Enem Digital poderá ser aplicado em todo o Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que irá redimensionar a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital 2020, estendendo a aplicação-piloto do novo formato do exame para todos os estados brasileiros e o Distrito Federal. Anteriormente, havia sido divulgado que a aplicação estava restrita a 15 capitais brasileiras.

A medida está entre as demandas recebidas durante o dia de ontem pelo Inep, quando o Edital do Enem 2020 foi divulgado, e tem como objetivo levar o Enem Digital, em seu primeiro ano de implementação gradativa, para todo o Brasil.

A nova tabela com a distribuição de vagas e os novos municípios de aplicação do Enem Digital ainda será publicada pelo Instituto.

Enem Digital 2020

A partir da edição 2020 do Enem haverá a implementação do Enem Digital, e ocorrerá de forma gradativa. A previsão do Inep é que o modelo esteja consolidado até o ano de 2026, com a aplicação digital a todos os participantes.

De acordo com o Inep havia uma previsão de se ofertar 50 mil vagas distribuídas para os 15 municípios específicos para a participação do Enem Digital. No entanto, pelo edital do Enem 2020 divulgado nesta terça-feira, 31 de março, a oferta será de 100 mil vagas.

Para solicitar atendimento especializado é preciso se inscrever na prova impressa, pois a opção não será oferecida na versão digital em 2020. Além disso, os candidatos “treineiros” só poderão fazer a versão impressa do exame.

Inscrição do Enem 2020

O período e o procedimento de inscrição para o Enem são os mesmos para as duas versões do Exame, tanto a impressa quanto a digital. Os interessados poderão se inscrever no Enem 2020 de 11 a 22 de maio de 2020.

É preciso ficar atento ao realizar o cadastro, já que uma vez inscrito nesta modalidade, não haverá possibilidade de alteração. Um participante inscrito para o Enem Digital não pode posteriormente optar pelo Enem impresso e vice-versa.

Provas do Enem 2020

As provas do Enem Digital serão aplicadas nos dias 11 e 18 de outubro e não haverá nenhum tipo de aplicação do Enem Digital em casa, à distância ou em computadores particulares. A aplicação será idêntica à do Enem impresso, em municípios e locais de prova selecionados pelo Inep.

Os participantes que optarem pelo Enem Digital também irão se deslocar para os locais de prova determinados, seguirão as mesmas regras, as normas logísticas, o horário de entrada e saída, as restrições a objetos não permitidos e afins.

O que muda é o suporte das questões de prova, que será em formato digital. A estrutura do exame será igual à da versão impressa e, no caso da redação, será realizada da mesma forma que no Enem impresso, redigida manualmente.

No primeiro, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A aplicação terá cinco horas e meia de duração. A prova de redação será realizada em formato impresso.

O participante somente deverá responder às questões da prova de Língua Estrangeira (inglês ou espanhol) escolhida na inscrição.

No segundo dia do exame, serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A aplicação terá cinco horas de duração, contadas a partir da autorização do aplicador para o início das provas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.