Classes Gramaticais

Por Atualizado em 04/07/2020 16:45

A gramática é a ciência que estuda o conjunto de regras que regem o funcionamento de uma língua. Cada língua possui uma estrutura, e a função da gramática é sistematizar as regras para facilitar a compreensão e o estudo de determinada língua. É importante destacar que a língua está em constante transformação, uma vez é usada no dia a dia em vários contextos e situações. Sendo assim, a gramática também precisa passar por atualizações frequentes.

Dentro da gramática, há três principais divisões. São elas a fonologia (estuda o sistema sonoro de uma língua), a morfologia (estuda a formação e a flexão das palavras) e a sintaxe (estuda a função e a relação entre as palavras em uma frase). Este material aborda a morfologia.

Considerando que a morfologia aborda a palavra e a sua estrutura, faz-se necessário classificar as palavras em grupos. Esses grupos são chamados de classes gramaticais, e a Língua Portuguesa possui 10 classes gramaticais:

Substantivo: é a classe de palavras que dá nome a tudo o que existe. Por exemplo: caderno, bolsa, celular.

Adjetivo: é a palavra que dá uma característica ao substantivo. Por exemplo: magro, brilhante, inteligente.

Numerais: é a palavra que transmite ideia de quantidade. Por exemplo: três, quarto.

Artigo: é a classe de palavras que fica antes dos substantivos e determina o seu gênero e a sua quantidade. Os artigos são: o, a, os, as, um, uma, uns, umas.

Verbo: o verbo é a palavra que expressa ação, estado, fenômeno ou fato. Por exemplo: perguntar, olhar, estar, ser, chover.

Pronome: é a palavra que substitui o nome ou a que ele se refere. Exemplo: eu, nós, aquela, meu.

Preposição: é classe que liga duas palavras ou termos. Exemplo: até, após, portanto.

Conjunção: é a palavra que conecta frases. Exemplo: e, mas, portanto, contudo.

Advérbio: é a palavra que indica circunstâncias diversas, como tempo, lugar, modo, dúvida, negação, entre outros. Por exemplo: amanhã, aqui, lá, muito, sim, não.

Interjeição: é a palavra que exprime emoções, sensações ou estado de espírito Exemplo: oh!, ai!, ui!, ufa! e eca!

Classes variáveis e invariáveis

As classes variáveis são aquelas que podem ser flexionadas em gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e grau (aumentativo e diminuitivo). As classes invariáveis permanecem iguais, independente do contexto no qual estão sendo usadas. Na Língua Portuguesa, seis classes são variáveis e quatro são invariáveis.

As classes gramaticais variáveis são o artigo, o numeral, o substantivo, o pronome, o adjetivo e o verbo. Nas frases abaixo, algumas classes sofrem alteração de número, passando do singular para o plural.

O menino ganhou um presente bonito

(artigo) (substantivo) (verbo) (numeral) (substantivo) (adjetivo)

Os meninos ganharam três presentes bonitos

(artigo) (substantivo) (verbo) (numeral) (substantivo) (adjetivo)

Já as classes invariáveis são o advérbio, o a conjunção, a preposição e a interjeição. Nas frases abaixo, o advérbio e a preposição continuam iguais, mesmo que a frase tenha sido transformada do singular para o plural.

Eu gosto muito de você

(pronome) (verbo) (advérbio) (preposição) (pronome)

Nós gostamos muito de vocês

(pronome) (verbo) (advérbio) (preposição) (pronome)

Termos determinantes e determinados

Em toda frase, há sempre dois grupos: o grupo nominal e o grupo verbal. Cada um desses grupos possui os termos determinantes, que têm por função especificar o sentido de outro termo, e os termos determinados (núcleo), que têm o seu sentido especificado pelo termo determinante, ao qual são subordinados.

Pode também haver o grupo relacional, que funciona como conectivo entre as palavras ou frases. Esse grupo não está presente necessariamente em todas as frases.

Grupo Nominal

No grupo nominal, o núcleo ou termo determinado é o nome (e entende-se por nome: substantivo, pronome e numeral).

Os determinantes do nome (adjetivo, artigo, pronomes adjetivos e numerais adjetivos) agregam características e concordam com o nome a que se referem.

Grupo Verbal

No grupo verbal, o núcleo ou termo determinado é sempre um verbo ou locução verbal (duas ou mais palavras que num dado contexto de comunicação, funcionam como um verbo).. Há palavras que determinam ou mudam o verbo e, como já mencionado anteriormente, são invariáveis, ou seja, não concordam com o termo determinado ao qual se referem.

Essas palavras apenas determinam o verbo, acrescentando uma circunstância a ele. São chamadas de advérbios e locuções adverbiais (duas ou mais palavras que num dado contexto de comunicação, funcionam como um advérbio).

Grupo Relacional

O grupo relacional é formado por preposições e conjunções, que têm a função de conectar palavras e orações, respectivamente.


Cadastro Newsletter Assine nossa Newsletter Gratuitamente As notícias que você não pode perder diretamente em seu email. Inscreva-se e recebe a Newsletter.

Comentários