Tecidos musculares

Celulas musculares




Compartilhe a VWP


Questões sobre Tecidos Musculares - Biologia

Celulas musculares

De origem mesodérmica, os tecidos musculares são formados por células altamente especializadas, com função contrátil. O assunto é bastante comum em provas de vestibulares de todo o país e o aluno deve atentar-se a alguns pontos sempre presentes nestas provas: os tipos de tecidos musculares e suas características básicas (forma da célula; presença/ausência de estriações; número e posição do núcleo; tipo de contração; presença/ausência de discos intercalares). Também é interessante que se tenha uma noção sobre o mecanismo contrátil, a organização do sarcômero e o papel do cálcio na contração.

Por fim, leia sobre fibras brancas (de contração rápida e curta duração) e fibras vermelhas (de contração mais lenta e de grande duração), pois, várias questões já apareceram exigindo conhecimento a esse respeito.

Propusemos várias questões envolvendo esses tópicos relacionados a celulas musculares. Bons estudos e sucesso nas provas!

 

 

01)  (UFOP-JUNHO/2009) Sobre as células do tecido muscular esquelético, indique a alternativa incorreta.

a) Possuem filamentos finos de actina ancorados à linha Z.
b) Regulam a contração por meio do controle da liberação de cálcio do retículo sarcoplasmático.
c) São cilíndricas e bem alongadas.
d) Contêm um único núcleo central.


02) (PISM - UFJF/2008) Na natureza, alguns animais podem sofrer auto-amputação de uma parte do corpo para escapar do perigo, como as lagartixas, que possuem um mecanismo de perder a cauda (autotomia caudal). Quando elas fazem isso, o pedaço da cauda solto fica se mexendo de um lado para o outro por alguns segundos e esse movimento atrai a atenção do predador (Revista Ciência Hoje das Crianças 162 - outubro de 2005). Considerando que a musculatura da cauda é estriada esquelética, formada por fibras brancas conhecidas também como rápidas, glicolíticas ou do tipo II, é INCORRETO afirmar que:

a) essas fibras são também chamadas de brancas por terem pouca ou nenhuma mioglobina.
b) as fibras brancas são pobres em mitocôndrias e estão adaptadas a contrações bruscas e potentes.
c) as fibras brancas atingem a capacidade máxima de contração mais rapidamente e com mais força que as vermelhas, embora a atividade seja mantida por tempo mais curto.
d) as fibras musculares brancas obtêm energia para contração quase que exclusivamente por fermentação, a partir de glicose e glicogênio.
e) as fibras brancas são ricas em mioglobina e mitocôndrias e estão adaptadas a movimentos lentos e duradouros.


03)  (UFC/2006) A liberação  dos  íons  cálcio  e  magnésio  no  processo  de  contração  de  uma  fibra  muscular  estriada  esquelética envolve diversos componentes celulares, exceto o:

a) lisossomo.
b) retículo endoplasmático.
c) sarcoplasma.
d) sistema T.
e) retículo sarcoplasmático.


04) (PUC-MG/2007) Observe o esquema, que representa células do tecido muscular estriado cardíaco humano.
Tecidos Musculares Celulas musculares
Sobre esse assunto, assinale a afirmativa INCORRETA.

a) A contração dessa musculatura, em condições normais, depende de um sistema próprio gerador de impulsos.
b) As células musculares cardíacas apresentam, em seu citoplasma, actinas, miosinas e mioglobinas.
c) As células musculares cardíacas podem realizar contração, mesmo sem estímulos do sistema nervoso central.
d) As células musculares cardíacas apresentam intenso consumo de oxigênio que é recebido diretamente do sangue contido nos átrios e nos ventrículos.


05) (UFPI/2003) As células musculares são diferentes das células nervosas porque:

a) contêm genes diferentes.
b) possuem maior número de genes.
c) usam códigos genéticos diferentes.
d) possuem menor número de genes.
e) expressam genes diferentes.


06) (UFTM/2007)  Na final do campeonato de atletismo, João sagrou-se campeão na modalidade salto com vara, enquanto Pedro venceu na modalidade maratona. Para realizar o trabalho muscular requerido na final de cada uma dessas provas, a musculatura esquelética dos atletas precisou contar com certo aporte de energia. Basicamente, quatro diferentes processos poderiam fornecer a energia necessária para o trabalho muscular desses atletas durante as provas:

I. reserva celular de ATP;
II. reserva celular de fosfocreatina;
III. reserva celular de glicogênio;
IV. formação de ATP pela respiração aeróbica.

Pode-se dizer que, do início ao final da prova, na musculatura esquelética de

a) João e na musculatura esquelética de Pedro, a obtenção de energia deu-se pelo processo I, apenas.
b) João e na musculatura esquelética de Pedro, a obtenção de energia deu-se pelo processo IV, apenas.
c) João, a obtenção de energia deu-se predominantemente pelos processos I e II, enquanto na musculatura esquelética de Pedro, deu-se predominantemente pelo processo IV.
d) ambos os atletas, a obtenção de energia deu-se por todos os processos, predominando, em ambos os casos, o processo IV.
e) ambos os atletas, a obtenção de energia deu-se por todos os processos, predominando, no caso de João, o processo III e, no caso de Pedro, o processo IV.


07) (FGV/2007) Paulo não é vegetariano, mas recusa-se a comer carne vermelha. Do frango, come apenas o peito e recusa a coxa, que alega ser carne vermelha. Para fundamentar ainda mais sua opção, Paulo procurou saber no que difere a carne do peito da carne da coxa do frango. Verificou que a carne do peito

a) é formada por fibras musculares de contração lenta, pobres em hemoglobina. Já a carne da coxa do frango é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mitocôndrias e mioglobina. A associação da mioglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.
b) é formada por fibras musculares de contração rápida, pobres em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e mioglobina. A associação da mioglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.
c) é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e hemoglobina. A associação da hemoglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.
d) é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e hemoglobina. A associação da hemoglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura. Já a mioglobina, que não contém ferro, confere à carne do peito do frango uma coloração pálida.
e) e a carne da coxa não diferem na composição de fibras musculares: em ambas, predominam as fibras de contração lenta, pobres em mioglobina. Contudo, por se tratar de uma ave doméstica e criada sob confinamento, a musculatura peitoral, que dá suporte ao vôo, não é exercitada. Deste modo recebe menor aporte sanguíneo e apresenta-se de coloração mais clara.


08) (UFV/2002) Preocupados com a boa forma física, os freqüentadores de uma academia de ginástica discutiam sobre alguns aspectos da musculatura corporal. Nessa discussão, as seguintes afirmativas foram feitas:

I - O tecido muscular estriado esquelético constitui a maior parte da musculatura do corpo humano.
II - O tecido muscular liso é responsável direto pelo desenvolvimento dos glúteos e coxas.
III - O tecido muscular estriado cardíaco, por ser de contração involuntária, não se altera com o uso de esteróides anabolizantes.

Analisando as afirmativas, pode-se afirmar que:
a) apenas II e III estão corretas.
b) apenas I está correta.
c) apenas II está correta.
d) I, II e III estão corretas.
e) apenas I e II estão corretas.

 

09) (UFRGS/2005) Considere as afirmações a seguir sobre o tecido muscular esquelético.

I. Para que ocorra contração muscular, há necessidade de uma ação conjunta dos íons cálcio e da energia liberada pelo ATP, o que promove um deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina na fibra muscular.
II. Exercícios físicos promovem um aumento no volume dos miócitos da musculatura esquelética, através da produção de novas miofibrilas.
III. Em caso de fadiga muscular, parte do ácido lático produzido através da fermentação lática passa para a corrente sangüínea e é convertida em aminoácidos pelo fígado.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e II.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.


10) (PUC-RJ/2004) Dentre os tecidos animais, há um tecido cuja evolução foi fundamental para o sucesso evolutivo dos seres heterotróficos.
Aponte a opção que indica corretamente tanto o tipo de tecido em questão como a justificativa de sua importância.

a) Tecido epitelial queratinizado - permitiu facilitar a desidratação ao impermeabilizar a pele dos animais.
b) Tecido conjuntivo ósseo - permitiu a formação de carapaças externas protetoras para todos os animais, por ser um tecido rígido.
c) Tecido muscular - permitiu a locomoção eficiente para a predação e fuga, por ser um tecido contrátil.
d) Tecido nervoso - permitiu coordenar as diferentes partes do corpo dos animais, por ser um tecido de ação lenta.
e) Tecido conjuntivo sangüíneo - permitiu o transporte de substâncias dentro do corpo do animal, por ser um tecido rico em fibras colágenas e elásticas.


11) (PISM-UFJF/2002) O tradicional bife de carne de boi é constituído por:
a) tecido muscular liso, que se caracteriza por apresentar contrações involuntárias.
b) tecido muscular estriado fibroso, que se caracteriza por apresentar contração involuntária.
c) tecido muscular liso, que se caracteriza por apresentar contrações constantes e vigorosas.
d) tecido muscular estriado, caracterizado por apresentar contrações peristálticas reguladas pelo cálcio.
e) tecido muscular estriado esquelético, que se caracteriza por realizar contrações voluntárias.


12) (UFAC/2008)  As células desse tecido tem origem mesodérmica, mostra diversas estriações ao microscópio óptico, suas células tem aspecto de fibras e um aglomerado dessas fibras forma um feixe que é envolvido por uma bainha de tecido conjuntivo. As células organizam-se formando um sincício que permite a rápida resposta a estímulos." A descrição refere-se a (ao):

a) tecido epitelial, de fato sua origem é mesodérmica.
b) tecido adiposo e a organização em sincício é sua característica marcante.
c) tecido muscular esquelético já que as fibras organizam-se formando feixes.
d) tecido muscular liso, porque suas células são envolvidas por tecido conjuntivo.
e) tecido conjuntivo, dado que ao microscópio óptico suas células mostram um padrão estriado.


QUESTÕES DISCURSIVAS

13) (UNICAMP/2007) As pessoas são incentivadas a praticar atividades físicas visando uma vida saudável.  Especialistas em fisiologia do exercício determinaram a percentagem de fibras do tipo I e do tipo II encontradas em músculos estriados esqueléticos de quatro grupos de pessoas: atletas maratonistas(*), atletas velocistas(**), pessoas sedentárias e pessoas com atividade física moderada. Os resultados desse estudo são mostrados na figura abaixo.

Tecidos Musculares | Celulas Musculares
(*) corredores de longas distâncias
(**) corredores de curtas distâncias (ex.: 100 metros)

TABELA

Fibra muscular tipo I

Fibra muscular tipo II

Contração lenta

Contração rápida

Metabolismo aeróbico

Metabolismo anaeróbico

Alta densidade de mitocôndrias

Baixa densidade de mitocôndrias

(Figura e tabela adaptadas de Fox, E.L; Mathews, D.K. Bases Fisiológicas da Educação Física e dos Desportos.Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1986, p. 72-74)  

a) Analise as informações da tabela e indique, entre os quatro grupos de pessoas (A, B, C ou D), mostrados na figura, qual grupo corresponde aos maratonistas e qual grupo corresponde aos velocistas. Justifique.


b) Se os dois grupos de atletas não fizerem  um treinamento adequado, pode ocorrer nesses atletas dor muscular intensa durante ou após uma competição. A que se deve essa dor muscular? Explique.


14) (PISM-UFJF)
Tecidos Musculares | Celulas muscularesObserve a figura ao lado e identifique o tipo de músculo encontrado em A e B:

Observe a figura ao lado e identifique o tipo de músculo encontrado em A e B:

1. ____________________________

2. ____________________________

 

b) Considerando o processo de respiração celular realizado pela célula muscular presente em A, analise a afirmativa abaixo. Você concorda com ela? Justifique sua resposta.

Um corredor que irá participar de uma competição de longa distância (10.000 metros) deve começar a corrida com o mesmo ritmo de um outro que irá correr numa prova de curta distância (100 metros).

 

c) Com referência ao tipo de músculo identificado em B, qual a sua relação com o peristaltismo do esôfago, estômago e intestino? Quais as conseqüências dessa relação no processo digestivo?

 



15) (UNICAMP/2001) Ciência ajuda natação a evoluir. Com esse título, uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo sobre os jogos olímpicos (18/09/00) informa que: “Os técnicos brasileiros cobiçam a estrutura dos australianos: a comissão médica tem 6 fisioterapeutas, nenhum atleta deixa a piscina sem levar um furo na orelha para o teste do lactato e a Olimpíada virou um laboratório para estudos biomecânicos — tudo o que é filmado em baixo da água vira análise de movimento”.

a) O teste utilizado avalia a quantidade de ácido láctico nos atletas após um período de exercícios. Por que se forma o ácido láctico após exercício intenso?


b) O movimento é a principal função do músculo estriado esquelético. Explique o mecanismo de contração da fibra muscular estriada.

 

 

GABARITO

01 - D; 02 - E. 03 - A; 04 - D; 05 - E; 06 - C; 07 - B; 08 - B; 09 - C; 10 - C; 11 - E; 12 - C


QUESTÕES DISCURSIVAS

13)

a) Os maratonistas estão representados pelo grupo C,  pois em corridas de longas distâncias a alta densidade de mitocôndrias e o metabolismo aeróbico são requisitos mais importantes. Já os velocistas estão representados pelo grupo A, pois, para corridas de curta distância as fibras do tipo II, de contração rápida e metabolismo anaeróbico são mais frequentes.
b) Essa dor muscular é devida ao acúmulo de ácido lático, produzido pela intensa atividade anaeróbica das fibras musculares.

 

14)
a)
A: Tecido muscular estriado esquelético
B: Tecido muscular liso

b) Não, pois, a musculatura pode não dispor de um suprimento adequado de oxigênio para promover a oxidação da matéria orgânica fornecedora de energia para a ocorrência da contração muscular. Logo, se o ritmo do corredor de longa distância for muito intenso desde o início, a fermentação lática logo se inicia, provocando a fadiga muscular ou cãibra. Desta forma, ele deve acelerar apenas no final da corrida.

c) A musculatura lisa presente nesses órgãos é responsável pelos movimentos peristálticos; tais movimentos, involuntários, são responsáveis pelo deslocamento do alimento ao longo do tubo digestivo.

 

15)
a) Durante exercício intenso, o elevado consumo de oxigênio leva a uma menor disponibilidade desse gás nos músculos. Parte da energia, nessas condições, é obtida pelo processo anaeróbio da fermentação láctica. O ácido láctico, portanto, é um subproduto desse mecanismo.

b) A unidade de contração, na célula muscular, é o sarcômero, no qual existem as proteínas actina e miosina. Durante a contração, as fibras de actina deslizam sobre as de miosina, encurtando o sarcômero. Esse processo é dependente de íons cálcio e de moléculas de ATP.

Leia mais...

» Biocombustíveis é tema forte para provas de vestibular
» Compreenda a Organização Celular
» Questões resolvidas sobre Especiação.
» Questões resolvidas sobre Sistema Digestivo.
» Prova resolvida de Biologia da Unicamp 2010
» Compreenda funcionamento das Pílulas Anticoncepcionais

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.
- Tecidos musculares | Celulas musculares

Ponto.Br