SISU 2020: inscrições não foram suspensas

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou na noite desta quarta-feira, 22 de janeiro, que as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu 2020) não foram suspensas e o sistema segue funcionando normalmente. O comunicado ocorreu após o MPF recomendar que as inscrições do Sisu 2020 fossem suspensas devido ao erro na correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019).

O Sisu é o principal mecanismo de acesso a cursos de instituições públicas de ensino superior. Ele toma como referência a nota obtida pelo aluno no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Em vídeo, divulgado nas redes sociais, Weintraub diz que houve 2,5 milhões de inscrições e 1,3 milhão de estudantes inscritos”. “Isso significa que, já no segundo dia, alcançamos 70% do volume registrado no ano passado. Só para ter uma dimensão”, explicou.

MPF recomenda suspensão

O Ministério Público Federal (MPF) enviou uma recomendação ao Ministério da Educação para que sejam suspensas as inscrições do Sisu 2020. No sábado, o governo informou que participantes do Enem haviam recebido notas erradas. De acordo com o MEC, o problema atingiu 6 mil alunos e que a maior do problema foi concentrado em quatro cidades de Minas e Bahia. Além de destacar a “gravidade e amplitude dos erros”, o texto do MPF ressalta que não foram publicadas informações suficientes sobre a causa das falhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.