Reaplicação do Enem 2021: primeiro dia ocorre neste domingo (9)

Começa neste domingo (9) o primeiro dia de reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, para mais de 340 mil estudantes em todo o país. As provas serão aplicadas nos dois próximos domingos, dias 9 e 16 de janeiro, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O exame é destinado aos 6.986 alunos que estavam inscritos no Enem regular, mas foram prejudicados de alguma forma no dia da prova e não conseguiram comparecer. Nestas mesmas datas, também fazem o exame 280.146 participantes que se inscreveram após nova oportunidade, isentos da taxa de inscrição que faltaram ao Enem 2020, e para as 54.231 Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) 2021.

Neste primeiro dia (9), os inscritos farão provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, assim como de Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação. Os portões dos locais de aplicação serão abertos às 12h e fechados às 13h. As provas começam às 13h30. Já o término da aplicação regular será às 19h. Participantes que tiveram as solicitações de atendimentos especializados aprovadas, previstas no edital do Enem 2021, poderão finalizar as provas após esse horário.

Os resultados dos pedidos de reaplicação estão disponíveis na Página do Participante, onde também é possível acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição. Entre outras informações, o cartão contém número de inscrição, data, hora e locais de prova do Enem 2021, além de registrar que o inscrito deverá contar com determinado atendimento especializado, assim como tratamento pelo nome social. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda levar o cartão nos dias de prova.

Reaplicação – O Enem 2021 (impresso e digital) ocorreu nos dias 21 e 28 de novembro. No entanto, as regras do exame preveem a oportunidade de pedir a reaplicação em determinados casos. A oportunidade é destinada, por exemplo, a quem não compareceu por estar com sintomas de doenças infectocontagiosas previstas nos editais. Pessoas afetadas por problemas logísticos, de infraestrutura, ou por outras ocorrências específicas durante as provas também puderam pedir para realizar o exame em nova data.

Página do Participante – Para conferir o resultado do pedido de reaplicação e para ter acesso ao Cartão de Confirmação de Inscrição é necessário entrar na Página do Participante do Enem 2021. Para isso, é preciso utilizar o login único da plataforma gov.br. Caso o interessado não lembre a senha da conta cadastrada, é possível recuperá-la.

Recuperação de senha – Para recuperar a chave eletrônica, basta acessar a página acesso.gov.br, digitar o CPF para fazer a verificação e clicar em “Avançar”. Em seguida, é só clicar em “Esqueci minha senha”. Existem diversas formas de recuperar a conta: por meio do aplicativo Meu gov.br, de bancos credenciados, do Internet Banking de bancos conveniados, por e-mail ou por mensagem de texto (SMS). O participante deve selecionar uma das opções para gerar uma nova senha para sua conta.

Login único – O acesso único ao gov.br faz parte do processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. É necessário se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços prestados. O cadastro garante maior segurança e transparência na utilização dos sistemas.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Inep.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.