SISU 2020: estudantes denunciam possível erro

Nesta sexta-feira, 24 de janeiro, estudantes estão denunciando um possível erro nas notas de corte do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020/1. Os comunicados surgiram nas redes sociais. As notas teriam aumentado muito de um dia para o outro, deixando vários candidatos fora da lista de aprovados.

De acordo com os estudantes, o sistema está contabilizando as duas opções de curso no cálculo da nota de corte, enquanto o correto seria descartar a segunda opção quando o estudante está sendo classificado no curso de primeira opção.

Na imagem abaixo, por exemplo, uma estudante está sendo aprovada para dois cursos na mesma instituição, o que é proibido. A nota dela deveria ser contabilizada apenas na primeira opção.

Estudantes estão sendo aprovados nas duas opções de curso no Sisu 2020

No Twitter, a hashtag #erronosisu é o assunto mais comentado na tarde de hoje. Os estudantes também mencionam os erros nas notas do Enem 2019 e pedem um esclarecimento do Ministério da Educação (MEC).

O aumento na nota de corte pode levar os estudantes a alterarem a opção de curso, caso fiquem de fora da lista de classificados. As opções podem ser alteradas até domingo, dia 26, último dia de inscrição para o SiSU.

SiSU 2020

As inscrições do SiSU 2020/1 podem ser feitas até o próximo domingo, dia 26 de janeiro. De acordo com o MEC, o sistema já recebeu mais de 3 milhões de inscrições realizadas por 1,5 milhão de candidatos. O número de inscrições é maior porque cada candidato pode se inscrever em até dois cursos.

A previsão é de que o resultado do SiSU 2020/1 seja divulgado na terça-feira, 28 de janeiro. Quem for aprovado deverá efetuar sua matrícula entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

Os candidatos que não forem chamados em nenhuma das duas opções de curso devem manifestar interesse na lista de espera, também entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. O participante deve escolher entre um dos cursos que selecionou durante a inscrição.

As chamadas das listas de espera são realizadas pelas próprias universidades. Os estudantes devem acompanhar os meios de divulgação das instituições entre os dias 7 de fevereiro e 30 de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.