engenharia de mobilidade

engenharia de mobilidade


Palavra do Professor


"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!"


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes!"

- Paulo Freire

"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"

- Dave Weinbaum

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância!"

- Sócrates

"Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar!"

- Francis Bacon


Graduação em Engenharia de Mobilidade

A Engenharia da Mobilidade é um dos ramos da engenharia ao qual compete a construção e a manutenção de redes rodo-ferroviárias, além de portos e aeroportos, projeto de veículos, logística de transferência de produtos.

Trata-se de uma modalidade nova, porém, muita promissora no Brasil, onde faltam engenheiros.

A Engenharia de(a) Mobilidade está sendo oferecida pela UFSC (campus Joinville) e pela UNIFEI (campus Itabira), somente.

 

Mercado de Trabalho

Verifica-se, no Brasil, a urgência de soluções para infraestrutura na área de transportes, fazendo o curso de Engenharia da Mobilidade extremamente necessário.

Os investimentos bilionários em infraestrutura (energia, transporte, saneamento e habitação) do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) dão a noção exata da grande importância do engenheiro de mobilidade para o desenvolvimento do país.

O Curso

Além das disciplinas características dos cursos de engenharia, o currículo deve abranger: Elementos de máquinas, Sistemas motrizes mecânicos e elétricos, Projeto veicular, Sistemas digitais e de comunicação, Mecânica dos solos, Hidrologia e drenagem, Análise estrutural, Geoprocessamento, Engenharia de tráfego, Custos, Planejamento urbano e regional, Sistemas de controle de tráfego, Planejamento de infraestrutura viária, Sistemas de transporte público, Operação e controle de sistemas de transportes de cargas, Engenharia de manutenção, Gestão da qualidade, Logística, Mecânica de locomotivas e de vagões, Telecomunicações.

O que você pode fazer?

Os engenheiros dessa área são os responsáveis por projetos de construção e duplicação de estradas, construção, monitoração, manutenção e renovação da infraestrutura ferroviária , projetos de sinalização viária, operações do tráfego urbano, gestão e planejamento do transporte urbano de passageiros, além de desafogação de lugares onde ocorrem engarrafamentos. Desenvolvem atividades de planejamento, fabricação, operação e manutenção dos sistemas técnicos veiculares e de transporte. Além disso, devem desenvolver uma visão holística do que significa atuar no campo da mobilidade, para planejar e gerenciar o deslocamento de pessoas e produtos.

O profissional poderá atuar tanto no setor público (Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT; Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes - DNIT, entre outros) quanto no setor privado, em administradoras de rodovias e empresas de engenharia que desenvolvem atividades nas áreas de logística e de transportes


Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.

Ponto.Br