Questões sobre Reino Monera – Parte 2

O Reino Monera (em desuso) é constituído por organismos exclusivamente procariotos. São unicelulares e podem ser autótrofos ou heterótrofos. Para fins didáticos, neste reino encontram-se as cianobactérias, as arqueas e as (eu)bactérias.

Ao estudar o assunto, o vestibulando deverá focar as características marcantes do grupo como a ausência de envelope nuclear (carioteca), de organelas membranosas e de citoesqueleto. Procurar conhecer os locais em que ocorrem vias metabólicas importantes como a respiração celular e a síntese proteica. Um outro aspecto que merece atenção é o mecanismo de reprodução das bactérias, e a importância desses organismos para o homem e o ambiente. Ter conhecimento sobre algumas doenças bacterianas (ex.: tuberculose, tétano, meningite, sífilis e blenorragia) também pode fazer um diferencial.

Nos últimos anos a mídia vem divulgando notícias sobre a febre maculosa, transmitida ao homem pela picada do carrapato estrela (Amblyomma sp.). É bom ler algo sobre o assunto; o agente etiológico da doença é uma forma primitiva de bactéria (uma riquétsia). Propusemos várias questões envolvendo esses tópicos. Bons estudos e sucesso nas provas!

01) (UFABC)
A explosão demográfica no mundo pobre foi tão sensacional porque as taxas de nascimento básicas nesses países foram em geral muito mais altas que as dos períodos históricos correspondentes nos países “desenvolvidos”, e porque a enorme taxa de mortalidade, que antes continha a população, caiu como uma pedra a partir da década de 1940 – quatro ou cinco vezes mais rápido que a queda correspondente na Europa do século XIX. Pois, enquanto na Europa essa queda teve que esperar a melhoria gradual dos padrões de vida e ambientais, a tecnologia moderna varreu o mundo dos países pobres como um furacão na Era de Ouro, sob a forma de remédios modernos e da revolução dos transportes. A partir da década de 1940, a inovação médica e farmacêutica pela primeira vez estava em condições de salvar vidas em escala maciça (por exemplo, com DDT e antibióticos), o que antes nunca pudera fazer, a não ser talvez no caso da varíola. Assim, enquanto as taxas de natalidade permaneciam altas, ou mesmo cresciam em tempos de prosperidade, as taxas de mortalidade despencavam – no México, caíram em mais da metade nos 25 anos após 1944 – e a população disparava para cima, embora nem a economia, nem as instituições houvessem necessariamente mudado muito.
(Eric Hobsbawm. Era dos extremos. Tradução)

A respeito de algumas informações citadas no texto, foram feitas três afirmações:

I. A varíola não foi controlada no início da década de 40 porque os cientistas não tinham conseguido sintetizar um antibiótico eficaz contra o microrganismo causador dessa doença. Foi após a descoberta da penicilina que a varíola foi erradicada.
II. A varíola é um exemplo de doença que foi erradicada e atualmente existem algumas doenças (como a poliomielite) que podem ser erradicadas com a aplicação de vacinas específicas.
III. Os antibióticos são formados por substâncias que, basicamente, podem destruir algumas estruturas das bactérias ou impedir a sua reprodução.

Está correto apenas o contido em
A) I.
B) II.
C) III.
D) I e II.
E) II e III.

02) (UFLA) As bactérias apresentam os mecanismos de transferência de genes, transformação, transdução e conjugação, que aumentam a diversidade genética. Com relação a esses processos, assinale a afirmativa CORRETA.

a) A transdução consiste na transferência de fragmentos de DNA diretamente de uma bactéria doadora para uma receptora.
b) A conjugação ocorre pela transferência de fragmentos de DNA de uma bactéria para outra por meio de vírus (bacteriófagos).
c) A transformação bacteriana se dá pela absorção de fragmentos de DNA que estão dispersos no ambiente, provenientes de bactérias mortas e decompostas.
d) A transdução é um processo em que o material genético é transferido através de um canal que conecta duas bactérias denominado “pêlo sexual” ou “pili”.

03) (UFF) O Governo da Indonésia aprovou um fundo de 1 bilhão de rúpias (US$ 1,1 milhão) para os trabalhos humanitários no sul da ilha de Java, região devastada por uma tsunami, que causou cerca 350 mortes e deixou milhares de desabrigados.

(http://oglobo.globo.com/online/ciencia/plantao/2006/07/18/284902985.asp)

Eventos catastróficos decorrentes de alterações climáticas em nosso planeta podem causar enchentes em algumas regiões. As autoridades desses locais se preocupam, geralmente, com a contaminação da água pela urina de ratos infectados pela:

A) Leishmania sp
B) Leptospira sp
C) Mycobacterium leprae
D) Trypanosoma cruzi
E) Schsitosoma mansoni

04) (UNESP) Parte da população brasileira vive na periferia das grandes cidades, onde os serviços de saneamento básico, como sistema de esgoto e coleta do lixo, são precários. Nesses ambientes, podem ser observadas com facilidade as características seguintes:

I. locais com água parada;
II. aumento da população de ratos;
III. liberação de esgotos a céu aberto.

Assinale a alternativa que lista, respectivamente, as doenças que estão associadas a essas características.
A) I – febre amarela, causada por uma bactéria transmitida por mosquito que se reproduz em água parada; II – doença de Chagas, cujo protozoário causador utiliza ratos como transmissores; III – febre maculosa, cujas bactérias se concentram em água contaminada.
B) I – dengue, causada por uma bactéria transmitida por um mosquito que se reproduz em água parada; II – toxoplasmose, cujos ratos são vetores; III – tétano, causado por bactérias que se concentram em água contaminada.
C) I – dengue, causada por vírus transmitido por um mosquito que se reproduz em água parada; II – leptospirose, causada por uma bactéria transmitida por ratos; III – cólera, causada por uma bactéria que pode ser ingerida com água ou alimentos contaminados.
D) I – doença de Chagas, cujo transmissor se reproduz em água parada; II – cólera, causada por uma bactéria transmitida por ratos; III – leishmaniose, causada por protozoários que se concentram em água contaminada.
E) I – hepatite A, causada por vírus presentes em água parada; II – amebíase, causada por amebas que são transmitidas por ratos; III – sífilis, causada por bactérias que se concentram em água contaminada.

05) (UFPB) A seguir, estão listadas características de três diferentes grupos de arqueobactérias ou arqueas: termófilas extremas (ou termoacidófilas), halófitas extremas e metanogênicas.

I. São anaeróbicas estritas e importantes decompositoras de matéria orgânica, sendo comuns em áreas pantanosas desprovidas de oxigênio.
II. São encontradas em estações de tratamento de lixo e no aparelho digestório de cupins e herbívoros.
III. Ocorrem em lagoas rasas de evaporação, formadas por água do mar, nas quais se obtém o sal de cozinha.
IV. Obtêm energia da oxidação do enxofre, sendo quimiossintetizantes e ocorrem em fontes termais ou fendas vulcânicas, localizadas nas profundezas oceânicas.

A correspondência entre as características descritas e os três grupos de arqueobactérias está corretamente apresentada em:

TERMÓFILAS EXTREMAS HALÓFITAS EXTREMAS METANOGÊNICAS
A)  IV  II  I e III
B)  I e II  III  IV
C)  IV  III  I e II
D)  IV  II e III  I
E)  II e III  IV  I

06) (UFC)
Em relação às bactérias, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

(   ) As bactérias têm sido usadas pela engenharia genética na síntese de peptídeos humanos como a insulina e o hormônio de crescimento.
(   ) As bactérias causam muitas doenças sexualmente transmitidas, como o herpes simples, a meningite e a sífilis.
(   ) Em geral as bactérias trazem mais benefícios do que prejuízos para os seres humanos e para a biosfera.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.
A) F V F
B) V F V
C) F F V
D) F V V
E) V V V

07) (Enem 2020 – Digital) Nas últimas décadas vários países, inclusive o Brasil, têm testemunhado uma grande proliferação de bactérias patogênicas, envolvidas em uma variedade de doenças e que apresentam resistência a múltiplos antibióticos. Atualmente têm se destacado as superbactérias que acumularam vários genes determinantes de resistência, a ponto de se tornarem resistentes a praticamente todos os antimicrobianos.

FERREIRA, F. A.; CRUZ, R. S.; FIGUEIREDO, A. M. S. O problema da resistência a antibióticos. Ciência Hoje, v.48, n.287, 2011 (adaptado).

Essa resistência tem ocorrido porque os(as)
A) bactérias patogênicas se multiplicam de maneira acelerada.
B) antibióticos são utilizados pela população de maneira indiscriminada.
C) bactérias possuem plasmídeos que contêm genes relacionados à virulência.
D) bactérias podem ser transmitidas para um indivíduo utilizando várias estratégias.
E) serviços de saúde precários constituem importantes focos de bactérias patogênicas.

08) (UFV)Considere as seguintes afirmativas:

I. Cólera, rubéola e botulismo são exemplos de infecções bacterianas.
II. Bactérias se reproduzem principalmente por meio de conjugação, um mecanismo de reprodução assexuada.
III. Bactérias possuem um único cromossomo. Entretanto, podem conter material genético adicional na forma de plasmídeos.
IV . Existem bactérias cujo habitat natural apresenta temperatura em torno de 72ºC.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS:
A) I e II.
B) II, III e IV.
C) III e IV.
D) II e III.
E) I, II e III.

09) (UFOP) Bactérias, fungos e vírus são agentes causadores de diversas patologias.
Qual das opções abaixo mostra doenças causadas por bactérias?
A) tuberculose e tétano
B) gastroenterite e malária
C) sífilis e sarampo
D) varíola e tétano

10) (Unimontes) É cada vez mais frequente a presença de amostras da bactéria Escherichia coli patogênica em rebanhos bovinos. A figura a seguir ilustra a participação dessa bactéria no nosso meio. Analise-a.

De acordo com a figura e o assunto abordado, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA.
A) A alta incidência dessa bactéria nos rebanhos pode estar relacionada com uma contaminação da água ingerida pelo gado.
B) O risco de contaminação seria eliminado se o gado fosse tratado em cocheiras e mantido em ambientes fechados.
C) O gado não consegue transmitir a bactéria para sua mesma espécie.
D) A produção de toxinas pela bactéria não caracteriza um fator de virulência.

11) (UFPI)A figura ao lado representa o desenho esquemático de uma célula bacteriana. Como todo ser vivo, este também se reproduz e transmite as informações genéticas à sua descendência, através do seu DNA. A alternativa que cita os dois componentes celulares bacterianos que contêm DNA é:

A) nucleoide e mesossomo.
B) parede celular e plasmídio.
C) plasmídio e nucleoide.
D) pelo sexual e ribossomo.
E) membrana plasmática e mesossomo.

12) (UNESP)  A cidade de São Paulo, atravessada por dois grandes rios, Tietê e Pinheiros, e seus inúmeros afluentes, é frequentemente assolada por grandes enchentes nos períodos chuvosos. Após as enchentes, seguem-se casos de leptospirose. Um político, em sua campanha, propõe acabar com a doença, adotando as cinco medidas seguintes.

I. Exterminar o maior número possível de ratos.
II. Aplicar semanalmente inseticidas nas margens dos rios.
III. Multar as famílias que acumulam água nos fundos dos quintais.
IV. Evitar o acúmulo de lixo próximo a residências e margens dos rios.
V. Desenvolver campanha para estimular o uso de calçados, principalmente em dias de chuva.

As medidas que, de fato, podem contribuir para acabar com a leptospirose são
A) I e II.
B) II e III.
C) I e IV.
D) III e V.
E) IV e V.

Questões Discursivas sobre o Reino Monera

01) (UFRJ)  Algumas bactérias são patogênicas por causa das toxinas que produzem. Esse é o caso da Clostridium tetani, uma bactéria anaeróbica obrigatória causadora do tétano. Essa bactéria não invade o organismo, mas libera a toxina tetânica que afeta o sistema nervoso e produz rigidez muscular quando prolifera em feridas profundas; entretanto, quando a bactéria infecta feridas superficiais, não ocorre tétano.
Explique por que o tétano só ocorre em feridas mais profundas.

02)   (UNIFESP) Nas bactérias, a cadeia respiratória encontra-se associada à membrana plasmática e os ácidos nucléicos estão associados ao citoplasma.
A) É assim também em um protista, em um animal e em um vegetal? Justifique.
B) A clonagem de bactérias, comparada à clonagem de animais, é um processo mais complexo ou mais simples? Justifique.

03) (UFVJM) Sobre os vírus, bactérias e cianofíceas, FAÇA o que se pede.
A) CITE duas características dos vírus, que justificam o fato de não estarem incluídos nos Reinos.
B) JUSTIFIQUE a inclusão das bactérias e das cianofíceas no Reino Monera.
C) CITE duas funções ecológicas das cianofíceas.

Resolução das Questões sobre o Reino Monera

01) Apenas o item I está incorreto. A varíola é uma doença causada por vírus e os antibióticos não têm ação sobre eles.
Resp.: E

02)
A) Na transdução, parte do material genético de uma bactéria é levado até outra por meio de um bacteriófago.
B) Na conjugação ocorre passagem de material genético de uma bactéria para outro por meio de um píli (“pelo sexual).
C) Correta.
D) O processo de transdução ocorre por intermédio de um bacteriófago.
Resp.: C

03) A situação descrita pode contribuir para o aumento da leptospirose, uma doença causada por bactérias do gênero Leptospira.
Resp.: B

04) 
I: Locais com água parada favorecem a proliferação de insetos, como os vetores da dengue e da febre amarela.
II: O aumento da população de ratos favorece o aumento do número de casos de leptospirose.
III: Esgoto a céu aberto favorece a proliferação de doenças de contaminação feco-oral, como cólera  (bacteriana), febre tifoide (bacteriana), disenterias (bacterianas / protozoose), dentre outras.
Resp.: C

05) 
I. Arqueas metanogênicas (são anaeróbicas estritas e liberam gás metano).
II. Arqueas metanogênicas
III. Arqueas halófilas (desenvolvem em locais de elevada salinidade).
IV. Arqueas termófilas (desenvolvem em locais de temperatura elevada, como nas fontes termais).
Resp.: C

06)
(V ) As bactérias têm sido usadas pela engenharia genética na síntese de peptídeos humanos como a insulina e o hormônio de crescimento.
( F ) Herpes simples é doença viral e meningite não é uma doença sexualmente transmissível.
( V)  Em geral as bactérias trazem mais benefícios do que prejuízos para os seres humanos e para a biosfera.
Resp.: B

07) O uso indiscriminado de antibióticos pela população tem provocado o surgimento de muitas bactérias resistentes. Isso acontece porque o uso recorrente dos antibióticos provoca a mortalidade das bactérias sensíveis a ele, favorecendo a proliferação das variantes resistentes que, então, aumentam em número.
Importante ressaltar que o uso de antibióticos NÃO INDUZ a bactéria a sofrer mutações para tornar resistente a ele (ideia lamarquista).
Resp.: B

08) 
I. Falso. Rubéola é uma virose.
II. Falso. A principal forma de reprodução em bactérias é a cissiparidade (assexuado).
III. Verdadeiro.
IV. Verdadeiro.
Resp.: C

09) Das doenças citadas, tuberculose, tétano, gastroenterites e sífilis de origem bacteriana. A malária é uma protozoose, enquanto sarampo e varíola são viroses.
Resp.: A

10) A análise da figura deixa claro que a contaminação ocorre por via oral, através da ingestão de água ou de alimentos contaminados.
Resp.: A

11) Em bactérias, o material genético é encontrado disperso no citoplasma em uma região denominada nucleoide. Algumas bactérias podem apresentar um DNA extra, chamado de plasmídeo, mas que não contém genes essenciais à sobrevivência da bactéria.
Resp.: C

12) A incidência de leptospirose está diretamente relacionada com o contato das pessoas com água contaminada com urina de ratos, situação que é favorecida com a ocorrência de enchentes.
Desta forma, as medidas I e IV contribuem para a redução dos casos de leptospirose em uma região.
Resp.: C

Gabarito das Questões Discursivas

01)
a) Porque nas feridas profundas o ambiente é anaeróbio, o que favorece o desenvolvimento da bactéria Clostridium tetani.

02)
a)  Não, em nenhum deles. Os protistas, animais e vegetais são organismos eucariotos e, portanto, possuem material genético dentro de um núcleo com envelope nuclear (carioteca) . Nesses organismos, as enzimas respiratórias encontram-se associadas às cristas mitocondriais e não à membrana plasmática.
b) Mais simples. No caso de bactérias, basta deixá-las em um meio de cultura para que se dividam por cissiparidade, um processo assexuado e que portanto leva à formação de clones.

03)
a) – Não possuem organização celular.
– Não possuem metabolismo próprio.
b) São organismos procariotos.
c)  – Promovem a fixação de nitrogênio;
– Muitas espécies são pioneiras em uma sucessão ecológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.