Questões sobre Reino Protista

Prepare-se para o Enem e Vestibular resolvendo questões sobre o Reino Protista. Tire suas dúvidas e deixe seus comentários

Por Atualizado em 07/04/2020 18:49

01) (UFF) Considere os seguintes meios de transmissão de doenças:

1- ingestão de cistos eliminados com as fezes humanas;
2- contaminação através de fezes de inseto em lesões na pele;
3- picada por mosquito palha ou Birigui;
4- relações sexuais.

As protozooses correspondentes aos meios de transmissão indicados por 1, 2, 3 e 4 são, respectivamente
A) amebíase, doença de Chagas, leishmaniose e tricomoníase.
B) giardíase, malária, leishmaniose e toxoplasmose.
C) toxoplasmose, doença de Chagas, malária e amebíase.
D) amebíase, toxoplasmose, leishmaniose e giardíase.
E) leishmaniose, malária, doença de Chagas e amebíase.

02) (UFMG) As figuras abaixo foram extraídas da bula de um medicamento e representam procedimentos que podem ser adotados na prevenção de algumas doenças.

Das protozooses abaixo a única que pode ser evitada por esses procedimentos é a
A) amebíase
B) doença de Chagas
C) leishmaniose
D) malária

03) (UFPE) Em certas regiões do nordeste brasileiro são utilizados, na construção de habitações rurais, tijolos de diatomitos constituídos por carapaças compactadas de diatomáceas. Esse material corresponde a
A) algas feofíceas ou algas pardas (marrons).
B) algas crisofíceas ou douradas.
C) artrópodos (quilópodos e diplópodos).
D) poríferos ou esponjas.
E) moluscos gastrópodos.

04) (UFC) A Doença de Chagas continua causando muitas mortes no Brasil e em países pobres do mundo. O texto a seguir sobre esta doença é hipotético. Leia-o com atenção.

“Um paciente residente na periferia de Fortaleza procurou o posto médico, queixando-se, entre outras coisas, de febre, anemia, cansaço e hipertrofia ganglionar. Após os exames clínico e laboratorial, diagnosticou-se, corretamente, que ele estava com a Doença de Chagas. Ao tomar conhecimento do caso, um professor resolveu discutir o caso com seus alunos, solicitando que eles opinassem sobre que medidas deveriam ser tomadas para controlar a propagação da doença. Os alunos apresentaram cinco sugestões”.

Dentre as sugestões apresentadas pelos alunos, a única inteiramente correta é
A) isolamento do paciente, para evitar o contágio com outras pessoas, pois a doença se propaga também pela inalação do ar contaminado;
B) campanha de vacinação em massa, em Fortaleza e por todo o estado do Ceará, para evitar uma epidemia na cidade.
C) aplicação de inseticidas em toda a cidade, para eliminação do Aedes aegypti, inseto transmissor do Trypanosoma cruzi, agente causador da doença;
D) vacinação de cães e eliminação de cães de rua, pois eles são reservatórios naturais de protozoários do grupo Trypanosoma;
E) proteção das portas e janelas com telas, a fim de evitar a entrada do barbeiro, inseto transmissor da doença, nas residências”.

05) (UFOP) Os arranjos desenvolvidos pela natureza, guardadas as devidas proporções particularidades, repetem-se frequentemente. Comparando um ser pluricelular, como o homem, com um ser unicelular, como o paramécio, correlacione os órgãos do indivíduo pluricelular com os do unicelular que exerçam funções semelhantes:

I. aparelho locomotor
II. boca
III. cérebro
IV. ânus
V. estômago
VI. coração

a – poro excretor
b – vacúolo digestivo
c – cílios
d – vacúolos contráteis
e – citóstoma
f – núcleos

A correlação CORRETA é:
A) I-c, II-b, III-e, IV-a, V-f, VI-d.
B) I-c, II-e, III-f, IV-a, V-b, VI-d.
C) I-d, II-c, III-e, IV-a, V-f, VI-b.
D) I-d, II-f, III-a, IV-b, V-c, VI-e.
E) I-d, II-c, III-f, IV-e, V-b, VI-a.

06) (UECE/2016)  Analise as seguintes descrições dos organismos unicelulares pertencentes ao Reino Protista:
I. algas cujos flagelos – um longo e outro curto – são localizados no polo anterior da célula, em uma depressão que recebe o nome de reservatório;
II. microrganismos dotados de uma carapaça protetora formada de sílica, que geralmente se reproduzem por cissiparidade;
III. seres dotados de dois flagelos, geralmente marinhos, com coloração esverdeada ou parda; em alguns casos, são capazes de realizar o fenômeno conhecido como bioluminescência.

As descrições acima correspondem, respectivamente, às

A) pirrófitas, euglenófitas e diatomáceas.
B) euglenófitas, bacilariófitas e diatomáceas.
C) euglenas, dinoflagelados e diatomáceas.
D) clorófitas, pirrófitas e rodófitas.

07) (FACIG/2017 – Medicina) Algas de um grupo bem diversificado, as rodofíceas são em sua maioria multicelulares. São abundantes nos mares tropicais, mas podendo ocorrer em água doce e em superfícies úmidas, como troncos de árvores em florestas. Elas apresentam ficoeritrina e ficocianina, pigmentos que são responsáveis por esses organismos serem conhecidos também como algas:
A) Pardas.
B) Verdes.
C) Douradas.
D) Vermelhas.

08) (UFV) O gráfico abaixo apresenta a variação de temperatura, em função do tempo, de um paciente com malária.

Com base no gráfico é INCORRETO afirmar que
A) pelo intervalo da febre, trata-se da malária do tipo quartã benigna.
B) a amplitude de variação da temperatura corpórea excedeu a 3ºC.
C) o paciente teve acessos de febre, aproximadamente, a cada 72 horas.
D) os períodos febris correspondem às picadas do mosquito Anopheles.
E) o tipo de febre sugere que o agente etiológico é o Plasmodium malariae.

09) (Fagoc/2019 – Medicina) Os foraminíferos são um pequeno grupo de micro-organismos, abundantes nos mares de todo o mundo. Suas células são protegidas por carapaça calcária que pode ter várias pequenas cavidades, todas perfuradas, por onde saem longos e finos pseudópodes (reticulópodes) que capturam seu alimento. Lançam amplamente suas extensas redes de reticulópodes sobre superfícies, tanto na água como nos grãos de areia a procura de alimento. Uma vez que uma diatomácea, bactéria ou outra presa pequena é capturada, esta é transportada ao longo da rede como se fosse uma pessoa transportada em uma escada rolante, seguindo na direção do corpo da célula que espreita como se fosse uma aranha no centro de sua teia à espera do tão suculento alimento. Ao atingir o corpo da célula, a presa é finalmente ingerida por fagocitose.

(Fonte: Infoescola; Petró, Pivel e Coimbra, 2016.)

Os foraminíferos descritos no texto são classificados e caracterizados como:

A) Protistas, autótrofos e eucariotos.
B) Moneras, autótrofos e procariotos.
C) Protistas, heterótrofos e eucariotos.
D) Moneras, heterótrofos e procariotos.

10)(UFV) Leia o texto: “Fui descoberto  em Lassance, Minas Gerais. Vivo transitoriamente no intestino de um hemíptero, meu hospedeiro intermediário, que se alimenta de sangue e como possui o intestino muito curto, normalmente evacua após alimentar-se. Eventualmente, com a colaboração de minha própria vítima, penetro nos tecidos de meu hospedeiro vertebrado definitivo”.
Responda:
a) Qual é meu nome específico?
b) Após penetrar no tecido subcutâneo e atingir a corrente sanguínea do hospedeiro definitivo, onde mais frequentemente me instalo?
c) Sou causador de graves lesões no homem. Qual é uma delas?
d) Qual é o nome da doença causada por mim e que atinge cerca de dez (10) milhões de brasileiros?
e) Qual é uma das maneiras de não se contagiar comigo?

Resolução das questões sobre Reino Protista

01)
1 – A ingestão de cistos pode provocar amebíase; giardíase ou balantidiose.
2 – Fezes contaminadas com parasita são a forma de contaminação da doença de Chagas.
3 – O mosquito palha transmite a leishmaniose.
4 – A tricomoníase é uma protozoose cuja contaminação ocorre por meio de relações sexuais.
Resp.: A

02) Doença de Chagas, malária e leishmaniose são protozooses em que há participação de vetores. Já a amebíase tem contaminação através da ingestão de cistos, e as medidas propostas contribuem para redução dessa ingestão.
Resp.: A

03) O diatomito é oriundo da carapaça silicosa que reveste o corpo das algas douradas (crisofíceas / diatomáceas).
Resp.: B

04) A forma clássica de contaminação da doença de Chagas é pela penetração do protozoário pela pele. Esse protozoário sai com as fezes do barbeiro contaminado.
Resp.: E

05) Os cílios têm papel locomotor; o citóstoma atua como boca; os núcleos atuam como cérebro; o poro excretor atua como ânus; o vacúolo digestivo funciona como estômago e os vacúlos contráteis atuam como coração.
Resp.: B

06) I – Euglenófitas (o flagelo curto no reservatório é uma característica desse grupo de algas);
II – a carapaça silicosa é uma característica das diatomáceas (algas douradas / bacilariófitas)
III – a ocorrência de dois flagelos e a possibilidade de ocorrência de bioluminescência é característica dos dinoflagelados (pirrófitas).
Resp.: B

07) As rodofíceas são também conhecidas como algas vermelhas.
Resp.: D

08) No caso da malária, os acessos febris ocorrem quando há ruptura de hemácias, com liberação de toxinas na corrente sanguíena.
Resp.: D

09) Os foraminíferos são organismos heterótrofos integrantes do Reino Protista. São, portanto, eucariontes. A presença de certos foraminíferos fósseis em rochas sedimentares pode atuar como indicativo da presença de petróleo.
Resp.: C

10)
a) Trypanosoma cruzi
b) Coração
c) Megalocardia
d) Doença de Chagas
e) Combate ao barbeiro.


Cadastro Newsletter Assine nossa Newsletter Gratuitamente As notícias que você não pode perder diretamente em seu email. Inscreva-se e recebe a Newsletter.

Comentários