UFSC divulga as obras literárias do Vestibular 2023

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou a relação das obras literárias que irão ser cobradas no Vestibular 2023. Além disso, a instituição de ensino universitário também publicou o programa de conteúdos da prova a ser aplicada. O vestibular 2023 da UFSC está previsto para acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro deste ano de 2022.

A UFSC faz a recomendação da leitura integral dos livros obrigatórios para o vestibular 2023. Nesse sentido, será cobrado o desenvolvimento da capacidade de análise e de interpretação dos textos, assim como o reconhecimento de aspectos próprios quanto aos diferentes gêneros da literatura. Veja logo abaixo quais são as obras obrigatórias.

Obras Literárias do Vestibular UFSC 2023

  • Pauliceia Desvairada (poemas) – Mário de Andrade
  • De amor e amizade (crônicas) – Clarice Lispector
  • Negro (Org. Zilma Gesser Nunes) – Cruz e Sousa
  • Boca do Inferno (romance biográfico) – Ana Miranda
  • Fazenda Modelo (novela) – Chico Buarque
  • Ânsia Eterna (contos) – Júlia Lopes de Almeida

Sobre as obras literárias do vestibular 2023 da UFSC

Pauliceia Desvairada, Mário de Andrade

O ano de 2022 está marcado por uma dupla comemoração: o bicentenário da independência do Brasil e o centenário da Semana de Arte Moderna, sendo essa última realizada no Teatro Municipal de São Paulo, no ano de 1922.

O evento e as discussões que se geraram ao longo desses 100 (cem) anos são muito importantes para a compreensão das artes e da modernidade brasileiras.

Publicado no mesmo ano da Semana de 22, “Pauliceia desvairada” é o primeiro livro que foi publicado e assinado por Mário de Andrade com o seu próprio nome. Ou seja, sem pseudônimos.

Crônicas para jovens: De amor e amizade, Clarice Lispector

No ano de 2020, se comemora o centenário do nascimento de Clarice Lispector, uma das escritoras mais emblemáticas da literatura brasileira.

Reconhecida pela crítica pela sua produção narrativa de contornos filosóficos e reflexivos, marcada por fluxos de consciência e pelos monólogos interiores, Lispector desponta como uma das vozes mais singulares da literatura brasileira.

“Crônicas para jovens: de amor e de amizade” é uma edição contemporânea, contando com uma seleção de textos que foi idealizada para o público jovem por Pedro Karp Vasquez, no ano de 2010.

Negro, Cruz e Sousa (Org. Zilma Gesser Nunes)

Atualmente, Cruz e Sousa é um dos escritores catarinenses mais populares, por conta da qualidade artística do seu trabalho.

Somente após a sua morte, ele foi sendo, pouco a pouco, reconhecido pela crítica como o maior expoente do Simbolismo no país, especialmente por seu trabalho com a musicalidade dos versos, com o misticismo e o hermetismo de símbolos e metáforas.

Ao reunir poemas que evocam o que é ser negro na poesia de Cruz e Sousa, a coletânea organizada pela pesquisadora Zilma Gesser Nunes dirime qualquer dúvida, de forma a evidenciar como o poeta esteve engajado durante toda a vida na luta pela abolição da escravidão e contra o racismo no Brasil, um debate ainda muito necessário e atual no país em que vivemos.

Boca do Inferno, Ana Miranda

Dedicado ao amigo Rubem Fonseca, Boca do inferno, de 1989, foi a obra de estreia da escritora Ana Miranda, premiada na ocasião com o seu primeiro Prêmio Jabuti.

Para escrever o romance sobre o grande poeta baiano Gregório de Matos Guerra, a autora apagou fronteiras entre a ficção e a história, o que lhe permitiu traçar um painel do Barroco no Brasil, uma escola artística marcada pela transposição dos campos da política, da religiosidade e, especialmente, da arte.

O resultado dessa intensa pesquisa documental é coroada por um meticuloso tratamento literário, pela recriação tanto do tempo quanto do espaço, assim como da linguagem rebuscada da época.

Fazenda Modelo, Chico Buarque

Vencedor do Prêmio Camões pelo conjunto da sua obra, Chico Buarque, famoso cantor e compositor de música popular brasileira, foi consagrado no ano de 2019 como um dos mais importantes escritores de literatura de língua portuguesa da contemporaneidade.

Buarque é autor de obras em diversos gêneros, dentre as quais se destacam a “Ópera do malandro” (1974), os romances “Budapeste” (2003), “O irmão alemão” (2014), e a peça teatral “Calabar”, em colaboração com Ruy Guerra.

“Fazenda Modelo”, de 1974, elaborada durante o período do “Milagre Econômico” da ditadura civil militar no Brasil, narra as transformações que foram operadas na vida de um grupo de animais em uma fazenda de gado na qual é implementado um projeto de modernização da produção.

Ânsia Eterna, Júlia Lopes de Almeida

Publicada originalmente no ano de 1903, com uma última versão revista pela autora alguns anos mais tarde, em 1938, a coletânea de contos “Ânsia Eterna” é um dos títulos destacados de uma importante escritora brasileira da virada do século XIX para o XX.

Em um tempo em que os meios literários e culturais eram (ainda mais) hegemonizados por homens brancos e das elites, Júlia Lopes de Almeida, republicana e abolicionista, foi uma das mulheres que ocupou um lugar importante nos debates sociais, em especial como colunista nos jornais.

Além disso, Júlia Lopes também foi uma das mentoras da Academia Brasileira de Letras, de cuja fundação seu marido participou.

Vestibular 2023 da UFSC: Programa das Disciplinas

Para além da divulgação das obras literárias que serão cobradas no Vestibular 2023 da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), o programa de disciplinas deste processo de ingresso também já pode ser acessado pelos estudantes interessados.

O documento em questão, cujo título é Programa das Disciplinas – Vestibular UFSC 2023, apresenta a relação dos conteúdos, assim como a lista de habilidades que serão cobradas na prova do vestibular 2023 da universidade.

Parceria com o IFSC

No último dia 15 de março de 2022, a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e o IFSC (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina) começaram as tratativas para fazer uma cooperação técnica, com o principal objetivo de realizar um vestibular unificado com ingresso já a partir do próximo ano. Logo, em breve, os estudantes poderão contar com um vestibular único para as 2 (duas) instituições de ensino superior.

Campus da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (Foto: Reprodução/UFSC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.