Projeto no Senado pede suspensão do calendário do Enem 2020


O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) apresentou um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) no Senado para suspender o calendário do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) em função da pandemia do novo coronavírus. O edital do Enem 2020 foi divulgado no dia 31 de março pelo Ministério da Educação (MEC), e de acordo com o cronograma as provas do Enem Digital serão aplicadas nos dias 11 e 18 de outubro e das provas impressas em 1º e 8 de novembro.

O senador Izalci argumenta que o cronograma do exame deve ser divulgado após a retomada das atividades escolares regulares, já que os estudantes estão sendo prejudicados com a descontinuidade dos conteúdos que serão exigidos no exame e poucos têm acesso ao ensino remoto.

A União Nacional do Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) pediram o adiamento do Enem 2020 ao MEC. Em nota, diante da suspensão de atividades de escolas e cursinhos, a UNE afirma que “é absurdo pensar que os estudantes estão em igualdade de condições nessa situação, e que atividades a distância poderiam solucionar o problema da suspensão das aulas. Muitos desses jovens sequer têm acesso às ferramentas necessárias para atividades virtuais, e mesmo que tivessem sabemos que o aproveitamento do ensino-aprendizagem fica fortemente em defasagem em relação às atividades presenciais.”

Em resposta, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, garantiu que o Enem não será adiado.

LEIA TAMBÉM  Enem 2020: Inep divulga tema da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.