IFMG começa a exigir Comprovante de Vacinação contra o Covid 19

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), deve começar a exigir o Comprovante de Vacinação contra a Covid 19 para os seus servidores, estudantes e colaboradores terceirizados a partir do mês de janeiro de 2022.

Esta é uma nova regra que foi publicada pelo IFMG por meio da Portaria de número 846, de 2021. A portaria em questão foi assinada pelo atual reitor Kléber Gonçalves Glória na última terça-feira, dia 21 de dezembro de 2021.

A decisão do IFMG de exigir o comprovante de vacinação de servidores e estudantes foi tomada em conjunto pelos gestores da Reitoria e dos 18 campus da instituição de ensino distribuídos pelo estado de Minas Gerais. A decisão ocorreu durante a última reunião do Colégio de Dirigentes, que foi realizada no dia 16 de dezembro de 2021.

IFMG exige Comprovante de Vacinação – Veja como vai funcionar a partir de agora

De acordo com a regulamentação que foi aprovada a partir da reunião, a não apresentação, sem justa causa, do documento que comprova a vacinação pode ser passível da aplicação de sanções que estão dispostas na lei.

A comprovação da vacinação, no caso específico dos servidores, deve ser feita junto à chefia direta. Dessa forma, cada uma das unidades administrativas dos campus, incluindo a da Reitoria, deverão fazer um levantamento de quem ainda não se vacinou sem justa causa e então encaminhar esta relação diretamente para o setor de Gestão de Pessoas.

Para provar que está vacinado, o servidor deve apresentar o seu passaporte da vacina. Lembrando que este documento comprovador da vacinação pode ser obtido pelo aplicativo ConecteSUS. Outra opção que pode ser seguida para comprovar a vacina é a digitalização do Cartão de Vacina. O prazo final para a apresentação do Comprovante de Vacinação é o dia 14 de janeiro de 2022. E então, uma vez que este prazo não for respeitado, as sanções já podem ser aplicadas pelo IFMG.

E no caso dos estudantes do IFMG?

Por outro lado, no caso dos estudantes, o levantamento de quem ainda não se vacinou cabe ao setor de Assuntos Educacionais de cada um dos campus do IFMG. Nesse sentido, as unidades do instituto precisam definir, de forma local, como elas poderão tornar viável a apresentação dos comprovantes de vacina por parte dos alunos que forem frequentar as instalações do IFMG de modo presencial. Por sua vez, o monitoramento da vacinação junto aos colaboradores terceirizados deve ser feito pelos setores de administração de cada unidade.

A decisão que foi tomada pelo IFMG alcança um total de aproximadamente 18 mil estudantes, e mais de 2 mil servidores, sem contar com os funcionários que trabalham de forma terceirizada.

Com a Reitoria do IFMG estando instalada na cidade de Belo Horizonte, a capital do estado, o IFMG possui campus em 5 (cinco) regiões do estado mineiro. Unidades que estão instaladas nas seguintes cidades:

  • Arcos
  • Bambuí
  • Betim
  • Congonhas
  • Conselheiro Lafaiete
  • Formiga
  • Governador Valadares
  • Ibirité
  • Ipatinga
  • Itabirito
  • Ouro Branco
  • Ouro Preto
  • Piumhi
  • Ponte Nova
  • Ribeirão das Neves
  • Sabará
  • Santa Luzia
  • São João Evangelista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.