PROUNI e FIES terão três processos seletivos em 2021; confira datas


O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que o Programa Universidade para todos (PROUNI) e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) terão inscrições em 3 datas diferentes em 2021.

A primeira inscrição ocorrerá no mês de janeiro, a segunda inscrição será em abril e a terceira será a partir do segundo semestre do ano.

As alterações nas datas de inscrição foram refeitas em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus e em virtude da mudança no calendário acadêmico.

Esse novo calendário do Prouni e do Fies teve sua divulgação no dia 4 de dezembro e trouxe muitas informações relevantes, mas, que deixaram alguns estudantes confusos.

Foi agendado para o mês de janeiro as inscrições para os programas de acesso as universidades privadas.

O grande problema e confusão que os candidatos não estão conseguindo compreender é que, esses 2 programas utilizam as notas que os estudantes atingiram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para efetuarem suas candidaturas e efetuarem o processo de inscrição. No entanto, em decorrência do Covid 19, a edição do Enem que deveria ter acontecido no mês de novembro de 2020 acabou tendo que ser adiada para o mês de janeiro de 2021.

Percebendo essa dificuldade que os candidatos estão enfrentando, Alexandre Lopes, que atua como presidente o Inep, esclareceu as dúvidas e informou que haverá uma edição a mais de cada um dos programas em 2021, que foi agendada para o mês de abril, com o objetivo de compensar o prejuízo sofrido pelos estudantes ao longo da pandemia do coronavírus.

É válido salientar que o Prouni e o Fies já contam com dois editais por ano, sendo que um ocorre no primeiro semestre e o outro edital acontece no segundo semestre. Com essas facilidades oferecidas pela autarquia do Governo Federal, os candidatos poderão encontrar até três possibilidades de ingressar no ensino superior.

LEIA TAMBÉM  Fies prorroga prazo de renegociação de financiamento até 31 de janeiro

A edição que ocorrerá no mês de abril vai permitir que o estudante possa usar a nota do Enem 2020, que será aplicada em janeiro de 2021, e tem como data prevista para divulgação do seu resultado o dia 29 de março. Dessa maneira, os pretendentes ao ingresso no ensino superior poderão se candidatar ao processo seletivo da universidade que deseja ingressar.

Ainda de acordo com Alexandre Lopes, o atual presidente do Inep, os estudantes que pretendem usar a nota do Enem para ingressar nas instituições públicas e federais de ensino superior não encontrarão nenhum problema com a divulgação do resultado que ocorrerá apenas no mês de março, pois, as aulas nessas instituições terão início somente após essa data.

Outro problema enfrentado é que as instituições privadas, que aderiram e fazem parte do ProUni e Fies, começam o ano letivo no mês de fevereiro. Diante disso, os discentes que pretendem usar a nota do Enem 2020 só estarão aptos ao ingresso na universidade escolhida no mês de maio, ou seja, apenas no segundo semestre.

Para facilitar e minimizar o prejuízo causado aos estudantes, o Inep elaborou esse outro edital, que terão suas inscrições em abril, e que o candidato ainda irá conseguir usar as notas do Enem 2020.

Esse edital do mês de abril servirá para as instituições de ensino privado que tiverem o início das aulas do primeiro semestre adiadas em decorrência da pandemia.

Além disso, Alexandre Lopes, para complementar todo o apoio que o estudante deverá ter em 2021, não descartou as chances de também fazer um terceiro edital do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), claro, caso exista necessidade. Portanto, essa decisão só será tomada conforme o decorrer do processo e observação dos editais de janeiro e abril.

LEIA TAMBÉM  Enem 2020: veja dicas para a prova de Ciências da Natureza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.