Fonoaudiologia

Graduação!


Palavra do Professor


"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!"


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes!"

- Paulo Freire

"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"

- Dave Weinbaum

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância!"

- Sócrates

"Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar!"

- Francis Bacon


Fonoaudiologia

É a ciência que se ocupa da pesquisa, da prevenção, do diagnóstico, da habilitação e reabilitação da voz, da audição, da motricidade oral, da leitura e da escrita. O fonoaudiologo cuida das questões ligadas à comunicação oral e escrita. Ele trata deficiências de fala, audição, voz, escrita ou leitura. Pode atuar em parceria com fisioterapeutas, otorrinolaringologistas, neurologistas e psicólogos. Com dentistas, trata de males que podem causar ou agravar problemas ortodônticos, como vícios de mastigação e deglutição. Auxilia profissionais que utilizam a voz, como cantores e atores. Pode trabalhar em clínicas, consultórios, escolas, hospitais e emissoras de televisão. Para exercer a profissão é preciso registrar o diploma no Conselho Regional de Fonoaudiologia.

Mercado de Trabalho

As ofertas de trabalho para o fonoaudiologo têm perspectivas de crescimento com a possibilidade de se tornar obrigatória a presença do profissional no serviço público de saúde, sobretudo nos programas de saúde da família do governo federal. Em cidades de médio e grande portes, maternidades contratam o especialista em audiologia, para a realização de testes de audiometria em recém-nascidos, e em motricidade oral, para ajudar os bebês com dificuldade de sugar o leite materno. Em hospitais de todo o país e empresas de home care ele auxilia pacientes que saem da UTI com dificuldade para engolir os alimentos, atua na reabilitação de fissurados labiopalatal e no tratamento de patologias cujos sintomas são vertigens e tonturas. É crescente a procura de fonoaudiologos por profissionais que necessitam de boa dicção, como locutores, executivos, oradores e políticos, que aprendem a entonação e a impostação corretas da voz. 

O mesmo acontece nas empresas de telemarketing, que se utilizam de técnicas de preservação da voz e da audição de seus funcionários. Também crescem as chances de trabalho em escolas particulares de educação infantil, onde o formado acompanha o desenvolvimento da linguagem dos alunos. Em geriatria, os fonoaudiólogos auxiliam idosos na adaptação aos aparelhos auditivos e próteses dentárias. Cidades do interior do país têm muita carência desse especialista, já que a maioria concentra-se nas grandes capitais. Aumenta ainda a atuação do fonoaudiólogo como perito nos processos judiciais entre empregador e empregado por perdas auditivas relacionadas a ruídos no ambiente de trabalho e na realização de exames admissionais e demissionais em empresas.

O Curso

O currículo inclui disciplinas de diversas áreas do conhecimento. Das ciências biológicas e da saúde, o aluno estuda anatomia, fisiologia, genética e patologias. Das ciências sociais e humanas, os futuros fonoaudiólogos vêem psicologia, pedagogia e ética. Boa parte da formação, no entanto, é voltada para os conteúdos específicos da profissão, como audição, linguagem oral e escrita, fala e prevenção, avaliação, diagnóstico e tratamento dos distúrbios da comunicação. Há, ainda, aulas de física acústica e metodologia da pesquisa. No final da graduação é preciso fazer um estágio, bem como apresentar uma monografia. 
Duração média: quatro anos.

O que você pode fazer?

Audiologia

Diagnosticar e prevenir problemas de audição, realizando testes e elaborando programas de redução de barulho em fábricas. Selecionar e adaptar aparelhos para correção de problemas auditivos.

Linguagem

Prevenir e tratar distúrbios como gagueira, troca de letras na fala e na escrita e retardo de linguagem. Trabalhar com comunicação suplementar ou alternativa, auxiliando crianças com dificuldade de aprendizado da linguagem e adultos vítimas de acidente ou doença grave que afetam a comunicação oral.

Motricidade oral

Pesquisar, avaliar e tratar problemas relacionados com a sucção, a deglutição, a mastigação, a respiração e a fala. Trabalhar com aperfeiçoamento dos padrões de fala e estética facial.

Voz

Aplicar técnicas para o aperfeiçoamento da articulação, respiração, entonação e pronúncia de profissionais que utilizam a voz em suas atividades, como atores, locutores, apresentadores de TV e políticos. Avaliar, prevenir e tratar problemas como rouquidão, seqüelas de tumores e alteração no tom da voz.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2010. Todos os direitos reservados.
- Fonoaudiologia

Ponto.Br