enem 2014

Segurança será ainda mais reforçada no Enem 2014



Palavra do Professor


"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!"


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes!"

- Paulo Freire

"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"

- Dave Weinbaum

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância!"

- Sócrates

"Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar!"

- Francis Bacon

A partir de 2014, Enem será elaborado em local com segurança reforçada

19/08/2013

A partir de 2014, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão elaboradas em um local com segurança reforçada. O espaço terá acesso restrito e será construído na nova sede do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Quem ali entrar, passará por um scanner e será monitorado por câmeras.

Além do Enem, serão elaboradas no local as questões do Banco Nacional de Itens, que serve de subsídio para a Revalidação dos Diplomas Médicos (Revalida), a Prova Brasil, o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), entre outras avaliações. O novo ambiente deve evitar vazamentos de questões, como os que ocorreram no Enem em 2009 e 2011.

De acordo com o Inep, serão 988 metros quadrados, divididos em 21 salas com controle de acesso, uma sala de monitoramento, uma sala para a identificação dos usuários e uma sala para escaninhos, onde serão guardados os objetos pessoais daqueles que tiverem acesso ao local.

Na entrada, o usuário é identificado e passa por um scanner, capaz de detectar objetos como pen-drives e CDs. Para entrar em uma das 21 salas, é necessário passar por um leitor biométrico, que irá garantir que a pessoa tem autorização para entrar na área. Cada ambiente terá quatro câmeras para gravação de imagens, que serão gerenciadas por um sistema de monitoramento, com central de comando e controle.

O Inep lançou edital para a contratação da empresa especializada para cuidar da instalação dos equipamentos e adequação do ambiente, bem como do monitoramento e suporte técnico. A sessão está agendada para o dia 17 deste mês. A estimativa é que o ambiente custe R$ 15.276.370,90.

Segundo o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, a estrutura é necessária pelo aumento da adesão aos exames. Só o Enem 2013 tem 7,2 milhões de candidatos - em 2012 foram 5,7 milhões. Ele esclarece que atualmente há segurança para a elaboração das provas, mas falta agilidade. "A vantagem é que poderemos ter equipes trabalhando em paralelo".

Mesmo sem as salas, Costa garante a segurança do Enem 2013. "Hoje a gente não consegue ter uma agilidade maior. Mas não teve nenhuma insegurança", diz. A prova será aplicada nos dias 26 e 27 de outubro. Para reforçar a segurança no deslocamento, neste ano, todos os malotes com provas do Enem vão ter lacre eletrônico, que registram o horário do fechamento do malote na gráfica e o horário em que foi aberto no local de aplicação da prova.

O Enem 2013 teve 7.173.574 inscritos. A prova será nos dias 26 e 27 de outubro. 

Leia mais...

» Informações sobre o Enem
» Edital do Enem 2013
» Informações sobre o SiSU
» Informações sobre o ProUni
» Siga a VestibulandoWeb no Twitter
» Siga a VestibulandoWeb no Facebook

Vestibulando Web - Copyright 1999-2013. Todos os direitos reservados.
Enem 2013

Ponto.Br