Isenção ENEM 2020

Por Atualizado em 30/01/2019 10:10

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova criada em 1998 pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil. O Enem vinha sendo utilizado como ferramenta para avaliar a qualidade geral do Ensino Médio no país e atualmente transformou-se na principal forma de ingresso no ensino superior.

As inscrições para a edição de 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ainda não tem data marcada. O edital com todas as normas da prova do Enem 2020 será publicado no “Diário Oficial da União”.

As provas serão realizadas provavelmente no final de outubro ou início de novembro, em dois domingos consecutivos. Os portões são abertos, normalmente, às 12h (horário de Brasília). O MEC espera que o número de inscritos passe de 6 milhões dessa vez.

O período de inscrições deverá ser em maio, assim como ocorreu em todos os anos anteriores. Os candidatos terão mais três dias úteis para pagarem a taxa de inscrição, que deve ser em torno de R$82. Estudantes de escolas públicas ou que sejam de famílias com renda per capita de até um salário-mínimo e meio não precisam pagar a taxa. No entanto, é preciso solicitar a isenção da taxa de inscrição anteriormente à inscrição do Enem 2020. O período para solicitar isenção da taxa de inscrição normalmente ocorre em abril.

Isenção Enem 2020

A isenção do pagamento da taxa de inscrição da edição do Enem 2020 é concedida:

  • Ao PARTICIPANTE concluinte do Ensino Médio no ano de 2020, matriculado em qualquer modalidade de ensino em escola da rede pública de Ensino, declarada ao Censo Escolar da Educação Básica. Mesmo quem é de escola pública precisa requerer a isenção no período especificado.
  • Mediante declaração de carência, ao PARTICIPANTE que atenda aos requisitos contidos no edital do Enem 2020.
  • Mediante declaração de carência, ao PARTICIPANTE que declarar ser membro de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

No caso de carência, o participante deverá, no ato da inscrição:

  • Declarar carência socioeconômica.
  • Dispor dos documentos comprobatórios da situação de carência socioeconômica declarada.
  • Prestar informações exatas e fidedignas na declaração de carência socioeconômica, sob pena de responder por crime contra a fé pública e de ser eliminado do Exame.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) reserva-se o direito de analisar a solicitação de isenção e exigir, a qualquer tempo, os documentos comprobatórios da situação de carência declarada, conforme disposto no art. 10 do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.

O candidato pode solicitar isenção apenas diretamente pelo sistema de inscrição do Enem 2020. Não serão aceitas solicitações de isenção do pagamento da taxa de inscrição por outros meios, tais como: via postal, fax ou correio eletrônico.

É importante lembrar que é responsabilidade do PARTICIPANTE verificar se a solicitação de isenção da taxa de inscrição foi deferida no sistema de acompanhamento da inscrição. O PARTICIPANTE que não tiver sua solicitação de isenção deferida deve gerar a GRU Simples no sistema de acompanhamento da inscrição e efetuar o pagamento da taxa de inscrição para ter sua inscrição confirmada.

O Enem 2020

A expectativa é de que possa ocorrer mudanças no Enem 2020. No entanto, se permanecer como é atualmente, o exame do Enem 2020 terá 180 questões de múltipla escolha e uma redação. Assim como nas edições passadas do Enem há prova de língua estrangeira: inglês ou espanhol.

A prova do Enem 2020 terá cinco notas, uma para cada área de conhecimento avaliada: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, mais a média da redação.

Sobre o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova criada em 1998 pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil. O Enem vinha sendo utilizado como ferramenta para avaliar a qualidade geral do Ensino Médio no país.

Recentemente, o Enem começou a ser utilizado como exame de acesso ao Ensino Superior em universidades públicas brasileiras através do SiSU (Sistema de Seleção Unificada). A prova também é feita por pessoas com interesse em ganhar pontos para o ProUni (Programa Universidade para Todos). O exame chegou a ser usado como certificação de conclusão do Ensino Médio em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Essa certificação voltou a ser realizada pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).


GUIA DO ENEM 2019

O Portal VestibulandoWeb reuniu as principais informações para quem vai fazer as provas do Enem 2019. Cadastre-se e receba o Guia do Enem 2019 em seu email, GRATUITAMENTE.


Comentários