Questões de Poluição e Desequilíbrios Ambientais

Por Atualizado em 05/10/2020 19:37

01) (UFT/2019)   Analise as afirmativas a seguir em relação aos impactos provocados pelas atividades humanas:
I. a queima de combustíveis fósseis e o aumento da produção de lixo e esgotos contribuem para provocar o fenômeno denominado efeito estufa.
II. o CO2 é produzido durante a queima incompleta de moléculas orgânicas pelos motores de automóveis e sua combinação com a hemoglobina impede o transporte de oxigênio.
III. a poluição da atmosfera por óxidos de enxofre e de nitrogênio liberados pela queima de carvão mineral e óleo diesel pode resultar em chuvas ácidas.
IV. o lançamento de esgotos no mar sem tratamento prévio pode ocasionar a “maré vermelha”, fenômeno causado por bactérias que liberam substâncias tóxicas na água.
V. a utilização de agrotóxicos nas lavouras pode poluir o solo e as águas dos rios, onde intoxicam e matam diversos seres vivos.

Com base nas afirmativas apresentadas, assinale a alternativa CORRETA:
A) apenas as afirmativas I e III estão corretas.
B) apenas as afirmativas III e V estão corretas.
C) apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas.
D) apenas as afirmativas I, III e V estão corretas.

02) (FGV) A queima de combustíveis fósseis eleva as concentrações de SO2 e CO2 na atmosfera, que causam, respectivamente, os seguintes efeitos:
A) Efeito estufa e aumento da temperatura da atmosfera.
B) Chuva ácida e efeito estufa.
C) Degradação da camada de ozônio e efeito estufa.
D) Degradação da camada de ozônio e chuva ácida.
E) Chuva ácida e câncer de pele.

03) (UFES) A utilização de pesticidas pelo homem:
I – provoca a destruição de numerosas espécies úteis ou indiferentes e o empobrecimento dos ecossistemas;
II – é o único recurso disponível para o controle de pragas na agricultura;
III – leva ao aparecimento de espécies resistentes, que são cada vez mais difíceis de eliminar;
IV – é uma das maneiras de eliminar pragas sem alterar o equilíbrio ecológico, uma vez que os pesticidas atuam diretamente sobre os organismos que se desejam eliminar.

Assinale:
A) se I e II forem corretas.
B) se I e III forem corretas.
C) se II e IV forem corretas.
D) se I, III e IV forem corretas.
E) se I, II e IV forem corretas.

04) (Unicamp/2018)  Altas concentrações de metais pesados foram encontradas nas águas de inúmeras bacias hidrográficas brasileiras. Esses poluentes podem rapidamente se acumular em seres vivos. Por exemplo, peixes podem absorver metais pesados da água e pela ingestão de alimentos, retendo-os em seu tecido muscular.

(Adaptado de Daniel P. de Lima e outros, Contaminação por metais pesados em peixes e água da bacia do rio Cassiporé, Estado do Amapá, Brasil. Acta Amazonica, Manaus, 45, pp. 405-414, 2015.)

Assinale a alternativa correta.
A) Metais pesados, como o urânio, são encontrados em maiores concentrações em herbívoros longevos ou do meio da teia alimentar, como tartarugas marinhas e peixes de fundo de rio.
B) Metais pesados, como o mercúrio, são encontrados em maiores concentrações em carnívoros do meio da teia alimentar, como aves de rapina e peixes predatórios.
C) Metais pesados, como o ferro, são encontrados em maiores concentrações em herbívoros e carnívoros do topo da teia alimentar, como aves de rapina e peixes predatórios.
D) Metais pesados, como o chumbo, são encontrados em maiores concentrações em predadores longevos ou do topo da teia alimentar, como aves de rapina e peixes predatórios.

05) (UFSJ) O efeito estufa consiste no aquecimento anormal do planeta nas últimas décadas, devido a uma maior retenção atmosférica do calor solar absorvido na sua superfície terrestre. Atividades típicas da Era Industrial são consideradas as causas mais prováveis. No efeito estufa, o calor encontra maior dificuldade para se irradiar para fora do planeta devido:
A) À redução da concentração do N2 atmosférico, fixado industrialmente na produção de fertilizantes químicos.
B) À redução da camada de ozônio, resultante principalmente da emissão dos gases CFCs (clorofluorcarbonos) na atmosfera.
C) Ao aumento da concentração de SO2 atmosférico e da chuva ácida, provocados pela emissão de gases nos escapamentos dos automóveis e chaminés de indústrias.
D) Ao aumento da concentração de CO2 atmosférico, como resultante da combustão do petróleo e do carvão mineral e dos desmatamentos seguidos de queima da matéria orgânica.

06) (Unirio) A imprensa tem noticiado diversos acidentes como o mostrado abaixo. A poluição marinha por derramamento de petróleo pode causar, entre outros, o seguinte problema imediato:

A) concentração de substâncias tóxicas ao longo da cadeia alimentar.
B) crescimento do zooplâncton devido à diminuição dos produtores.
C) superpopulação dos microorganismos que atacam o petróleo.
D) perturbação da atividade fotossintética do fitoplâncton.
E) aumento da difusão do oxigênio do mar para o ar.

07) (Vunesp) Nos rios, é lançada, geralmente, grande quantidade de esgoto, provocando, em alguns casos, a morte de muitos peixes. Assinale a alternativa que melhor explica a mortalidade desses animais
A) Aumento na quantidade de oxigênio e diminuição na quantidade de bactérias anaeróbicas.
B) Aumento na quantidade de bactérias anaeróbicas e consequente aumento na quantidade de oxigênio.
C) Diminuição na quantidade de oxigênio e aumento na quantidade de bactérias anaeróbicas.
D) Aumento no número de indivíduos herbívoros que eliminam grande parte de fitoplâncton.
E) Diminuição da quantidade de alimento com consequente mortandade dos peixes, a longo prazo.

08) (Unesp/2016.2) Os testes de qualidade de água realizados nos rios atingidos pela lama proveniente do rompimento da barragem de uma mineradora, em Mariana (MG), identificaram metais pesados em proporções fora dos parâmetros permitidos.
Nessas águas, os metais identificados em maior quantidade foram o ferro e o manganês, mas alguns testes também apontaram grande quantidade de mercúrio.

(http://epoca.globo.com. Adaptado.)

Assinale a alternativa que apresenta um impacto ambiental esperado decorrente da presença de metais pesados nas águas dos rios atingidos.
A) A lama contendo metais pesados aumenta a densidade da água, o que dificulta o revolver das águas e a incorporação natural de gás oxigênio proveniente do ar atmosférico, diminuindo a concentração deste gás na água.
B) A grande quantidade de metais aumenta a concentração de partículas em suspensão na água, tornando-a turva o suficiente para impedir a entrada de luz, o que inviabiliza a fotossíntese pelo plâncton.
C) A presença de grande quantidade de manganês e ferro nas águas favorece o processo de eutrofização, pois há a proliferação de algas que, ao morrerem, são decompostas por bactérias que consomem o gás oxigênio da água.
D) O excesso de minério de ferro na água provoca a queda da concentração de gás oxigênio dissolvido, uma vez que ocorre reação de oxirredução entre o ferro e o gás oxigênio da água, formando o óxido de ferro.
E) Os metais identificados na água lamacenta dos rios têm efeitos cumulativos na cadeia alimentar, de modo que os últimos indivíduos ao longo da cadeia contaminada apresentam maior concentração desses metais.

09) (Unesp/2015.2)  Estudo confirma que meteorito causou extinção dos dinossauros

Um estudo publicado na revista Science de 08.02.13 pretende pôr um ponto final na discussão sobre qual foi o evento que levou à extinção dos dinossauros. Os novos dados obtidos pelos pesquisadores são os mais precisos até agora e mostram que o meteorito atingiu a Terra há 66.038.000 anos, pouco antes da extinção.

(http://veja. abril.com.br. Adaptado.)

Um fato ainda pouco divulgado pela mídia é que, nesse mesmo período, cerca de 2/3 das espécies que viviam na Terra também foram extintas, configurando um grande evento de extinção em massa.

Dentre os fatores decisivos para essa extinção em massa, é correto inferir que
A) os dinossauros ocupavam o topo da cadeia alimentar e com a sua extinção houve um aumento descontrolado das populações das espécies que lhes serviam de presa, causando um colapso nas relações tróficas.
B) o sucesso adaptativo dos dinossauros no papel de predadores levou ao declínio das populações de espécies que lhes serviam de presa, resultando na redução das fontes de alimento.
C) o impacto do meteorito causou a extinção de muitas espécies de produtores, o que contribuiu para o declínio das populações de consumidores primários, secundários e, assim, sucessivamente, ao longo da cadeia alimentar.
D) o impacto do meteorito causou a morte abrupta dos dinossauros, o que disponibilizou imensas quantidades de matéria orgânica para decomposição, alterando a composição da atmosfera e levando as demais espécies à extinção.
E) a extinção das várias espécies de dinossauros resultou no aumento das populações de outros predadores, o que alterou as relações tróficas, causando um desequilíbrio no ecossistema e o consequente colapso das comunidades.

10) (Enem 2017 – 2ª aplicação)  Muitas indústrias e fábricas lançam para o ar, através de suas chaminés, poluentes prejudiciais às plantas e aos animais. Um desses poluentes reage quando em contato com o gás oxigênio e a água da atmosfera, conforme as equações químicas:

Equação 1: 2 SO2 + O2 →2 SO3

Equação 2: SO3 + H2O →H2SO4

De acordo com as equações, a alteração ambiental decorrente da presença desse poluente intensifica o(a)
A) formação da chuva ácida
B) surgimento de ilha de calor
C) redução da camada de ozônio
D) ocorrência da inversão térmica
E) emissão de gases de efeito estufa.

11) (Alfredo Nasser/2014) A compostagem consiste em transformar a parte orgânica do lixo em compostos, que podem servir de fertilizantes para o solo. Para realizar a compostagem, é necessário separar a matéria orgânica do resto do lixo. Por isto, em algumas cidades, as prefeituras têm feito a coleta seletiva, o que facilita o tratamento do lixo urbano e a reciclagem de certos materiais. Sobre este tema indique a alternativa incorreta:
A) O principal objetivo da coleta seletiva é separar a matéria orgânica que se compõe facilmente (como resto de comida) da matéria inorgânica.
B) Os recipientes verde e amarelo são próprios para vidro e metal, respectivamente.
C) Plástico, metais, papeis e vidros são classificados como lixos recicláveis.
D) Os recipientes azul e vermelho são próprios para plástico e papel, respectivamente.
E) O lixo orgânico é todo resíduo de origem vegetal ou animal. Este tipo de lixo quando coletado separadamente pode ser utilizado para produção de adubo orgânico.

12) (Unifei)  Foi detectado o lançamento de esgoto doméstico com alta concentração de matéria orgânica num rio. A figura abaixo ilustra este evento.

Ponto 1 – 500m a montante do ponto de lançamento
Ponto 2 – local do lançamento
Ponto 3 – 500 m a jusante do ponto de lançamento
Ponto 4 – 1000m a jusante do ponto de lançamento

a) Ilustrar qualitativamente num gráfico a variação dos teores de O2 dissolvido na água(mg/l), medidos nos pontos 1, 2, 3 e 4.
b) Interprete este gráfico, considerando apenas o efeito sobre número de indivíduos de uma população de peixes exigentes em O 2 existentes neste rio.

13) (Unicamp) Com frequência, ouvimos em noticiários de televisão que determinada reserva florestal está em chamas e que o incêndio é incontrolável. Geralmente, grandes extensões da reserva são danificadas, numerosos indivíduos de espécies vegetais e animais morrem, sendo que algumas espécies correm perigo de extinção. Além desses efeitos imediatos, indique um problema a médio ou a longo prazo decorrente das queimadas e analise suas consequências.

14) (Unirio) “Desde 1930 – lemos em Toxic Terror, publicação da Third World Network – que a Chisso Corporation, empresa fabricante de produtos químicos, lançava resíduos de seu processo industrial, contendo mercúrio, no rio Minamata e na baía de Minamata, Japão. Vinte anos depois, em 1950, mudanças inexplicáveis começaram a ser observadas no rio e na baía – peixes flutuavam na superfície, moluscos e plantas aquáticas morriam. Pássaros em pleno vôo começaram a cair no mar. Já em 1953, gatos, cães e porcos enlouqueciam e morriam. Em 1956, uma menina de cinco anos chegou ao hospital com sintomas de danos cerebrais. Pouco mais de um mês, cinco outros moradores da mesma aldeia foram internados com os mesmos sintomas. Era a doença de Minamata, que até o fim desse ano fez 52 vítimas conhecidas.”

(Revista Ecologia e Meio Ambiente, ano I, nº 1, 1991, p.35)

a) Por que, inicialmente, uma análise de água não poderia ter detectado a presença do mercúrio antes de causar danos ao ecossistema?

b) Havendo suspeita de lançamento dessa substância em determinado ecossistema, de que modo poderíamos avaliar os níveis reais de contaminação?

15) (Fuvest) Quando se derruba a cobertura vegetal de uma floresta tropical para plantar em seu lugar culturas anuais, o solo mantém sua fertilidade natural por poucos anos. Como se pode explicar esse fato?

16) (UFG) Quais os resultados possíveis decorrentes do uso indiscriminado de herbicidas na agricultura?

Gabarito das Questões de Poluição e Desequilíbrios Ambientais

01) Apenas a afirmativa II está incorreto. O gás que se liga à hemoglobina reduzindo o transporte de oxigênio pelas hemácias é o monóxido de carbono (CO) e não o dióxido de carbono (CO2).
Resp.: D

02) O SO2 reage com O2 formando SO3 e este composto reage com vapor d´água presente no ar, formando H2SO4, que origina a chuva ácida.
Já o CO2 é um dos gases relacionados ao aumento da temperatura global (efeito estufa).
Resp.: B

03) I. Verdadeiro.
II. Falso. O uso do controle biológico é uma forma interessante, não agressiva ao meio ambiente.
III. Falsa. O uso indiscriminado de pesticidas seleciona formas resistentes, contribuindo para um aumento do tamanho de populações resistentes (não novas espécies). Esse item foi considerado verdadeiro pela banca da UFES.
IV. Falsa. Os pesticidas atuam, em muitos casos, sobre espécies-praga e sobre espécies úteis ou indiferentes.
Resp. (gabarito oficial): B

04) Os metais pesados sofrem bioacumulação, isto é, acumulam-se nos tecidos dos organismos, atingindo concentrações mais elevadas nos níveis tróficos mais distantes dos produtores.
Resp.: D

05) O aumento da temperatura global (também chamado de efeito estufa) ocorre devido ao aumento da concentração de certos gases na atmosfera, como o CO2, o CH4, o vapor d’água, o óxido nitroso (N2O) e o próprio CFC.
Resp.: D

06) O petróleo acumula-se sobre a lâmina d´água (o petróleo é menos denso que a água), o que reduz a penetração de luz e, consequentemente, reduz a taxa fotossintética.
Resp.: D

07) O despejo de esgoto, rico em material orgânico, favorece a proliferação de organismos decompositores, o que provoca uma redução do teor de O2 na água. Isso proporciona, também, um aumento na população de organismos decompositores anaeróbicos.
Resp.: C

08) Os metais pesados sofrem magnificação trófica (bioacumulação), ou seja, acumulam-se ao longo da cadeia alimentar, apresentando maior concentração nos organismos que ocupam níveis tróficos mais distantes dos produtores.
Resp.: E

09) O impacto do meteoro com a Terra provocou uma grande nuvem de material particulado, reduzindo a incidência de luz, o que provocou a morte de organismos autótrofos. A morte dos produtores ocasionou a morte de consumidores primários e, assim, sucessivamente.
Resp.: C

10) O  H2SO4 acidifica a água das chuvas, provocando a chamada chuva ácida.
Resp.: A

11) Os recipientes que recebem plástico apresentam cor vermelha; para papel são as lixeiras de coloração azul.
Resp.: D

12) A) Gráfico abaixo.

B) No ponto 2 ocorrerá uma grande mortandade da população de peixes, em função da falta deste gás. No entanto a população tende a se recuperar a partir do ponto 4.

13) As queimadas provocam a destruição da vegetação, deixando o solo nu e desprotegido. Sem a proteção da cobertura vegetal, o solo, sob a ação de fortes chuvas, sofrerá erosão e perda de nutrientes, tornando-se pobre e estéril.

14) a) Porque a concentração inicial de mercúrio na água deveria ser muito baixa.
b) Poderíamos analisar a concentração dessa substância nos organismos situados nos últimos níveis tróficos, onde a concentração de não-biodegradáveis tende a se acumular com o tempo.

15) O solo fica mais exposto à erosão, uma vez que a monocultura não o protege tão bem como a vegetação natural. Além disso, suas raízes, mais superficiais, não absorvem os sais minerais das camadas profundas do solo e não há a reposição da matéria orgânica no solo para a reciclagem.

16) Intoxicação de plantas e animais, inclusive do próprio homem, levando a doenças e morte; desequilíbrios na cadeia alimentar, pela morte de predadores.


Newslatter

Cadastro Newsletter Assine nossa Newsletter Gratuitamente As notícias que você não pode perder diretamente em seu email. Inscreva-se e recebe a Newsletter.

Comentários