Redação do Enem 2019: entenda as competências avaliadas


Você está se preparando para realizar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, constituído por quatro provas objetivas e uma prova de redação. Nos dias 03 e 10 de novembro, mais de 5 milhões de candidatos estarão realizando as provas. O Ministério da Educação anunciou nesta quinta-feira, 10 de outubro, que metade das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já está a caminho dos locais de aplicação. O ministro Abraham Weintraub afirmou em entrevista coletiva que a única orientação foi que houvesse foco em “questões não ideológicas e que mensurassem conhecimento dos jovens na capacidade de ler, escrever, compreender texto”.

A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política. Os aspectos a serem avaliados relacionam-se às competências que devem ter sido desenvolvidas durante os anos de escolaridade. Nessa redação, você deverá defender uma tese – uma opinião a respeito do tema proposto –, apoiada em argumentos consistentes, estruturados com coerência e coesão, formando uma unidade textual. Seu texto deverá ser redigido de acordo com a modalidade escrita formal da língua portuguesa. Você também deverá elaborar uma proposta de intervenção social para o problema apresentado no desenvolvimento do texto que respeite os direitos humanos.

O texto produzido por você será avaliado por, pelo menos, dois professores, de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro.

  • Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
  • Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
  • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
  • Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
LEIA TAMBÉM  Quais os Principais Direitos Trabalhistas da CLT?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.