Vestibulandoweb

A op��o Certa!


Provas de Biologia - Vestibular

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO - VESTIBULAR 1999

01) A estrutura acima, na forma como est� representada, refere-se a:


a) um amino�cido essencial com fun��o enzim�tica na c�lula.
b) Um nucleot�deo que participa da estrutura qu�mica dos �cidos nucl�icos.
c) Um nucleot�deo est�vel que participa da estrutura qu�mica dos �cidos nucl�icos.
d) Um carboidrato n�o hidrolis�vel que atua no metabolismo celular.
e) Um nucleot�deo que participa de rea��es bioqu�micas como fornecedor de energia.

02) Em anf�bios, realizaram-se experimentos em que os n�cleos de c�lulas embrion�rias foram transplantados para ovos de anf�bios, que tiveram seus n�cleos retirados.

Considerando-se o total de ovos que n�o rejeitaram o n�cleo transplantado, foi montado o gr�fico abaixo:
A explica��o para essa diferen�a refletida no gr�fico � que:
a) os n�cleos de m�rula est�o em um est�gio em que todos os genes est�o reprimidos.
b) os n�cleos de m�rula s�o geneticamente distintos dos outros n�cleos em quest�o.
c) os n�cleos de bl�stula e g�strula n�o receberam os est�mulos citoplasm�ticos necess�rios para o desenvolvimento do embri�o.
d) os n�cleos de bl�stula e g�strula t�m seus produtos g�nicos eliminados por mecanismos de regula��o.
e) os n�cleos de g�strula j� se encontram em est�gio de diferencia��o.

03) Um estudante, ao analisar os cromossomos de Drosophila, encontrou a propor��o de 1X:2A (onde a letra A simboliza o conjunto hapl�ide de autossomos). Al�m disso, n�o observou a presen�a do cromossomo Y. Analisando os dados do estudante, podemos concluir que a mosca �:
a) Uma f�mea normal.
b) Uma f�mea aneupl�ide.
e) Um macho normal.
d) Um macho est�ril.
e) Um intersexuado.

04) Os conhecimentos envolvendo a "clonagem" t�m proporcionado � humanidade grandes avan�os e sua utiliza��o em vegetais tem sido mais f�cil e menos controversa que em animais, porque:
a) os mecanismos de regula��o g�nica nos vegetais s�o mais simples, devido ao seu menor grau de complexidade.
b) os embri�es resultantes da clonagem em vegetais s�o mais resistentes �s modifica��es ambientais.
c) os vegetais apresentam, em sua maioria, a capacidade de propaga��o vegetativa, o que facilita a continuidade do processo.
d) a regula��o hormonal da reprodu��o nos vegetais � mais facilmente controlada pelos cientistas.
e) os vegetais produzem maior n�mero de embri�es por indiv�duo, o que diminui a perda, em caso de rejei��o.

05) Os fungos est�o presentes em nossa vida diariamente, tanto na fabrica��o de alimentos como parasitando plantas e animais, inclusive o homem. Por apresentarem caracter�sticas particulares que os diferem das plantas e dos animais, constituem um reino particular: o Reino Fungi.
Dentre as caracter�sticas abaixo, assinale aquela EXCLUSIVA dos fungos.
a) Reproduzem-se por esporos.
b) Armazenam glicog�nio.
c) S�o heter�trofos por absor��o.
d) S�o aclorofilados e parasitas.
e) N�o apresentam tecidos condutores de seiva.

06) Com rela��o ao transporte de servas nas plantas vasculares, pode-se afirmar que:
I - o floema � constitu�do por elementos de vasos e traque�deos;
II - a seiva elaborada � constitu�da, principalmente, de �gua e sais minerais;
III - a seiva bruta � transportada das ra�zes �s folhas atrav�s dos vasos lenhosos;
IV - os vasos liberianos, em geral, ocupam a posi��o mais externa do caule, transportando produtos da fotoss�ntese.

Est�(�o) CORRETA(S)
a) I e II.          c) Apenas III.         e) I, II, III e IV.
b) III e IV.      d) apenas IV.

07) As angiospermas conquistaram o ambiente terrestre h� cerca de 130 milh�es de anos, devido, principalmente, � capacidade de produzir semente protegida pelo fruto. Outra conquista importante foi a realiza��o da dupla fecunda��o.
Com rela��o � reprodu��o em angiospermas, assinale a alternativa INCORRETA.
a) O anterideo desaparece, mas o arqueg�nio permanece e apresenta-se mais evolu�do que nos demais grupos vegetais.
b) Na fecunda��o do �vulo, os dois n�cleos esperm�ticos fundem-se, respectivamente, no saco embrion�rio, com a oosfera e com os n�cleos polares.
c) O endosperma, originado na dupla fecunda��o, possui estrutura cromoss�mica 3n e pode estar ausente em alguns vegetais.
d) Ap�s a fertiliza��o, o �vulo se desenvolve originando a semente e o ov�rio, e, �s vezes, outras partes da flor transformam-se no fruto.
e) A poliniza��o indireta facilita a fecunda��o cruzada e, consequentemente, aumenta a variabilidade g�nica entre os vegetais.

08) Dentre os fitorm�nios conhecidos, o etileno � um dos principais respons�veis pelo amadurecimento dos frutos. Para evitar que os frutos amadure�am durante o transporte, um produtor que queira exportar mam�es para outro Estado deve:
a) utilizar carros frigor�ficos com baixas temperaturas e altas taxas de CO2.
b) armazenar os frutos em temperaturas elevadas e com altas taxas de O2.
c) diminuir a concentra��o de CO2 no interior dos carros frigor�ficos.
d) manter os ve�culos de transporte em temperatura ambiente.
e) colocar alguns frutos j� maduros entre os outros ainda verdes.

09) S�o fun��es do sistema linf�tico:
I - drenagem de l�quidos dos tecidos;
II - reten��o de part�culas estranhas e c�lulas mortas;
III - prote��o do organismo contra agentes infecciosos.
Est�(�o) CORRETA(S):
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I, II e III.
e) apenas III.

10) Muitas academias de gin�stica estimulam seus alunos a passar horas "malhando pesado", o que pode acarretar fadiga muscular e dores. Esses sintomas devem-se:
a) � diminui��o da concentra��o do ATP e conseq�ente ac�mulo de �cido l�tico nas fibras musculares, devido � glic�lise anaer�bia.
b) ao rompimento das fibras musculares, o que impede o deslizamento das miofibrilas.
c) a estimula��es repetidas e involunt�rias que produzem uma contra��o muscular uniforme mantida.
d) � queda na concentra��o plasm�tica de �ons c�lcio, impedindo a intera��o entre a miosina e a actina.
e) � exaust�o da subst�ncia neurotransmissora acetilcolina na placa motora.

11) A por��o do n�fron assinalada com um asterisco na figura corresponde � estrutura:

a) onde ocorre a ultrafiltra��o do plasma sang��neo.
b) com fun��o de excretar o excesso de sal, observada em r�pteis e aves.
c) onde ocorre reabsor��o de glicose e amino�cidos.
d) respons�vel pela forma��o de urina concentrada, observada em aves e mam�feros.
e) onde ocorre secre��o de subst�ncias estranhas ao organismo.

 

12) No Pantanal Mato-Grossense, os jacar�s aquecem-se ao sol nas margens dos rios durante o dia e, como a �gua esfria mais lentamente que a terra, submergem � noite.
Essa estrat�gia dos crocodilianos est� relacionada ao fato de eles:
a) excretarem principalmente ur�ia, composto nitrogenado com baixa toxicidade que necessita de �gua para ser eliminado.
b) serem ectot�rmicos, dependendo de fontes externas de calor para a regula��o da temperatura corp�rea.
c) dependerem da �gua para a fecunda��o e o desenvolvimento dos ovos.
d) apresentarem o corpo revestido por uma pele grossa, com placas c�rneas, que evita a desseca��o.
e) n�o terem, em seus pulm�es, superf�cie suficiente para uma troca gasosa eficiente, necessitando realizar absor��o de oxig�nio da �gua do meio circundante, atrav�s da mucosa cloacal.

 

 

 

13)

"� PRECISO ANIQUILAR, EXTERMINAR. N�O PODE RESTAR NADA, NEM POEIRA. A POEIRA, ALI�S, � UM DOS PRIMEIROS SINAS DA PRESEN�A DESSA PRAGA QUE CAUSA UM PREJU�ZO DE 10 BILH�ES DE D�LARES POR ANO EM TODO O MUNDO. � PRECISO ERRADICAR".
                Superinteressante, Setembro/97

A praga em quest�o s�o os cupins, e a sua erradica��o � dificultada pelos seguintes fatores:
I- a rainha dos cupins � fecundada durante o v�o nupcial, armazenando os espermatoz�ides durante toda a vida;
II- o abdome da rainha sofre hipertrofia, o que permite a postura de milhares de ovos por dia.
III- h� substitui��o do rei ou da rainha, quando da morte ou retirada de um ou de ambos da col�nia, devido � aus�ncia do ferom�nio que inibe a fun��o reprodutora dos outros indiv�duos.

Est�(�o) CORRETA(S):
a) I e II.             c) I e III.              e) apenas III.
b) II e III.           d) I, II e III.

14) As pesquisas que visam a desenvolver uma agricultura org�nica com a redu��o do uso de fertilizantes, herbicidas ou inseticidas qu�micos na lavoura foram determinadas pelos seguintes fatores:

I - A utiliza��o de produtos qu�micos para elimina��o de ervas e insetos em conseq��ncia da expans�o de terras cultivadas, est� produzindo altera��es em diversos organismos, por exemplo, esterilidade em algumas aves;
II - Inseticidas de grande estabilidade qu�mica podem chegar at� os mares, trazidos pelas �guas dos rios, causando s�rios danos � vegeta��o e � fauna aqu�ticas;
III - Os seres vivos dos �ltimos n�veis tr�ficos de cadeias alimentares s�o mais afetados pela concentra��o maci�a do inseticida em seus organismos;
IV - O uso abusivo dos inseticidas tem propiciado o desenvolvimento de in�meras linhagens de insetos resistentes, "superinsetos", devido � grande dificuldade de sua erradica��o por via qu�mica.

Est�(�o) CORRETA(S):
a) apenas I.             c) II e IV.              e) I, II, III e IV.
b) II e III.               d) I, III e IV.

15) Ao longo do processo evolutivo do homem, v�rias mudan�as adaptativas ocorreram. As afirmativas abaixo se referem a algumas delas. Assinale a INCORRETA.
a) A ado��o da postura ereta e o aperfei�oamento das m�os possibilitaram o uso regular de instrumentos para obten��o de alimentos.
b) As modifica��es nos dentes, na arcada dent�ria e nos h�bitos alimentares contribu�ram para o aumento da capacidade de adapta��o.
c) A postura b�pede foi decorrente de um aumento do c�rebro e da intelig�ncia, acompanhado de altera��es no esqueleto.
d) As altera��es no ritmo do desenvolvimento dos humanos resultaram na necessidade de um per�odo mais prolongado de cuidados maternais.
e) O aumento da capacidade craniana e o desenvolvimento dos centros da intelig�ncia, propiciaram um aumento na capacidade de comunica��o e de comportamento comunit�rio organizado.

Vestibulando Web - Copyright 1999-2011. Todos os direitos reservados.

Ponto.Br