CAPES amplia sistema de pós-graduação em 2020


Responsável por financiar um em cada três estudantes de pós-graduação stricto sensu no Brasil, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), alcançou diversas conquistas em 2020, mesmo com a crise sanitária provocada pela pandemia da COVID-19. Hoje, a Fundação tem 99,6 mil bolsistas no país e no exterior.

Um dos marcos deste ano foi a implementação do modelo inédito de concessão de bolsas no país, que aumentou o número de benefícios em 41% dos cursos. A medida adicionou 3.386 bolsas nos mestrados e doutorados.

A CAPES também financiou o trabalho de 3.300 pesquisadores em universidades ou centros de pesquisas estrangeiros. Além disso, o Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) stricto sensu teve um acréscimo de 164 novos cursos de mestrado e doutorado.

Embora a pandemia tenha provocado o fechamento de aeroportos e fronteiras e a suspensão temporária de atividades acadêmicas em muitas instituições brasileiras e estrangeiras, a Fundação adotou uma série de medidas para garantir a continuidade do sistema, prorrogando, em muitos casos, o período de vigência das bolsas.

Neste cenário de desafios, a CAPES se mobilizou para garantir a segurança e o bem-estar de todos os bolsistas, repatriando cerca de 700 pesquisadores que solicitaram o retorno ao País. No Brasil, o prazo de vigência das bolsas de pós-graduação internas foi estendido e atendeu às necessidades de 32.522 estudantes.

Na área internacional, a fundação já está, inclusive, desenvolvendo ativamente ações de internacionalização e de mobilidade acadêmica, com processos seletivos abertos para concessão de bolsas de estudos no exterior em 2021. Estão em andamento seleções para 1.400 vagas em doutorado-sanduíche, 45 bolsas de doutorado na Alemanha, 20 bolsas de doutorado nos Estados Unidos, 10 bolsas de doutorado e pós-doutorado em Portugal, 15 bolsas para professores promoverem a língua, a cultura e a literatura do Brasil em outras nações, 15 bolsas para a Fundação Humboldt na Alemanha, além de outras seis bolsas para a Universidade de Yale, no Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM  Governo admite prorrogação do Auxílio Emergencial em 2021

Em 2020 o Portal de Periódicos completou 20 anos. Com mais de 49 mil títulos, a maior base de apoio à pesquisa científica no Brasil atende estudantes de 435 instituições e reúne cerca de 460 mil usuários ativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.