SISU 2020: como acessar o resultado

As inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020 do primeiro semestre estão abertas desde a terça-feira, dia 21 de janeiro. O prazo para que os candidatos possam se inscrever vai até domingo, 26 de janeiro, e a inscrição é gratuita. O prazo foi prorrogado após ser verificado que houve um erro na correção das provas do Enem 2019 e cerca de 6 mil estudantes tiveram suas notas afetadas.

Quem pode se inscrever no Sisu?

Para participar do programa o estudante deve ter feito as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e não pode ter tirado nota zero na redação. O estudante também não pode ter feito as provas como “treineiro”, ou seja, é preciso ter concluído o ensino médio.

Como fazer a inscrição no SiSU 2020?

As inscrições são feitas diretamente por meio da página do SiSU e permite que os candidatos escolham até duas opções de vagas. Confira as instruções abaixo:

  • Efetuar o cadastro utilizando o número de inscrição e senha do Enem 2019 até as 23h59 do dia 26 de janeiro;
  • Na sequencia é preciso confirmar seus dados. Se tiver alguma informação errada é só alterar e confirmar os novos dados. Com os dados confirmados é hora de começar a inscrição;
  • Como o candidato pode escolher dois cursos, no primeiro momento ele deve pesquisar a primeira opção. Ele pesquisa por cidade e instituição de ensino, além de poder conferir a quantidade de vagas para ampla concorrência e sistema de cotas;
  • Com a escolha do curso feita, é hora do estudante observar as informações sobre as modalidades de concorrência e selecionar em qual deseja concorrer. Os documentos exigidos para a matrícula também devem ser verificados para que o candidato possa providenciá-los até a data de matrícula;
  • O procedimento deve ser repetido para escolher o curso de segunda opção. O estudante tem até o último dia de inscrição para alterar os cursos escolhidos;
  • Acompanhe as notas de corte que são liberadas sempre nas madrugadas

Entenda as notas de corte do SiSU

Através da nota de corte, o candidato que deseja ingressar no ensino superior por meio do Sisu 2020 pode ter uma ideia sobre como está a concorrência por determinada vaga e quais são suas chances de se classificar.

Durante o período de inscrições o sistema exibe as notas de corte para cada vaga, com atualização diária. Ou seja, todos os dias a nota de corte é alterada — só é possível saber o valor final da nota após o encerramento das inscrições.

Resultado e Matrículas

A divulgação do resultado do SISU 2020 está prevista para ocorrer no dia 28 de janeiro. Os candidatos aprovados deverão se matricular entre os dias 29 de janeiro e 4 de fevereiro, na instituição que foi aprovado. Antes da matrícula é necessário conferir todos os documentos exigidos. O Ministério da Educação não informou o horário de divulgação do resultado do Sisu 2020.

Lista de espera

Os candidatos que não forem chamados em nenhuma das duas opções de curso devem manifestar interesse na lista de espera, entre os dias 29 de janeiro e 4 de março. O participante deve escolher entre um dos cursos que selecionou durante a inscrição.

As chamadas das listas de espera são realizadas pelas próprias universidades. Os estudantes devem acompanhar os meios de divulgação das instituições entre os dias 7 de fevereiro e 30 de abril.

Vagas

Este ano o MEC está oferecendo 237.128 vagas em 128 instituições de ensino. O número é maior do que o oferecido no SiSU 2019/1, que teve a oferta de 235.476 vagas.

Quase todas as universidades federais aderiram ao SiSU 2020. Algumas exceções são as federais do Pará (UFPA), Oeste do Pará (UFOPA), de Brasília (UnB) e de Rondônia (Unir). Todos os institutos e centros federais de educação tecnológica também estão no SiSU e algumas universidades estaduais também optaram por participar, como a Universidade de São Paulo (USP). A Unitins resolveu sair do Sisu 2020 nesta quarta-feira, dia 22 de janeiro, alegando problemas com o sistema de inscrições do Sisu 2020.

Cronograma – SiSU 2020

  • Inscrições: 21 a 26 de janeiro de 2020
  • Resultado: 28 de janeiro
  • Matrículas: 29 de janeiro a 4 de fevereiro
  • Inscrição na lista de espera: 29 de janeiro a 4 de fevereiro

O SiSU é a principal forma de ingresso nos cursos superiores de instituições públicas no país e abre inscrições duas vezes por ano. A próxima edição deve acontecer em junho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.