Adjetivos


A classe dos adjetivos dá características ao substantivo, modificando-o e atribuindo-lhe uma característica, um aspecto ou um estado.

Em “menina inteligente”, o adjetivo inteligente caracteriza o substantivo menina.

Em “carro velho”, o adjetivo velho caracteriza o substantivo carro.

Os adjetivos podem ter variação de gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural), sempre de acordo com o substantivo que estão caracterizando:

Exemplo de variação de gênero: menino bonito e menina bonita

Exemplo de variação de número: casa velha e casas velhas.

Adjetivos simples e compostos

Os adjetivos simples são formados por apenas um elemento, enquanto que os adjetivos compostos são formados por dois ou mais elementos.

  • Exemplos de adjetivos simples:

Maçã saborosa

Vestido verde

Mãe amorosa

Luz brilhante

  • Exemplos de adjetivos compostos:

Saia verde-clara

Jogador franco-brasileiro.

Rapaz mal-educado

Os adjetivos podem sofrer flexão de gênero, número e grau.

Gênero dos adjetivos

Os adjetivos possuem gênero feminino e masculino. Podem ser biformes ou uniformes.

Adjetivo biforme

O adjetivo biforme tem duas formas, uma para o gênero masculino e outra para o gênero feminino.

Sofia é uma menina simpática.

Henrique é um menino simpático.

A blusa é amarela.

O casaco é amarelo.

Adjetivo uniforme

O adjetivo uniforme, que é também chamado de adjetivo comum de dois gêneros, apresenta sempre a mesma forma, seja no gênero feminino ou no gênero masculino.

Sofia é uma menina feliz.

Henrique é um menino feliz.

A blusa é rosa

O casaco é rosa.

Em quase todos os casos, os adjetivos terminados em -e, -z, -m e -l são  uniformes. Exemplos: o homem inteligente e a mulher inteligente, o violão azul e a guitarra azul.

Número dos adjetivos

Há regras distintas para a formação do plural dos adjetivos simples e do plural dos adjetivos compostos.

Plural dos adjetivos simples

Para a formação do plural dos adjetivos simples, basta utilizar as mesmas regras de formação do plural dos substantivos, que já foram mencionadas anteriormente:

Laranja madura

Laranjas maduras

Mulher querida

Mulheres queridas

Bolsa grande

Bolsas grandes

Plural dos adjetivos compostos

No plural dos adjetivos compostos, a regra é que apenas o último elemento vai para o plural. Entretanto, o adjetivo composto se mantém invariável se o seu último elemento for um substantivo.

Exemplos de flexão do último elemento:

Meu tio é afro-brasileiro

Meus tios são afro-brasileiros

Esta aluna é mal-educada

Estas alunas são mal-educadas

Exemplos de adjetivos que são invariáveis, por possuírem um substantivo como último elemento:

O muro é amarelo-canário.

Os muros são amarelo-canário.

O vestido é vermelho-cereja.

Os vestidos são vermelho-cereja.

Grau dos adjetivos

Além de sofrerem flexão em gênero e número, os adjetivos também podem ser flexionados em grau. Desta forma, os adjetivos podem estar no grau normal, no grau comparativo ou no grau superlativo.

O grau do adjetivo demonstra as diversas intensidades com que ele pode caracterizar um substantivo.

Comparativo de igualdade: Pedro é tão esperto quanto seu irmão.
Comparativo de inferioridade: Lucas é menos esperto (do) que seu irmão.
Comparativo de superioridade: Lucas é mais esperto (do) que seu irmão.
Superlativo: Pedro é o menino mais esperto da casa

Locuções adjetivas

A locução adjetiva é uma expressão que possui o valor de um adjetivo. Exemplos:

Corrente de ouro (Corrente áurea)

Indústria de petróleo (Indústria petrolífera)

Amor de mãe (Amor materno)

Atitudes de criança (Atitudes infantis)

A seguir, há uma lista de locuções adjetivas e os seus adjetivos correspondentes:

Locução adjetiva Adjetivo
de abdômen abdominal
de abelha apícola
de alma anímico
de aluno discente
de anjo angelical
de ano anual
de aranha aracnídeo
de astro sideral
de audição ótico
de bispo episcopal
de boca bucal ou oral
de boi bovino
de bronze brônzeo ou êneo
de cavalo cavalar, equino, equídeo ou hípico
de chumbo plúmbeo
de chuva pluvial
de cidade urbano ou citadino
de circo circense
de criança pueril ou infantil
de cão canino
de enxofre sulfúrico
de escola escolar
de estômago estomacal ou gástrico
de fígado figadal ou hepático
de gado pecuário
de garganta gutural
de gato felino
de gelo glacial
de governo governamental
de guerra bélico
de homem viril ou humano
de idade etário
de ilha insular
de inverno hibernal ou invernal
de irmão fraterno
de junho junino
de leite lácteo ou láctico
de lobo lupino
de lua lunar
de lágrima lacrimal
de macaco simiesco, símio ou macacal
de madeira lígneo
de noite noturno
de ouro áureo
de ovelha ovino
de pai paterno
de paixão passional
de pato anserino
de prata argênteo ou argírico
de professor docente
de pulmão pulmonar
de páscoa pascal
de quadril ciático
de rei real
de rio fluvial
de sangue sanguíneo
de serpente ofídico
de sol solar
de sonho onírico
de tarde vespertino
de tecido têxtil
de terra telúrico, terrestre ou terreno
de trás traseiro
de urso ursino
de vaca vacum
de velho senil
de visão óptico ou ótico
de voz vocal

Constata-se que não todas as locuções adjetivas que podem ser substituídas por um adjetivo correspondente. Por exemplo:

As árvores da sem flores.

O dente de leite do meu irmão caiu.

Adjetivos pátrios

Os adjetivos designam as pessoas de acordo com o local onde nascem ou vivem. Por exemplo, as capitais dos estados brasileiros e as suas respectivas capitais:

Capital Adjetivo
Aracaju aracajuano ou aracajuense
Belém belenense
Belo Horizonte belo-horizontino
Boa Vista boa-vistense
Campo Grande campo-grandense
Cuiabá cuiabano
Curitiba curitibano
Florianópolis florianopolitano
Fortaleza fortalezense
Goiânia goianense
João Pessoa pessoense
Macapá macapaense
Maceió maceioense
Manaus manauense, manauara ou baré
Natal natalense
Palmas palmense
Porto Alegre porto-alegrense
Porto Velho porto-velhense
Recife recifense
Rio Branco rio-branquense
Rio de Janeiro carioca
Salvador soteropolitano ou salvadorense
São Luís são-luisense ou ludovicense
São Paulo paulistano
Teresina teresinense
Vitória vitoriense

Adjetivos Pátrios Compostos

É comum a utilização de adjetivos pátrios compostos. Nestes, o primeiro elemento é utilizado na forma reduzida e enquanto o segundo elemento permanece igual. Os adjetivos pátrios sempre possuem hífen.

Os adjetivos pátrios compostos mais comuns são:

anglo = inglês. Exemplo: Escola anglo-americana

euro = europeu. Exemplo: Amizade euro-africana

franco = francês. Exemplo: Império franco-germânico

greco = grego. Exemplo: Mitologia greco-romana

hispano = hispânico ou espanhol. Exemplo: Federação hispano-portuguesa

luso = lusitano ou português. Exemplo: Fundação luso-turca

nipo = nipônico ou japonês. Exemplo: Empresa nipo-brasileira

teuto = teutônico ou alemão. Exemplo: Relações teuto-francesas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.