Como obter financiamento para a faculdade

Se você deseja cursar uma faculdade e ainda não obteve êxito devido aos altos custos, lembre-se de que já existem várias opções no mercado, além dos programas governamentais que permitem financiar a faculdade e melhorar seu currículo.

O financiamento é um tipo de empréstimo no qual uma instituição financeira paga o valor necessário ao credor (neste caso, a faculdade), oferecendo ao comprador (aluno) um período mais longo para quitar a dívida – pagando juros e outras taxas.

Quais opções de financiamento para estudantes estão disponíveis no mercado?

Atualmente, um estudante pode financiar a faculdade com fundos oferecidos pelo governo federal ou com um empréstimo privado para estudantes.

Financiamento pelo FIES

FIES é um programa do governo federal que financia cursos de ensino superior com nota positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O percentual de financiamento para a educação é definido de acordo com a renda mensal do aluno na família e o custo da educação cobrado pela instituição de ensino. O Ministério da Educação usa uma fórmula especial para calcular.

No entanto, como este é um programa do governo, as partes interessadas devem atender a certos requisitos de acesso ao financiamento:

  • Participou do ENEM;
  • Obteve 450 ou mais pontos em um exame de média aritmética e uma pontuação diferente de 0 na redação;
  • Ter uma renda familiar mensal bruta por pessoa de até 3 salários mínimos;
  • Não possuir mais de um financiamento por vez.

Financiamento privado

Como alternativa, hoje o mercado oferece financiamento privado, que apresenta as seguintes diferenças em relação ao FIES:

  • Não requer participação no ENEM;
  • Tem um prazo mais curto para pagamento;
  • Possui taxas de juros que variam dependendo do banco;
  • Um empréstimo é emitido para pagamento de 6 a 12 meses da faculdade, e não o pagamento do curso completo.

Crédito estudantil

Além dos bancos, você também pode contar com empresas especializadas no financiamento de cursos de ensino superior, técnico e até de pós-graduação. Que geralmente possuem convênios com instituições de ensino.

Embora essa seja uma boa opção para quem já está fazendo o curso, deve-se ter cautela. Portanto, observe todos os prós e contras de uma solução imediata.

Consórcio

Para realizar um consórcio para financiar sua faculdade, o primeiro passo é escolher uma empresa sólida no mercado de consórcios. Depois, verifique quais planos estão disponíveis e escolha o que melhor se adapta à sua realidade, levando em consideração o valor total que você deve pagar pelo curso, a duração do plano e o valor mensal que você pode pagar.

Antes de fechar o contrato, leia atentamente o contrato e avalie as condições de pagamento.

Se você é organizado, pode pensar em um consórcio enquanto estuda; caso contrário, pode adiar um pouco essa conquista.

Lembre-se de planejar e seguir em frente com suas qualificações existem diversas formas, por exemplo através de cursos online reconhecidos pelo MEC.

Conclusão

Lembre-se de que o mercado de trabalho está se tornando cada vez mais movimentado e o ensino superior é a chave para alcançar melhores oportunidades de carreira.

Então qualifique-se! Seja com a faculdade, cursos online, cursos gratuitos, ou até mesmo como ouvinte em sala de aula. Investir em educação sempre é um investimento em você! Não fique parado, aproveite a tecnologia dos dias de hoje e qualifique-se através da internet com cursos online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.