Questões comentadas sobre Sistema Excretor


01) (Unicamp/2019)  Recentemente, inúmeros casos de doping esportivo foram noticiados, como, por exemplo, aqueles envolvendo a delegação russa nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Um dos métodos mais utilizados no exame antidoping é a coleta e análise da urina de atletas, para verificação da presença de medicamentos proibidos. O composto furosemida foi banido pela Agência Mundial Antidoping. Sua principal ação é reduzir a reabsorção de sódio e cloro a partir da alça do néfron (alça de Henle) em direção aos vasos sanguíneos adjacentes.

Considerando essas informações e os conhecimentos sobre a fisiologia renal e a excreção em seres humanos, é correto afirmar que a furosemida
A) diminui a produção de urina, impedindo que medicamentos proibidos sejam eliminados nas amostras a serem analisadas nos testes antidoping.
B) diminui a produção de amônia, mas aumenta a eliminação de medicamentos pelo rim, resultando em diluição das amostras analisadas nos testes antidoping.
C) aumenta a produção de urina, resultando na diminuição da concentração de medicamentos nas amostras, o que dificulta sua detecção nos testes antidoping.
D) aumenta a produção de ureia, o que resulta na diluição das amostras a serem analisadas nos testes antidoping e na diminuição da concentração dos medicamentos.

02) (CESMAC/2016.2)  Considerando a aproximação das Olimpíadas no Rio de Janeiro, as comissões antidoping têm alertado aos atletas sobre o uso de substâncias proibidas que podem alterar o seu desempenho de forma artificial.
Dentre essas, estão os diuréticos que, em geral, provocam aumento
A) da pressão sanguínea.
B) da absorção de sódio.
C) do líquido extracelular.
D) da absorção de potássio.
E) do volume e do fluxo urinário.

03) (CESMAC/2016)  O consumo de álcool afeta a coordenação motora e está associado ao aumento no número de acidentes nas estradas brasileiras. Além disso, a ingestão excessiva de álcool provoca no indivíduo:
A) maior eliminação de urina.
B) maior reabsorção de água.
C) diminuição da sudorese.
D) aumento de sais na urina.
E) diminuição da diurese.

04) (FACISB/2014) A figura representa a organização anatômica do sistema urinário humano.

O caminho percorrido por um cálculo renal expelido, desde sua formação no néfron até o exterior do sistema urinário, é
A) duto coletor → bexiga → ureter → uretra.
B) duto coletor → ureter → bexiga → uretra.
C) uretra → duto coletor → bexiga → ureter.
D) duto coletor → bexiga → uretra → ureter.
E) ureter → bexiga → duto coletor → uretra.

LEIA TAMBÉM  Questões sobre Viroses: Dengue, Aids, Chikungunya, Zika

05) (UFRGS/2020) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre a função renal e a manutenção do equilíbrio hídrico nos seres humanos.
( ) O sangue chega no glomérulo para ser filtrado através da arteríola aferente.
( ) A taxa de filtração glomerular é mantida por um mecanismo autorregulatório que contrai as arteríolas aferentes quando a pressão sanguínea diminui.
( ) A reabsorção de sódio nos rins é controlada pelos hormônios aldosterona e angiotensina.
( ) O hormônio antidiurético (ADH) é liberado pelas glândulas suprarrenais e aumenta a permeabilidade à água da membrana das células dos glomérulos.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
A) V – V – F – V.
B) V – F – V – F.
C) F – F – V – F.
D) F – V – V – F.
E) F – V – F – V.

06) (Enem/2019) O “The Kidney Project” é um projeto realizado por cientistas que pretendem desenvolver um rim biônico que executará a maioria das funções biológicas do órgão. O rim biônico possuirá duas partes que incorporam recentes avanços de nanotecnologia, filtração de membrana e biologia celular. Esse projeto significará uma grande melhoria na qualidade de vida para aquelas pessoas que dependem da hemodiálise para sobrevivência.

Disponível em: https://pharm.ucsf.edu. Acesso em: 26 abr. 2019 (adaptado).

O dispositivo criado promoverá diretamente a

A) remoção de ureia.
B) excreção de lipídios.
C) síntese de vasopressina.
D) transformação de amônia.
E) fabricação de aldosterona.
07) (UFTM/2011.2) Analise a figura, que representa um néfron humano. Essa unidade é extremamente importante para filtrar o sangue e garantir a homeostase, ou seja, a manutenção do equilíbrio interno.

Foram feitas algumas afirmações a respeito da fisiologia renal.
I. O vaso sanguíneo, representado em vermelho, leva sangue rico em ureia e gás oxigênio para o néfron.
II. Algumas substâncias do sangue passam para o interior do néfron, na região do glomérulo, processo denominado filtração glomerular.
III. Todas as substâncias que entram no néfron irão compor a urina, que será eliminada pelo tubo coletor.
IV. O vaso sanguíneo, representado em azul, transporta o sangue arterial, pobre em ureia, ou seja, segue “limpo” novamente para a circulação.
Está correto apenas o que se afirma em
A) I.
B) I e II.
C) II e III.
D) III e IV.
E) I, III e IV.

LEIA TAMBÉM  Questão Discursiva da UERJ 2019 sobre Relações Ecológicas

08) (Mackenzie/2019-2) Dentro de cada rim humano, há cerca de um milhão de néfrons, consideradas as principais estruturas filtradoras de sangue do corpo humano. O esquema abaixo mostra de forma sucinta as principais partes de um único néfron.

É correto afirmar que em
A) 1 ocorre o processo de filtração glomerular, em que moléculas de grande peso molecular se deslocam, por difusão, dos capilares sanguíneos para o interior da cápsula renal (ou néfrica).
B) 2 se desloca o filtrado glomerular, cuja concentração é superior à concentração da urina, que se forma no final do processo.

C) 3 se desloca o filtrado glomerular que, à medida que se desloca pelo restante dos túbulos renais, vai adquirindo menores quantidades de ureia e ácido úrico.
D) 4, 5 e no tubo coletor, ocorre ação do hormônio antidiurético (ADH), responsável pelo aumento do processo de reabsorção passiva de água.
E) 5 ocorre reabsorção passiva de glicose, aminoácidos e sais minerais contidos no interior do filtrado glomerular.

09) (Enem/2016) Portadores de diabetes insipidus reclamam da confusão feita pelos profissionais da saúde quanto aos dois tipos de diabetes: mellitus e insipidus. Enquanto o primeiro tipo está associado aos níveis ou à ação da insulina, o segundo não está ligado à deficiência desse hormônio. O diabetes insipidus é caracterizado por um distúrbio na produção ou no funcionamento do hormônio antidiurético (na sigla em inglês, ADH), secretado pela neuro-hipófise para controlar a reabsorção de água pelos túbulos renais.

Tendo em vista o papel funcional do ADH, qual é um sintoma clássico de um paciente acometido por diabetes insipidus?
A) Alta taxa de glicose no sangue.
B) Aumento da pressão arterial.
C) Ganho de massa corporal.
D) Anemia crônica.
E) Desidratação.

Resolução das Questões sobre Sistema Excretor

01) Ao reduzir a reabsorção de íons Na+ nos túbulos renais, a furosemida interfere na reabsorção de água, reduzindo-a. Dessa forma, mais água permanece nos túbulos renais, levando a uma maior eliminação de urina, o que diminui a concentração de medicamentos nas amostras coletas dos atletas, dificultando a identificação nos testes antidoping.
Resp.: C

LEIA TAMBÉM  Questões sobre Platelmintos

02) Os diuréticos atuam reduzindo a reabsorção de água nos túbulos renais, fazendo com que a pessoa urine mais e com maior frequência.
Resp.: E

03) O álcool é inibidor da secreção do hormônio ADH (antidiurético). Dessa forma, ocorre menor reabsorção de água nos néfrons, ocasionando maior volume de urina.
Resp.: A

04) Os néfrons são as unidades de filtração, presentes no interior dos rins. Ao se desprender de um néfron, o cálculo descerá pelo duto coletor, passará pelos ureteres até chegar à bexiga urinária de onde, pela uretra, será eliminado.
Resp.: B

05)
( V )
( F ) O mecanismo autorregulatório que ocorre é na reabsorção renal. Quando a pressão arterial diminui (ou se a concentração de Na+ no sangue reduz), os rins liberam a enzima renina, que atua sobre o angiotensinogênio, transformando-o em angiotensina. Esse peptídio provoca redução do calibre dos vasos sanguíneos, aumentando a pressão arterial. Ocorre estímulo à produção de aldosterona que, por sua vez, estimula a reabsorção de Na+ nos túbulos renais.
( V )
( F ) O hormônio antidiurético (ADH) é produzido no hipotálamo e eliminado pela neuroipófise.
Resp.: B

06) Dentre as  funções desempenhadas pelo rim está a eliminação de ureia, um composto nitrogenado (tóxico) produzido a partir da metabolização de aminoácidos.
Resp.: A

07)
I: Correta.
II: Correta.
III: Falsa. Apenas cerca de 1% do material que chega ao interior do néfron comporá a urina; o restante será reabsorvido para a corrente sanguínea.
IV: Errada. O material reabsorvido no néfron volta para os capilares peritubulares (arteríola eferente), onde o sangue é do tipo venoso. Daí, o sangue segue para as veias arqueadas e, finalmente, para as veias renais.
Resp.: B

08) O hormônio antidiurético (ADH), também chamado de vasopressina, atua no túbulo contornado distal (indicado por 4 na figura) e no tubo coletor (indicado por 5 na figura), estimulando a reabsorção de água, o que reduz o volume de urina.
Resp.: D

09) No diabetes insipidus, devido a uma menor secreção do hormônio ADH, a pessoa passa a apresentar uma poliúria (aumento do volume de urina), o que pode ocasionar uma desidratação.
Resp.: E

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *