ProUni 2021/1: Divulgação da Lista de Espera

Nessa reta final da primeira edição do Programa Universidade para todos, ProUni 2021, muitos estudantes ainda possuem dúvidas de como consultar o resultado e quando sai a lista de espera. Para os candidatos que não foram selecionados nas chamadas regulares essa é a última esperança de conseguir uma bolsa de estudos por esse ProUni.

O ProUni, criado pelo Governo Federal, disponibiliza bolsas de estudos parciais e integrais (50%), em instituições particulares de educação superior aos candidatos aprovados pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para ter acesso à bolsa o estudante deve se enquadrar nos critérios socioeconômicos do programa. O estudante deve comprovar para a bolsa integral renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Quando sai o resultado

O Ministério da Educação chama atenção para o fato de que a inscrição na lista de espera não é automática, diferente do que ocorre na segunda chamada. Portanto, essas vagas estão disponíveis para os candidatos que participaram do processo seletivo Prouni 2021 e que se cadastraram na lista de espera, antes do encerramento do prazo, que foi nesta terça-feira, 2 de março. Essas vagas não serão abertas a novos inscritos.

O resultado da lista de espera está previsto para 5 de março, e as matrículas deverão ser feitas entre os dias 8 e 12.

O estudante deve acessar o sistema todos os dias, até o encerramento do período, para ver se foi contemplado. Como os cursos disponíveis na lista de espera variam em cada edição, os resultados da espera vão sendo divulgados aos poucos, conforme a disponibilidade de vagas.

Como consultar o resultado

O resultado da lista de espera do ProUni 2021/1 deve ser consultado no portal do ProUni na internet. Para fazer a consulta on-line, o candidato deverá informar o número de inscrição e senha do Enem, na página de inscrição do programa.

O resultado da lista de espera também será divulgado pelas instituições participantes, portanto, outra opção é verificar diretamente junto à faculdade na qual o interessado está concorrendo a uma bolsa de estudos pelo programa.

Fique atento! O Ministério da Educação não envia mensagens com informações sobre a classificação do candidato. O pré-aprovado deve ficar alerta ao prazo para a apresentar os documentos exigidos no edital, como comprovantes de renda, identificação pessoal, endereço e escolaridade.

Como funciona a lista de espera do ProUni

A lista de espera do ProUni distribui vagas remanescentes das duas chamadas regulares que ocorrem em cada edição. Excepcionalmente, nesse ano de 2021 por causa da mudança do calendário acadêmico devido à covid-19, haverá três edições do Prouni, em vez de duas. As inscrições serão em janeiro – considerando o desempenho na prova de 2019 -, abril e no segundo semestre – utilizando a nota na prova de 2020, que será divulgada dia 29 de março.

Nessa edição o programa oferece, 162 mil bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todas as unidades federativas. Segundo o Ministério da Educação, desse total, 52.839 bolsas são para cursos na modalidade de educação a distância.

As vagas disponibilizadas na lista de espera são oriundas de candidatos selecionados nas chamadas regulares que não efetuam sua matrícula, seja por perderem os prazos ou por desistência. Essas bolsas que restam são distribuídas aos candidatos que se cadastram na lista de espera.

Para se inscrever do Programa Universidade para Todos, é necessário que o participante tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa e sem a exigência limite de renda.

É preciso também que o estudante tenha feito a edição mais recente do Enem, não tenha tirado zero na redação e tenha alcançado, no mínimo, 450 pontos de média no resultado. Nesta edição extra, a seleção será de acordo com as notas do Enem de 2019, uma vez que as provas do Enem 2020 foram adiadas em razão da pandemia de Covid-19.

Não fui selecionado no ProUni e agora?

Os interessados que ainda não garantiram sua bolsa de estudos, por meio do ProUni, não precisam desistir dos sonhos de uma vaga no curso superior. Muitas instituições disponibilizam bolsas de estudos parciais e integrais aos candidatos que utilizam a nota do Enem no processo seletivo, tal modalidade de seleção é conhecida como ingresso direto.

A bolsa é concedida diretamente pela faculdade ao aluno, sem intermédio de algum programa do governo. A nota mínima do Enem para conseguir uma vaga na maioria dos cursos e conseguir uma bolsa de estudos parcial fica em torno de 300 pontos, menor que a exigida pelo ProUni, e não há requisitos socioeconômicos para aproveitar o benefício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.