Modelo Atômico Atual: Distribuição Eletrônica

Atualizada em: 17/07/2017

Distribuição Eletrônica: Aprenda a fazer o Diagrama de Linus Pauling de forma correta e garanta pontos no vestibular

A distribuição eletronica nos descreve o arranjo dos elétrons em um átomo, fornecendo o número de elétrons em cada nível principal e subnível. Os elétrons preenchem os subníveis em ordem crescente de energia. Um subnível deve estar totalmente preenchido para depois iniciarmos o preenchimento do subnível seguinte.

O cientista Linus Pauling formulou um diagrama que possibilita distribuir os elétrons em ordem crescente de energia dos níveis e subníveis.

Diagrama de Linus Pauling

Diagrama de Linus Pauling

O sentido das flechas indica os subníveis e níveis em ordem crescente de energia.

1. Distribuição Eletrônica em átomos neutros

Para fazermos a distribuição eletrônica de um átomo neutro, devemos conhecer o seu número atômico (Z) e, conseqüentemente, seu número de elétrons e distribuí-los em ordem crescente de energia dos subníveis, segundo o diagrama de Pauling.

Distribuição Eletrônica

A distribuição eletrônica pode ser representada em ordem crescente de energia ou por camadas. Por exemplo:

Distribuição Eletrônica

2. Distribuição Eletrônica em Íons

A distribuição eletronica de íons é semelhante à dos átomos neutros. Lembrando que um íon é formado a partir da perda ou ganho de elétrons que ocorre com um átomo e que os elétrons serão retirados ou recebidos sempre da última camada eletrônica (mais externa), chamada camada de valência, e não do subnível mais energético, teremos, por exemplo, as seguintes distribuições:

Distribuição Eletrônica

Para a distribuição do íon Fe3+, é necessária a retirada de um elétron do subnível d.

Distribuição Eletrônica

Fonte: Professor Paulo César, do site Portal de Estudos em Química (reprodução devidamente autorizada ao portal VestibulandoWeb).

Fique atento às datas e cronogramas do Enem, SiSU e ProUni, pois são curtos os prazos de inscrições. Participe de nossas redes sociais e tenha acesso a vários materiais importantes: FacebookGoogle+ e Twitter. Compartilhe este material.

Recomendamos para você
Comentários