Vai começar a faculdade? Veja 6 dicas para juntar dinheiro

No último ano do ensino médio a preocupação com o futuro profissional é uma parte muito importante, que vai desde os vestibulares como o Enem, até as economias para cursar uma faculdade. Você vai começar a faculdade? Então veja aqui neste artigo 6 dicas que podem te ajudar a juntar dinheiro e passar por essa nova fase.

Dicas para juntar dinheiro para faculdade

Planejamento financeiro

O planejamento é o principal ponto a ser abordado na educação financeira, seja para controlar gastos ou melhorar as economias. Antes de se preocupar apenas com o dinheiro que deve ter, é preciso planejar quais as possíveis despesas que você terá no dia a dia com a faculdade, por exemplo: mensalidade, transporte, lanches, orçamento para atividades, entre outros.

Depois de analisar as possibilidades, você deve elaborar uma planilha com os gastos mensais estimados, para que tenha em mente quais os gastos excessivos e desnecessários que podem ser cortados do seu orçamento.

Vai começar a faculdade? Veja 6 dicas para juntar dinheiro

Inicie a vida profissional entes de se matricular na faculdade

Estudar requer muito esforço e dedicação, mas um dos pontos que podem ajudá-lo a juntar dinheiro para faculdade é começar a trabalhar antes de iniciar o seu curso superior.

Então é bom que já prepare o seu curriculo para primeiro emprego e procure por vagas como jovem aprendiz em empresas relacionadas a área em que deseja atuar profissionalmente, a fim de vivenciar a rotina de perto, adquirir experiência e ainda ganhar dinheiro para juntar suas economias.

Multiplique seu dinheiro

Não basta apenas receber um salário e ter dinheiro para pagar contas, caso não haja educação financeira em sua vida, será praticamente impossível juntar dinheiro.

É preciso aprender a juntar e multiplicar o valor que recebe para poder arcar com as despesas futuras da faculdade.

As planilhas de gastos, como mencionado anteriormente, também deve ser realizada para as despesas essenciais mensais, ou seja, aquelas que não pode deixar de pagar, como exemplo, contas de luz, mercado, entre outros.

Procure definir um orçamento e siga o mesmo, cortando as despesas desnecessárias e guardando o restante do dinheiro em sua conta poupança, a qual além de ser uma reserva, pode render em pouco tempo.

Solicite ajuda de alguém da sua família

Em toda família há uma pessoa que dá presentes em datas comemorativas como o natal, festa de aniversário e outras. Que tal pedir a ela que ajude contribuindo para o seu fundo de economias para faculdade? Desse modo, você ajuda a evitar o tempo gasto na procura de presentes e contribui para sua educação.

Venda itens que não utiliza mais

Sabe aqueles itens que só foram utilizados uma vez ou que você comprou, mas acabou não usando? Que tal fazer um bazar e colocá-los à venda?

Separe um final de semana para fazer o levantamento de objetos, roupas, coleções de CD e outros que possam servir para essa finalidade.

Faça pesquisas sobre possíveis descontos ou bolsas de estudo integrais

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é o vestibular mais esperado do ano, através dele muitos jovens e adultos conseguem bolsas integrais ou parciais em diversas instituições de ensino ao redor do país.

Ao realizar o exame você pode usar sua nota para conseguir um ótimo desconto ou o custeio completo de sua bolsa de estudos nas faculdades participantes.

O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) oferecido pelo Governo, também é uma ótima opção para ajudá-lo a realizar o curso de seus sonhos, pois você só ira ter que se preocupar com o pagamento das mensalidades depois de concluir a faculdade.

Gostou da nossa dica? Então siga com a gente, em breve traremos muito mais artigos de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.