Inscrições para Olimpíada Brasileira de Biologia 2021 vão até quinta (29)

Os estudantes do Ensino Médio que desejarem se inscrever na Olimpíada Brasileira de Biologia poderão realizar o cadastro até a próxima quinta-feira, 29 de abril. O objetivo é estimular o conhecimento e revelar talentos na área.

Em função da pandemia do coronavírus, alguns protocolos foram adaptados. Será possível fazer a prova virtual, conforme a situação local da pandemia, e haverá uma avaliação a mais, se comparado às edições anteriores.

A premiação vai contar com 25 certificados que equivalem à medalha de ouro, 50 de prata, 100 de bronze e 200 menções honrosas. A melhor estudante classificada receberá o Certificado Menina da Biologia. Meninos e meninas concorrem ainda ao Certificado Melhor Estudante da Rede Pública.

Entre os medalhistas, 20 alunos da rede pública serão selecionados para receber uma bolsa de iniciação científica júnior pelo Instituto Butantan.

A competição é feita pelo Instituto Butantan com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, o Ministério da Educação, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, a Fapesp (agência de fomento à ciência de São Paulo), Fundação Butantan e Veritas.

Como será a Olimpíada Brasileira de Biologia em 2021

A primeira fase desta edição da Olimpíada Brasileira de Biologia ocorrerá no dia 30 de abril. Dependendo da situação local da pandemia, as provas poderão ser feitas de forma presencial ou virtual. Os aprovados serão divulgados em 18 de maio.

A segunda fase será dividida em duas partes: fase 2 A e fase 2 B. A fase 2 A vai ocorrer em 21 de maio. As provas serão feitas nas escolas que se inscreveram. Os educadores decidirão como será o formato, se presencial ou digital. Os resultados saem em 8 de junho.

A fase 2 B será em 18 de junho. Esta etapa será exclusivamente digital. Os organizadores usarão um software que submete o exame a uma criptografia, que só poderá ser acessado com senha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.