Enem 2020: 4 temas que podem cair na Redação

Conseguir uma pontuação alta na redação do Enem é, talvez, a questão mais importante para aqueles candidatos que desejam e precisam obter um resultado final satisfatório para que possam ingressar na Universidade, uma vez que é na redação se pode conseguir os tão sonhados mil pontos.

Mesmo que o candidato consiga dominar a estrutura da redação que deverá ser avaliada pelos responsáveis, é sumamente importante que o aluno mostre perícia quando ao que está acontecendo com relação ao Brasil e ao mundo, principalmente no que tange o cenário social nacional.

Possuir tal conhecimento será impreterível na hora de escrever e desenvolver um bom argumento durante a reação, com sentenças e propostas coerentes e resolutivas

Todos os anos, os temas envolvidos na redação do Enem se convertem em uma discussão quase imediatamente no momento em que são abertas às pessoas que não estão realizando a prova. O assunto chega, muitas vezes, a virar meme na internet.

Esses assuntos costumam ser pautadas com o objetivo de dividir e formar opiniões e são temas que estão envolvidos no cotidiano da sociedade em geral, e, para que o aluno não seja pego de surpresa, sem informações corretas a respeito do assunto, é importante que se atente para os seguintes assuntos mais vividos em 2020.

1 – Segurança Pública e Mobilidade Urbana

Uma das maiores discussões que o Brasil enfrentou neste ano de 2020, é o desprovimento de saneamento básico no país. Ocorre que, com o fato de as pessoas terem que ficar de quarentena em casa, a fim de evitar transmissão do novo coronavírus, tem se tornado ainda mais latente o dado do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento que evidencia um número altíssimo que compõe quase metade (47%) da população brasileira, que vive sem esgoto, que deveria ser um direito básico da população.

Além de 35 milhões de pessoas que não têm acesso a água potável. Dito isto, a privatização poderá ser um tema pautado para a redação, uma vez que o Senado já tenha aprovado um novo marco legal referente ao saneamento em 2020.

Além disso, existe a possibilidade de o movimento Black Lives Matter vir à tona como assunto de redação, já que nesse ano de 2020, o mundo inteiro se mobilizou, gerando discussões a respeito de racismo estrutural em diversos países, inclusive no Brasil. Ademais, a violência praticada diariamente contra a mulher também deverá ganhar algum espaço nas discussões sociais e poderá ficar em evidência nas provas, principalmente os altíssimos números desse ano em que estivemos de quarentena, que obrigou muitas mulheres a passaram 24 horas com seu agressor, atingindo alarmantes recordes de feminicídio.

2 – As leis

Os temas de redação praticados pelo Enem, desde 2013 até 2019, tem sido muito norteado pela legislação. Os assuntos de redação já foram a respeito da Lei Seca, da lei Maria da Penha, lei de Intolerância Religiosa, leis que compõe o combate ao Racismo e até mesmo o Marco Civil da Internet e, então, um dos assuntos para a redação desse ano, pode estar relacionado com a legislação. “Nesses últimos tempos temos muitas leis novas que poucas pessoas sabem. Por exemplo, a lei sobre violência contra animais, a lei sobre proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro autista e lei de cadastro nacional para condenados por estupro”, comenta o professor Tony, que ministra aulas na instituição de ensino Estácio.

Considerando a base e o padrão de comportamento do Inep, é importante ressaltar os temas passados e dar uma olhada nos assuntos anteriores antes do primeiro dia de prova.

3 – Saúde

Levando em consideração as leis citadas no tópico anterior, o professor Tony afirma que, nos assuntos que tangem a temática da saúde, os principais assuntos possam estar relacionados ao tabagismo ou ainda, a saúde mental.

As consequências negativas geradas no emocional das pessoas por do uso excessivo de redes sociais, ou ainda, a dependência que população vem sentindo no uso tecnológico e sua relação íntima no que diz respeito ao aumento de casos de pessoas com depressão, transtornos de ansiedade e suicídio, principalmente entre os jovens.

Com o coronavírus e o “novo normal”, em decorrência do distanciamento social, a interação social via internet aumentou muito, e a cobrança de que as pessoas estejam dentro das redes sociais vem cobrando um preço relativamente alto para a saúde mental das pessoas.

4 – Alfabetização infantil

Atualmente, no Brasil, há uma meta nacional que determina até o ano de 2030 o cumprimento da alfabetização de crianças com idade de até 7 anos. Nesse ano de pandemia, a maior dificuldade do acesso ao ensino virtual, que foi adotado como padrão pelas escolas, pode surgir na proposta da redação. A dificuldade dos pais em ensinar, em organizar os horários e em ajudar os filhos nas propostas elaboradas pelos professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.