Unicamp abre inscrições da seleção Enem-Unicamp 2020

A Unicamp abriu as inscrições do Vestibular 2020 para 639 vagas oferecidas em cursos de graduação que usam como critério de seleção a nota obtida pelo candidato na realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição deste ano ou de 2018.

As inscrições devem ser feitas pelo site da comissão organizadora (Comvest) até 17h do dia 21 de novembro, enquanto que o pagamento da taxa de R$ 30 (tentativa de ingresso exclusivo via Enem) deve ser realizado até 25 de novembro. Quem já se inscreveu para o vestibular tradicional precisa pagar R$ 15; e candidatos isentos no formato tradicional seguem como beneficiários nesta modalidade de seleção.

Segundo a Unicamp, a distribuição das vagas reservadas será da seguinte forma:

  • 50% de cada curso ao segmento EP (escola pública);
  • 25% de cada curso ao segmento PP (autodeclarados pretos e pardos);
  • 25% de cada curso ao segmento EP+PPI (escola pública + autodeclarados pretos e pardos)

“Para ter direito às cotas por critério étnico-racial, os estudantes autodeclarados pretos ou pardos deverão possuir traços fenotípicos que os caracterizem como negro, de cor preta ou parda. Caso aprovados, eles deverão assinar e entregar uma declaração no ato da matrícula, de acordo com o Edital. Os optantes pelas vagas indígenas também deverão apresentar a declaração”, destaca a comissão organizadora do processo seletivo (Comvest). Ainda segundo a universidade, candidatos que concluíram algum curso de graduação ou pós em instituição pública não podem concorrer nessa modalidade.

As provas do Enem 2019 serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, dois domingos consecutivos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou o acesso ao cartão de confirmação, com o local e o horário das provas da edição 2019 do Enem. Para acessar o documento, é necessário digitar número do CPF e a senha cadastrada na inscrição na página do participante.

Múltiplas Inscrições

Os interessados podem se inscrever, ao mesmo tempo, em mais de um dos sistemas de seleção oferecidos na Unicamp. Além da modalidade via Enem, há aplicação do vestibular tradicional, vestibular indígena e seleção de candidatos premiados em olimpíadas ou competições de conhecimentos.

“Caso um candidato tenha sido convocado para matricula em cursos diferentes, na mesma chamada, no Vestibular 2020 e no Enem-Unicamp, o candidato fará opção, no momento da matrícula. Ao efetivar a sua matrícula em um dos sistemas, o candidato será excluído, automaticamente, da lista de classificação dos demais sistemas de ingresso. Caso esteja inscrito no mesmo curso, seja convocado em qualquer sistema e não realize matrícula, terá seu nome excluído das chamadas em outros sistemas”, diz nota.

Convocação

Segundo a Unicamp, nesta modalidade estão previstas até cinco chamadas para matrícula e o calendário é o mesmo do vestibular tradicional. Ela será realizada em duas etapas: as três primeiras virtuais (site da Comvest) e a partir da quarta chamada, de forma presencial, na unidade sede do curso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.