Estudar música: entenda como funciona a profissão

O estudo da música pode abrir várias portas no mercado de trabalho. Ao terminar sua graduação, o profissional dessa área pode atuar em diversas funções e acumular ainda mais conhecimento.

Se você quer estudar música, mas não tem muito conhecimento sobre essa área, leia este texto e conheça melhor esse tema.

Como funciona o curso de música

Normalmente, uma faculdade de música dura 8 semestres (4 anos). O aluno pode escolher entre a licenciatura ou o bacharelado. Na licenciatura, o aluno terá aulas que o ensinarão a ser um professor de música. Dessa forma, ele poderá transmitir seus conhecimentos para outras pessoas.

Por sua vez, o bacharelado prepara o aluno para ser um profissional da música. Nesse caso, ele poderá trabalhar como maestro, integrante de orquestra ou até mesmo seguir carreira como cantor.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a faculdade de música ensina os seguintes assuntos:

Bacharelado:

  • Linguagem e Estruturação Musical (análise, harmonia e contraponto);
  • Percepção Musical;
  • História da Música Universal e Brasileira;
  • Folclore Musical;
  • Acústica e Tecnologia;
  • Fundamentos de Produção Cultural;
  • Fundamentos da Pesquisa em Música;
  • Estética e Filosofia da Música;
  • Prática de Grupos Vocais e Instrumentais;
  • Música de Câmara;
  • Oficinas de Criatividade;
  • Literatura e Repertório do Canto;
  • Declamação Lírica;
  • Interpretação (Escolas e Estilos);
  • Técnicas de Palco e de Expressão Corporal;
  • Estudo Técnico do Instrumento;
  • Técnica de Prevenção de Lesões de Esforço Repetido e Disfunções de Postura;
  • Técnicas de Respiração e Postura;
  • Dicção e Fonética;
  • Saúde, Técnica e Fisiologia da Voz.

Licenciatura (algumas disciplinas se repetem):

  • Linguagem e Estruturação Musical (Análise, Harmonia e Contraponto);
  • Percepção Musical;
  • História da Música Universal e Brasileira;
  • Prática de Grupos Vocais e Instrumentais;
  • Música de Câmara;
  • Oficinas de Criatividade;
  • Estudo Técnico de Instrumento;
  • Prevenção de Lesões Causadas por Esforço Repetido e Disfunções de Postura;
  • Saúde, Fisiologia e Técnica Vocal;
  • Técnicas de Respiração e Postura;
  • Dicção e Fonética;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Psicopedagogia Musical;
  • Metodologia de Ensino da Música, História, Filosofia e Sociologia da Educação;
  • Metodologia e Prática de ensino de Música;
  • Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas ao Ensino de Música;
  • Psicologia da Educação;
  • Legislação Educacional;
  • Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS);
  • Pluralidade Cultural e Orientação Sexual.

Vale lembrar que, para concluir o curso de licenciatura, é preciso fazer um estágio supervisionado.

Áreas de atuação

O estudo da música abre um leque de opções para esse profissional. Por conta disso, ele pode trabalhar em diversas áreas. A seguir, saiba onde o profissional da música pode atuar:

Pesquisa

Por mais estranho que isso possa parecer, o profissional da música pode atuar no setor de pesquisa. Nesse caso, o profissional teria que fazer a licenciatura e seguir a carreira acadêmica. Dessa forma, ele poderia fazer artigos, documentos, adquirir conhecimentos sobre temas desconhecidos e produzir trabalhos que agreguem valor à musica perante à sociedade.

Produção

Ao focar na produção musical, o profissional pode trabalhar com edição, direção das gravações e mixagem de música. A mesa de som é mais trabalhosa do que muita gente pensa, portanto, um profissional da música pode ter muito espaço nessa área.

Regência

Comandar orquestras e corais é uma excelente oportunidade para os profissionais da música. Ao trabalhar nessa função, o profissional pode escolher a música que será tocada, os músicos da orquestra, os horários dos ensaios, entre outras coisas.

Composição de músicas

A composição é uma das funções mais conhecidas do ramo musical. Como esse trabalho é muito amplo, o compositor pode produzir suas músicas para vários fins: orquestras, peças de teatro, jingles e até mesmo campanhas de publicidade.

Canto

O canto é uma das artes mais lindas que existe. Trabalhar nessa área é uma grande honra, especialmente se o profissional cuidar bem de sua voz. Para quem pretende melhorar suas habilidades vocais, trabalhar com ópera pode ser uma excelente opção. Esse estilo de música estimula as cordas vocais e melhora ainda mais a qualidade do cantor.

Além das funções citadas, o profissional da música ainda pode trabalhar como instrumentista ou professor de música. No entanto, para ser um professor, é preciso fazer o curso de licenciatura.

Aplicativos de música

Alguns aplicativos de música podem ajudar o estudante a melhorar suas habilidades. Dessa forma, ele consegue aprimorar seus conhecimentos e se tornar um músico ainda melhor. Abaixo, conheça alguns aplicativos que contribuem para o estudo da música:

iLearnPiano

Disponível para os aparelhos iOS, o app iLearnPiano possui 50 lições de piano. Dessa forma, os amantes desse instrumento poderão aprimorar seus conhecimentos ou até mesmo relembrar conceitos que esqueceram.

Esse app ensina técnicas, possui tutoriais de música e tem um grande conteúdo de teoria musical. No entanto, o conteúdo desse aplicativo está 100% em inglês, ou seja, é preciso conhecer esse idioma para utilizá-lo.

Perfect Piano

Disponível para aparelhos Android e iOS, esse app simula um teclado no smartphone e possui 70 músicas. Dessa forma, o usuário terá várias opções para aprender a tocar.

O Perfect Piano utiliza três modo de teclado: modo de linha única, modo de linha dupla e modo para dois jogadores. É possível ajustar a largura das teclas virtuais e gravar ou reproduzir o que foi tocado.

Real Drum

Disponível para aparelhos Android e iOS, o Real Drum é um app 100% gratuito e possui 60 lições sobre bateria. Com esse aplicativo, é possível aprender a tocar vários ritmos, pois ele possui 24 músicas. Não é preciso ter uma bateria para usar esse app, pois ele simula uma bateria real na tela do smartphone.

Para usar esse app, basta tocar com os dedos na tela do dispositivo e o som será reproduzido na mesma hora. Inclusive, é possível tocar pratos e acrescentar instrumentos de percussão na bateria virtual desse app.

Chromatik

Exclusivo para aparelhos Android, esse aplicativo é ótimo para quem deixou de tocar instrumentos e quer voltar ao velho hábito. O Chromatik tem um catálogo de partituras, tablaturas e cifras para vários instrumentos. Dessa forma, é possível aprender saxofone, piano, violino, flauta, clarinete, entre outros.

Cada música exibe vídeos, letras e uma faixa de referência que sincroniza automaticamente. Com isso, o usuário tem vários recursos para recomeçar seu aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.