Como analisar as melhores ações para investir a longo prazo

Hoje em dia, encontramos no mundo inteiro uma economia que se demonstra de forma dinâmica, com muita participação das pessoas, logo, o investimento em ações se tornou uma opção acessível e atrativa. Veja algumas dicas para você analisar as melhores ações para investir a longo prazo.

Esses ativos costumam ser um bom complemento no futuro, em sua aposentadoria por exemplo. Contudo, para fazer parte desse mercado é necessário estudar bastante a fim de requerer conhecimentos específicos e primordiais para escolher as melhores ações para investir.

Mas não há motivos para se desesperar, pois ninguém nasce sabendo ou descobre tudo do dia para a noite. Assim como o próprio investimento, o conhecimento referente a este assunto se constrói ao longo do tempo, com muita dedicação.

Inclusive, algo que precisamos ressaltar é que com os investimentos em ações você não enriquece do dia para a noite. Esse processo costuma ser longo, até mesmo para você se adaptar a essa realidade e para entender melhor sobre o seu funcionamento.

Pensando nisso, hoje separamos algumas informações voltadas para ajudar pessoas que almejam entrar nesse universo, porém com uma estratégia a longo prazo.

Do que se trata as ações a longo prazo?

É inegável como o ano de 2020 foi bastante instável, principalmente pelo advento da pandemia do novo corona vírus, o que acabou tornando as ações a longo prazo uma alternativa ideal, visto que ainda não temos previsão de uma volta a estabilidade.

Diversas pessoas ainda tratam o mercado de investimento em ações como um processo acelerado, contudo, não precisa acontecer dessa forma. Quem investe a longo prazo não tem o costume de vender as suas ações de imediato.

Esse investidor a longo prazo mantém-se por um bom tempo como sócio de empresas, então por isso falamos que essa ação é a longo prazo.

A estratégia a longo prazo é o oposto da conhecida como “day trade”, que funciona exatamente ao contrário: o investidor vende as suas ações de forma diária, para obter lucros de maneira mais rápida, com base na volatilidade encontrada no valor dos papéis.

Além do day trade, temos também o “swing trade”, que é o investimento a médio prazo, estratégia essa considerada como uma negociação oscilante.

O foco do swing trade é investir em tudo aquilo que está em alta no mercado, cujo lucro está na performance das ações, nos contratos futuros ou nos ativos da Bolsa.

Ao investir a longo prazo, você optará por seguir a estratégia “buy and hold”, que se traduzida para a nossa língua, entendemos como “comprar e manter”. Isto é, o próprio nome já nos traz uma ideia de como funciona.

Dessa maneira, no buy and hold, o investidor mantém as suas ações e aposta em opções mais sólidas para investimento por muito tempo (inclusive, anos).

Como escolher as melhores ações a longo prazo?

Sabemos que o momento de investir pode ser assustador, principalmente se você for iniciante nesse ramo, porém resolvemos te ajudar, separando algumas dicas importantíssimas para esse passo tão crucial na sua vida.

– Procure antecipar as flutuações de mercado: todo investidor que segue a ideia de buy and hold deve procurar conhecer melhor quais são as melhores estratégias sobre como antecipar as flutuações do mercado, ou seja, você vai observar (distanciado, claro) os movimentos feitos com base na valorização e na desvalorização.

– Compreenda acerca dos momentos de compra e venda: as ações apresentam valores determinados a partir dos preços tanto de compra como de venda.

Então, o investidor a longo prazo precisa observar esses valores com uma certa cautela, até para buscar ações de seu período com menor valor para, no futuro, vender em seu máximo valor.

– Seja seletivo, a longo prazo: se você é um investidor a longo, é necessário ser seletivo, então essa será a sua habilidade de verificar de que forma se comportam as empresas, prevendo se elas terão ou não o crescimento constante no futuro, ou seja, se a valorização das suas ações será ou não garantida.

Claro que essa será a sua opinião pessoal, com base nos estudos e na observação, por isso é importante ver de longe. Sim, o investidor a longo prazo tem esse perfil contencioso mesmo, a fim de não ter maiores surpresas no futuro.

– Faça uma análise ampla do mercado: como falamos acima, o investidor a longo prazo é cauteloso, e cautela anda junto com a análise.

A sua análise do mercado deve ocorrer de forma fria, a fim de tomar decisões que não levem em conta a emoção, e sim a razão. Por isso que você vai conhecer a fundo a empresa que almeja investir, conferir todas as informações com muita paciência, a fim de não ter surpresas negativas a longo prazo.

Na sua análise de mercado, confira o preço das ações, se elas estão abaixo do valor que deveria. Com isso, as suas decisões serão mais sábias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.