Antiviral remdesivir acelera recuperação de pacientes com Covid-19

De acordo com notícias anunciadas nesta quarta-feira, 29 de abril, um estudo realizado nos Estados Unidos mostra que o antiviral remdesivir tem efeito no tratamento de casos graves de COVID-19. Os resultados preliminares apontam que o medicamento pode bloquear esse vírus.

O remdesivir acelera o tempo de recuperação em 31% para pacientes com o novo coronavírus. Comparados aos pacientes que receberam um placebo, os pacientes tratados com remdesivir, do laboratório de Gilead, se curaram em 11 dias (tempo médio) em vez de 15 dias. O estudo foi realizado com 1.063 pacientes, de 47 locais nos Estados Unidos e outros 21 na Europa e Ásia. Trata-se do maior teste até o momento sobre a utilidade do remdesivir com os resultados disponíveis.

Em relação aos efeitos sobre a mortalidade, os resultados não são significativos, ou seja, a pequena diferença entre os dois grupos avaliados pode ser aleatória. No entanto, o grupo tratado com remdesivir sofreu uma mortalidade de 8%, contra 11% no grupo placebo, sugerindo que o medicamento aumentaria a chance de sobrevivência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.