multimeios (Multirio), do Rio de Janeiro. Também há demanda de pós-graduados no setor acadêmico.

Salário médio inicial: R$ 1.800.

O Curso

Com duração média de quatro anos, o curso mistura aulas de desenho, fotografia, artes, teoria da comunicação e metodologia científica. Nos anos seguintes, o aluno escolhe uma habilitação. Se optar por design de produto, passa a ter aulas práticas em que aprofundará conhecimentos em ergonomia (adequação de objetos a seu uso), confecção de modelos e uso de materiais, como plástico, argila e madeira. Se resolver seguir design gráfico, aprenderá na prática processos gráficos, ilustração, tipografia, animação e editoração gráfica. Para a formatura, são exigidos um projeto e uma monografia. Algumas escolas oferecem graduação em habilitações específicas, como joalheria.

O que você pode fazer?

Design digital 
Projetar e fazer páginas para a internet e CDs-ROM, empregando ferramentas de multimídia, como computação gráfica, sonorização e animação. 

Design gráfico 
Criar e reformular o aspecto visual e gráfico de publicações impressas. 

Design de embalagens 
Projetar embalagens adequadas aos produtos, considerando o apelo visual e a conservação. 

Programação visual 
Criar logotipos, marcas e embalagens de produtos. Elaborar o projeto gráfico de jornais, revistas, livros e folhetos. Produzir vinhetas para a TV, elaborar CDs-ROM, audiovisuais e websites. 

Projeto de produto 
Desenhar objetos, equipamentos, móveis e utensílios para produção em escala industrial, definindo aspectos estéticos e funcionais. Pesquisar e desenvolver materiais e tecnologias de fabricação.


Recomende a Vestibulando Web aos seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Mensagem:

Vestibulando Web - Copyright 1999-2010. Todos os direitos reservados.

Ponto.Br