Estudar Biotecnologia: entenda como funciona a profissão

Por Atualizado em 22/07/2020 16:48

As profissões relacionadas a ciências biológicas têm cada vez mais chamado a atenção de pessoas que desejam atuar nessa área, seja para realizar teste de DNA, trabalhar em hospitais, realizar pesquisas para a cura e tratamento de doenças ou trabalhar com técnicas de engenharia genética, que é o caso da Biotecnologia.

Se você tem muito interesse em ciências biológicas, mas também tem habilidades em ciência exatas, é bem provável que você goste do curso de Biotecnologia e queira construir uma carreira na área.

Essa é uma profissão que não é tão comentada, mas que vem chamando a atenção de jovens. O curso de graduação geralmente possui a duração de quatro anos e oferece conhecimento e capacitação para os alunos aplicarem as técnicas de engenharia genética, biologia molecular, bioinformática, genômica, entre outras.

O objetivo da área é aplicar esse conhecimento na resolução de problemas da sociedade, além de estudar e desenvolver mais qualidade de vida para a população de modo geral.

Aqui, você vai saber mais sobre a carreira de Biotecnologia. Como a profissão funciona, quais habilidades o profissional deve ter e como é o seu mercado de trabalho.

Confira a seguir!

Como funciona a profissão de Biotecnologia 

Quem é formado em Biotecnologia possui uma extensa lista de atuações. Ele pode trabalhar com a manipulação de materiais biológicos, além de produzir medicamentos ou torná-los mais eficientes para o tratamento de doenças, por exemplo.

O biotecnólogo – profissional formado em Biotecnologia – faz o desenvolvimento e aplicação de tecnologias nas áreas da saúde, ambiental, química, agricultura, etc.

Veja a seguir algumas das atividades que podem ser realizadas pelo profissional:

  • Pesquisas para o aperfeiçoamento genético;
  • Estudos sobre os possíveis efeitos de medicamentos em células humanas;
  • Pesquisas relacionadas ao controle de crescimento de micróbios em indústrias alimentícias e farmacêuticas;
  • Pesquisas para o combate de bactérias e microorganismos que podem prejudicar a saúde do humano;
  • Avaliação e implementação de soluções para prevenção de contaminação do solo e da água;
  • Pesquisas de novos tipos de plantas;
  • Pesquisas e estudos para a utilização de microrganismos na produção de medicamentos e vacinas;
  • Estudos e aprimoramentos com objetivo de combater doenças e pragas em lavouras e muito mais.

Com tantas atividades designadas a Biotecnologia, os profissionais podem escolher entre diversas áreas de atuação, como:

Área de saúde

As pesquisas sobre o uso de microrganismos com o intuito de utilizá-los para a criação ou aprimoramento de medicamentos e vacinas faz parte da rotina de quem deseja atuar na área de saúde. O profissional também poderá realizar a identificação de micróbios que podem causar doenças em institutos de pesquisa ou laboratórios de análises clínicas, entre outras atividades.

Setor de agronegócios

Ao trabalhar no setor de agronegócios, o profissional poderá realizar o aperfeiçoamento de técnicas para fazer o combate de doenças ou pragas que podem surgir em lavouras ou rebanhos.

Meio ambiente

Neste caso, o profissional poderá trabalhar com a pesquisa e estudos sobre processos biotecnológicos para a preservação do solo e da água. Além disso, a realização de pesquisas com foco em contaminação e poluição da água, do solo ou do ar devido a microrganismos também pode fazer parte do seu dia a dia.

Indústria

Na indústria, o profissional poderá atuar no acompanhamento do processo de criação de bebidas e alimentos – que tenham microrganismos em sua composição, como por exemplo, cerveja e queijo.

Ele também pode realizar estudos sobre novas matérias-primas para melhorar a produção de biocombustíveis. Isso é feito para que seja possível tornar o plantio mais eficaz, além de criar novas fórmulas para a obter combustível orgânicos.

Outras profissões relacionadas a área

Além das opções que citamos acima, um biotecnólogo pode decidir escolher carreira em diversas outras áreas, como:

  • Bioinformática;
  • Aperfeiçoamento da produção agrícola;
  • Desenvolvimento de novas terapias e remédios;
  • Desenvolvimento de cosméticos;
  • Consultoria científica;
  • Áreas de marketing e comercial em empresas especializadas.

Como é o mercado para quem estuda biotecnologia? 

Como é possível observar, com tantas opções de carreiras a seguir, o profissional biotecnólogo tem acesso a um mercado que está aquecido e em crescimento. Isso acontece porque a Biotecnologia pode ser utilizada em vários processos de produção de medicamentos, vacinas, alimentos e bebidas.

Nesta área, as indústrias que mais contratam o profissional com essa formação são as de alimentos e farmacêuticas. Além disso, outra opção muito promissor para biotecnólogos é atuar no mercado de cosméticos que cresce cada vez mais.

Vale destacar que as regiões do Brasil que mais costumam ter oportunidades de empregos para esses profissionais são as Sul e Sudestes.

Também é importante dizer que no momento de escolher a faculdade ou universidade que você estudará é essencial fazer uma boa pesquisa e conferir as opiniões dos ex e atuais alunos da instituição, para que assim você se sinta mais seguro no momento de tomar sua decisão de escolha.

Agora que você já sabe mais sobre como é a profissão de Biotecnologia, é essa carreira que você deseja seguir? Conta para a gente deixando um comentário abaixo!


Newslatter

Cadastro Newsletter Assine nossa Newsletter Gratuitamente As notícias que você não pode perder diretamente em seu email. Inscreva-se e recebe a Newsletter.

Comentários