Estudar Geografia: entenda como funciona a profissão

Conhecido como geógrafo, o profissional da geografia pode atuar de dois modos diferentes. Primeiramente, se quiser trabalhar na indústria, esse profissional pode optar pelo bacharelado.

Por outro lado, caso ele queira ser um professor da área, é possível fazer o curso de licenciatura e contribuir para a formação de outros profissionais. No entanto, se esse profissional quiser dar aulas em faculdades, ele precisará fazer pós-graduação, como mestrado e doutorado.

Mercado de trabalho

Caso opte pela carreira acadêmica, o profissional da geografia terá várias oportunidades de emprego. No ramo da educação básica, em todas as regiões do país, especialmente as mais afastadas, existe uma grande carência de professores.

Além do mundo acadêmico, o profissional dessa área pode trabalhar em empresas de cartografia, análise de solo e consultoria. Para trabalhar nessas áreas, é preciso fazer o bacharelado e, de preferência, ter alguma especialização.

Órgãos públicos também oferecem ótimas oportunidades de emprego. No entanto, além da faculdade, o profissional terá que fazer concursos públicos, o que torna essas vagas ainda mais concorridas.

Historicamente, o geógrafo vem perdendo espaço no mercado de trabalho tanto para o geólogo quanto para o engenheiro ambiental. A razão disso é a visão segmentada que o mercado ganhou nos últimos anos, já que o geógrafo não é compatível com análises segmentadas.

No entanto, esse profissional é voltado para visões de totalidade e para análise das dinâmicas socioespaciais. Normalmente, esse é o grande foco de estudo dessa área.

Nos últimos anos, a visão capitalista de produção valorizou a segmentação do conhecimento. No entanto, o mercado de trabalho ainda precisa de pessoas que consigam analisar a totalidade dos fenômenos de forma interdisciplinar.

Com isso, o geógrafo ganha uma enorme valorização, especialmente na liderança de equipes multidisciplinares. Esse profissional é ótimo para essas funções, pois sua formação oferece conhecimentos muito abrangentes.

A seguir, conheça algumas áreas onde o profissional da geografia pode atuar no mercado de trabalho:

Turismo

Como a geografia é muito abrangente, esse profissional pode usar suas habilidades em diversas áreas, o que inclui o turismo. Nesse caso, o profissional da geografia pode fazer pesquisas acadêmicas sobre o tema, trabalhar no planejamento do turismo, entre outras coisas.

Por exemplo, os conhecimentos que um geógrafo possui sobre vegetação, relevo e clima podem ser úteis no mundo do turismo. Ademais, se esse profissional for um especialista em cartografia, ele pode auxiliar turistas que pretendem conhecer algum local.

Indústria

No setor industrial, o profissional da geografia pode atuar na cartografia digital, montando mapas por meio de imagens via satélite. Além disso, ele pode trabalhar com geoprocessamento, montar bancos de dados geográficos e usar mapas que dependem de programas computacionais específicos.

Em alguns casos, geógrafos podem elaborar mapas e levantar dados do solo, do relevo, dos recursos hídricos, do clima, da vegetação e da densidade de ocupação. Esse levantamento é chamado de sensoriamento remoto e pode ser útil para várias empresas.

A agroindústria é outra opção para os profissionais da geografia. Nesse caso, é possível trabalhar com planejamento agrícola e montar estratégias onde a ocupação de regiões não cause tantos impactos ao meio ambiente.

Trânsito

O geógrafo também pode prestar serviços relacionados ao trânsito. Nesse caso, ele pode contribuir para o desenvolvimento de cidades atuando em empresas privadas ou órgãos públicos como o Detran.

Ao entrar nessas entidades, o profissional trabalhará com geografia de transportes em e planejamento dos sistemas de trânsito. Isso vai colaborar com a mobilidade, sustentabilidade e inclusão social daquela região.

Além do trânsito, um geógrafo também pode trabalhar com planejamento urbano, contribuindo diretamente para melhores definições de estruturas urbanas. Ademais, esse profissional também realiza o planejamento do uso do solo, da mobilidade, da organização, da sustentabilidade e da inclusão social.

Perfil do profissional

Para trabalhar com geografia, o profissional tem que apreciar o estudo e compreender como o ser humano se relaciona com o meio ambiente. Por isso, é muito importante que o geógrafo seja curioso e goste de estudar.

Ademais, esses profissionais devem ter um grande senso de observação, pois eles precisam ser muito precisos em suas projeções e análises.

Quando esse profissional se dedica à indústria, em muitos casos, ele precisa ir à campo e focar nas atividades fora dos escritórios. Por conta disso, é fundamental que o geógrafo tenha amor pelo meio ambiente.

Para quem optar pela carreira acadêmica, é muito importante gostar de transmitir seus conhecimentos e de falar com outras pessoas. Afinal de contas, essa é a rotina básica de todo professor, seja qual for o conteúdo de suas aulas.

Definição e visão geral

A geografia é uma ciência que visa estudar a superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos importantes na paisagem. Ela também analisa a relação recíproca entre o ser humano e o meio ambiente (geografia humana).Há quem diga que a geografia pode ser uma prática humana onde é possível entender e planejar o espaço onde se vive.

Um dos temas centrais da geografia é a relação do ser humano com a natureza. Nesse caso, a natureza representa as forças que geraram ou contribuíram para a modelagem do espaço geográfico. Em outras palavras, ela representa a dinâmica e as interações que existem entre a atmosfera, a litosfera, a hidrosfera e a biosfera.

Por sua vez, o homem é visto como um organismo que modifica intensamente as forças da natureza por meio de sua tecnologia.

Para coletar informações básicas, a geografia se aproveita muito de outras áreas do conhecimento, principalmente em alguns ramos específicos. Por exemplo, um geógrafo pode usar dados da geologia, da matemática, da história, da física, da astronomia, da antropologia, da biologia e, principalmente, da ecologia, já que ela está inter-relacionada com a geografia.

Na verdade, tanto a geografia quanto a ecologia se preocupam com fatores geológicos e com análises biológicas dos ciclos biogeoquímicos dos ecossistemas. Ou seja, as duas áreas avaliam a relação entre os seres vivos e o meio ambiente.

Geógrafos apostam em recursos como viagens, leituras e análise de estatísticas. Ademais, eles não abrem mão dos mapas, ferramentas de extrema importância nessa profissão.

Além de estudar os mapas, os geógrafos costumam atualizá-los por meio de pesquisas especializadas. Dessa forma, eles podem contribuir para o conhecimento geográfico da humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.