Estudar Engenharia Química: entenda como funciona a profissão

O engenheiro químico é um profissional que trabalha com a extração de matérias-primas e com a transformação físico-química de variados tipos de materiais para desenvolver os mais diversos produtos para o nosso dia-a-dia. É o profissional responsável por permitir que alimentos, cosméticos e eletrodomésticos sejam produzidos em larga escala e cheguem até nós.

Nesse sentido, o engenheiro químico é um agente fundamental para que os produtos cheguem ao mercado de forma segura, desde o combustível para o seu carro, produtos de limpeza, cosméticos, medicamentos, fertilizantes, tintas, a cervejinha do fim de semana, até mesmo os tecidos das roupas que você usa, dentre outros.

O que faz um engenheiro químico

O engenheiro químico trabalha nos processos industriais, mais especificamente, aqueles que envolvem transformações físico-químicas.

Esse profissional tem como função desenvolver técnicas para obter e transformar matérias-primas em bens de consumo, com isso, está sempre buscando se aperfeiçoar em processos voltados em alterar produtos químicos ou petroquímicos, como materiais plásticos, têxteis, papéis, gás de cozinha e etc.

O engenheiro químico também fiscaliza os processos da cadeia produtiva, atestando sua segurança e garantindo a qualidade dos produtos que serão originados.

Enfim, esse profissional busca aprimorar equipamentos e tecnologias voltadas aos processos físico-químicos, mas procurando também desenvolver novas técnicas e soluções mais ecologicamente corretas.

Áreas de atuação para quem estuda Engenharia Química

O campo de atuação de um engenheiro químico é muito vasto, dessa forma, ele pode atuar na supervisão e produção de medicamentos, em sistemas de tratamento de gases e líquidos em uma indústria de fertilizantes, por exemplo, ou desenvolver novas tecnologias para produzir pisos cerâmicos, ou mesmo, planejar a construção de uma usina de mineração, dentre outras possibilidades. Basicamente, os setores são os seguintes:

Desenvolvimento

Trabalha diretamente com a indústria química, em segmentos relacionados à alimentação e ao petróleo, criando e aprimorando produtos, viabilizando a técnica nos processos de fabricação e beneficiamento dos mesmos.

Processo industrial

Trabalha supervisionando os processos industriais, planejando e administrando as diversas etapas da cadeia produtiva, tendo como principal função o desenvolvimento de novos processos e técnicas capazes de melhorar a produtividade, sempre priorizando a segurança e a responsabilidade ecológica.

Meio ambiente

Trabalha definindo métodos e processos que sejam menos nocivos ao meio ambiente, com total ênfase na preservação da cadeia produtiva. Com foco em escolher tecnologias menos nocivas ao meio ambiente, ou seja, limpas, ele também atua na reciclagem e tratamento de resíduos industriais.

Projetos

Esse profissional atua desenvolvendo projetos para novas indústrias ou fábricas, sendo o responsável por todos os processos relacionados às instalações e procedimentos de segurança, assim como, toda a logística de movimentação e armazenamento das matérias-primas.

O mercado de trabalho para quem é Engenheiro Químico

Em alta no mercado, com grandes possibilidades de vagas de trabalho, justamente porque o engenheiro químico é considerado um dos profissionais mais versáteis dentro do segmento da engenharia.

Quem investe em bacharelado em Engenharia Química, por exemplo, conta com uma formação muito ampla, o que faz esse profissional ser um dos mais requisitados pelo mercado, assim como, um dos mais bem remunerados.

No entanto, quem escolhe essa profissão deve estar preparado para atuar, principalmente, no segmento alimentício, farmacêutico e cosmetológico, na indústria petrolífera, assim como, indústrias que produzem polímeros, como tintas e vernizes.

Se espera um crescimento muito grande de procura por esses profissionais em empresas do segmento agroindustrial, e isso se deve ao fato do setor produtor de fertilizantes e defensivos agrícolas estar superaquecido.

E vale destacar uma outra área de destaque para esse profissional, a de  produção de papel e celulose, que é um setor que requer muitas iniciativas voltadas para o tratamento de resíduos.

De uma forma mais generalizada, está cada vez mais valorizado o profissional especializado em alternativas ambientalmente responsáveis para o reaproveitamento de matéria-prima, assim como, o seu descarte correto e a geração de energia através de fontes responsáveis.

E não dá para deixar de citar a possibilidade do profissional de Engenharia Química atuar no setor de pesquisas, podendo ser tanto em instituições públicas, como privadas, do país.

Enfim, é engenheiro químico é um profissional que pode trabalhar tanto em pesquisas, como projetos ou operacionalização dos processos que envolvem alterações físicas e químicas dos materiais, para transformá-los em produtos úteis, seguros e, cada vez mais, ecologicamente corretos, para a sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.