Prouni 2021/1: MEC altera critério para seleção das bolsas remanescentes

O Ministério da Educação (MEC) divulgou que haverá mudanças nas regras para seleção das bolsas remanescentes do Programa Universidade Para Todos (ProUni), edição 2021/1. As inscrições para as vagas remanescentes do Prouni 2021/1 serão realizadas entre os dias 03 e 04 de maio. A previsão é de que o resultado seja divulgado no dia 07 do mesmo mês, uma sexta-feira.

A partir desta edição o critério de seleção as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), considerando o número de bolsas disponíveis, assim como já ocorre nas edições regulares do ProUni.

Até a edição passada do programa as vagas eram preenchidas por ordem de inscrição dos candidatos. No entanto, muitos candidatos se sentiam prejudicados por questões relacionadas ao acesso a computador e/ou internet, ou mesmo por quedas do sistema.

Bolsas Remanescentes

Para concorrer a uma das bolsas do ProUni 2021/1 é preciso ter feito qualquer edição do Enem desde 2010, ter obtido nota média igual ou superior a 450 pontos nas provas e nota acima de zero na redação.

É importante atentar-se aos critérios de renda, pois são ofertadas bolsas de 100% para quem possui renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa, e bolsas de 50% para quem possui renda familiar de até 3 salários mínimos por pessoa.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), embora as notas do Enem 2020 não tenham sido utilizadas na seleção regular do Prouni 2021/1, elas poderão ser usadas para preenchimento das bolsas remanescentes.

Maiores informações podem ser obtidas no site do ProUni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.