Servidores da UEM aprovam indicativo de greve para 2 de dezembro

A decisão foi tomada em assembleia do Sinteemar realizada na manhã desta sexta-feira (22). Agora, o Sesduem – Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Maringá, também deve se reunir para discutir a reforma da previdência apresentada pelo Governo do Paraná.

Na assembleia de hoje, os servidores filiados ao Sinteemar foram contra a proposta e disseram que o projeto de reforma estadual é pior do que o aprovado no Congresso Nacional. De acordo com o presidente da entidade, José Maria Marques, a aprovação do indicativo de greve foi unânime. Ou seja, se o governo não apresentar nova proposta até 2 de dezembro, a categoria pode deflagrar a greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.