- UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL - UFMS -
- PROVA DE QU�MICA - VESTIBULAR 1998 -

01 - Analisando os tr�s sistemas abaixo, � correto afirmar que:

(01) o sistema A � empregado na separa��o de uma mistura heterog�nea l�quido-l�quido.
(02) o sistema B � utilizado para a separa��o dos componentes de uma mistura heterog�nea s�lido-l�quido.
(04) o sistema C � composto por funil de separa��o e erlenmeyer.
(08) o sistema A � utilizado na determina��o da concentra��o de solu��es.
(16) o sistema C � utilizado para a separa��o dos componentes de uma mistura homog�nea l�quido-l�quido.
(32) o sistema B � constitu�do por b�quer, funil de vidro, bast�o de vidro e suporte de ferro.

 

02 - Um dos processos industriais mais importantes � a eletr�lise de solu��es de salmoura (solu��o aquosa de NaCl). Quando uma corrente el�trica � passada atrav�s da salmoura, o NaCl e �gua produzem H2(g), Cl2(g) e NaOH(aq), todos valiosos reagentes qu�micos. Considerando o exposto acima, � correto afirmar que:
(01) a equa��o que melhor representa a rea��o citada �
     2NaCl(aq) + 2H2O(l)
H2(g) + Cl2(g) + 2NaOH(aq).
(02) trata-se uma rea��o de �xido-redu��o.
(04) ocorreu redu��o do �tomo de cloro e oxida��o do �tomo de oxig�nio.
(08) s�o necess�rios 2 (dois) mols de NaCl para produzir 1 (um) mol de H2(g) e 1 (um) mol de Cl2(g).
(16) s�o necess�rios 117,0 g de NaCl e �gua suficiente para produzir 2,0 g de H2(g) e 71,0 g de Cl2(g).
(32) s�o necess�rios 117,0 g de NaCl e �gua suficiente para produzir 40,0 g de NaOH.

 

03 - Em rela��o � estrutura molecular abaixo:

correto afirmar que:
(01) ela representar� um �ster et�lico quando R for igual a OCH3.
(02) quando R for igual a hidrog�nio, teremos um alde�do.
(04) ela representar� uma cetona quando R for, por exemplo, um grupo alquila tal como CH3.
(08) teremos um �cido org�nico quando R for OH.
(16) no caso de R ser um �tomo de cloro, teremos um derivado de �cido carbox�lico.
(32) se R for um grupo NH2, teremos uma amina. 

 

04 - A mol�cula abaixo que representa o �-caroteno, subst�ncia encontrada na cenoura, � precursora da vitamina A.

A respeito do exposto acima, � correto afirmar que:
(01) o �-caroteno � um pol�mero.
(02) a unidade repetitiva, ou mero, no �-caroteno �

(04) em cada mol�cula de �-caroteno tem-se dois an�is arom�ticos.

(08) no �-caroteno todas as hibridiza��es s�o do tipo sp3.
(16) no �-caroteno tem-se 41 liga��es
s (sigma) carbono-carbono e 11 liga��es p (pi).

 

05 - A figura abaixo representa um sistema de dois compartimentos separados por uma membrana semi-perme�vel (msp).

Com rela��o � figura, � correto afirmar que:
(01) A e B cont�m solu��es isot�nicas � mesma temperatura.
(02) a passagem de mol�culas do compartimento A para o B, atrav�s de msp, � denominada osmose.
(04) msp permite a passagem de A para B e de B para A tanto de mol�culas de H2O quanto das de soluto.
(08) aplicando-se uma press�o externa em B e supondo que nesse compartimento contenha �gua do mar, haver� um aumento de mol�culas de H2O no compartimento A.

 

06 - Com rela��o � cin�tica de uma dada rea��o qu�mica e sendo DH=varia��o da entalpia, � correto afirmar que:
(01) as rea��es qu�micas ser�o mais r�pidas quanto maior for o n�mero de part�culas reagentes com energia igual ou superior � energia de ativa��o.
(02) um catalisador aumenta a velocidade de uma rea��o qu�mica, porque diminui o valor de DH.
(04) todas as colis�es intermoleculares resultam em rea��o qu�mica.
(08) o aumento do n�mero de colis�es intermoleculares, devidamente orientadas, favorece a rea��o qu�mica.
(16) um catalisador aumenta a velocidade de uma rea��o qu�mica, pois diminui o valor da energia de ativa��o.
(32) a pulveriza��o de um reagente s�lido influi na velocidade de suas rea��es.

 

07 - Analise as proposi��es abaixo e assinale as corretas.
(01) as estruturas de Lewis para os compostos de cloro com nitrog�nio, enxofre e boro s�o, respectivamente:

(02) as liga��es qu�micas entre os �tomos N—Cl, S—Cl e B—Cl s�o covalentes polares.
(04) as mol�culas NCl3, SCl2, e BCl3 s�o todas polares.
(08) os compostos de N, S e B, como mostrado na alternativa 01, est�o aptos a participarem de liga��o covalente coordenada "emprestando" um par de el�trons de sua camada de val�ncia.
(16) o �tomo de cloro participa somente de liga��o covalente polar.

 

08 - Analise os processos abaixo relacionados e forne�a o sinal alg�brico de DHo, DSo e DGo, respectivamente.
I - o rompimento das liga��es entre os �tomos da mol�cula de �gua para formar oxig�nio e hidrog�nio requer uma quantidade consider�vel de energia.
II - a explos�o da dinamite (uma mistura de nitroglicerina, C3H3N3O9, e terra diatom�cea) fornece produtos tais como vapor de �gua, CO2 e outros, e muito calor.
III - a combust�o da gasolina no motor de um carro � exemplificada pela combust�o do octano:2C8H18(g) + 2502(g) 16CO2(g) + 18H2O(g).

De acordo com os processos descritos, � correto afirmar que:
(01) para I tem-se: +, +, +.
(02) para I tem-se: +, -, +.
(04) para II tem-se : +, -, +.
(08) para II tem-se: -, +, -.
(16) para III tem-se: -, + -.
(32) para III tem-se: +, +, -.

 

09 - Quando se adiciona acetato de s�dio (CH3COONa) a uma solu��o aquosa de �cido clor�drico (HCl), CH3COONa(s) + HCl(aq) CH3COOH(aq) + NaCl(aq), � correto afirmar que:
(01) observa-se, nesse caso, um aumento do pOH da solu��o.
(02) observa-se uma diminui��o do pH da solu��o.
(04) h� forma��o de um �cido fraco.
(08) observa-se precipita��o de cloreto de s�dio.
(16) h� um aumento do pH da solu��o.

 

10 - O colesterol impuro pode ser obtido dos c�lculos biliares, atrav�s de uma extra��o simples com solvente org�nico. O colesterol, assim obtido, pode ser purificado usando-se, sucessivamente, as etapas:
a) tratamento com Br2 em CCl4;
b) cristaliza��o do produto;
c) rea��o do produto formado em b com zinco em �lcool et�lico.

Considerando a estrutura e os fatos acima, � correto afirmar que:
(01) a liga��o dupla (C=C) na mol�cula do colesterol � o s�tio onde adiciona-se uma mol�cula de Br2, levando a um derivado dialogenado.
(02) uma cetona pode ser obtida a partir do colesterol, por oxida��o do grupo hidroxila (OH).
(04) a estrutura da mol�cula de colesterol leva-nos a crer que o mesmo deve ser facilmente solubilizado em �gua.
(08) uma das maneiras de se obter uma liga��o dupla � atrav�s da desalogena��o de compostos dialogenados vicinais, usando-se zinco em p�, com a forma��o de ZnBr
2.
(16) a estrutura do colesterol � um sistema tric�clico condensado, saturado e ramificado.

 

11 - Em rela��o � estrutura at�mica dos elementos, � correto afirmar que:
(01) dentro de uma dada camada (ex: n=4), a ordem de aumento de energia das subcamadas � 4s<4p<4d<4f.
(02) o Princ�pio de Exclus�o de Pauli diz que o n�mero m�ximo de el�trons em qualquer orbital � dois, sendo que esses dois el�trons devem ter spins opostos.
(04) quando se tem dois el�trons num mesmo orbital, diz-se que os mesmos est�o emparelhados, resultando no cancelamento dos efeitos magn�ticos desses el�trons.
(08) �tomos com el�trons desemparelhados tornam-se fracamente magn�ticos, podendo ser atra�dos por um campo magn�tico externo, o que � denominado paramagnetismo.
(16) a configura��o da camada de val�ncia para o Ars�nio (As) pode ser escrita como 4s23d104p3.
(32) os �tomos maiores s�o encontrados na parte inferior e � esquerda da tabela de classifica��o peri�dica, enquanto que os �tomos menores s�o encontrados � direita, na parte superior da tabela.

 

12 - A combust�o do propano, C3H8, produziu, numa determinada rea��o, 1,5 mols de CO2. Assim, � correto afirmar que:
(01) a rea��o citada (omitindo-se os estados f�sicos) pode ser representada pela equa��o:

aC3H8 + bO2 cCO2 + dH2O + calor
(02) a equa��o balanceada apresenta os menores coeficiente inteiros (a, b, c e d), sendo, respectivamente, 1, 10, 3 e 4.
(04) C3H8 � um composto org�nico polar que possui a f�rmula estrutural abaixo:

(08) todas as liga��es qu�micas da mol�cula s�o covalentes e os carbonos apresentam hibridiza��o do tipo sp3.
(16) foram consumidos 2,5 mols de oxig�nio (O2) e 0,5 mols de propano, na referida rea��o.
(32) 1,5 mols do CO2 obtido equivalem a 66 g de CO2.

 

13 - O gr�fico abaixo fornece os pontos de ebuli��o dos compostos de hidrog�nio com elementos dos grupos 14 (4A), 15 (5A), 16 (6A) e 17 (7A) da tabela peri�dica.

Analisando o gr�fico acima, � correto afirmar que:
(01) os compostos HF, H2O e NH3 t�m pontos de ebuli��o maior que os esperados, porque cada um deles est� envolvido com liga��es de hidrog�nio que s�o muito mais fortes que outras for�as intermoleculares.
(02) compostos hidrogenados do grupo 14 (4A) apresentam for�as intermoleculares mais fortes que a liga��o de hidrog�nio.
(04) a liga��o de hidrog�nio � a respons�vel pelo fato da �gua ser l�quida, a 25� C, e n�o gasosa, como seria de se esperar.
(08) se n�o fosse a ocorr�ncia das liga��es de hidrog�nio, a �gua entraria em ebuli��o a aproximadamente -80� C.
(16) todos os compostos de elementos do terceiro per�odo, representados no gr�fico, apresentam liga��es covalentes.
(32) todos os compostos de elementos do segundo per�odo, representados no gr�fico, s�o i�nicos.

 

14 - O �cido nicot�nico, C5H4NCOOH, uma vitamina B, � um �cido fraco, monopr�tico, com Ka@ 10-5. De acordo com o exposto, � correto afirmar que:

(01) a equa��o que melhor representa o equil�brio �:
C5H4NCOOH C5H4NCOO- + H+.
(02) a constante de equil�brio para a ioniza��o do �cido nicot�nico pode ser escrita como:
.
(04) no equil�brio [H+]=[C5H4NCOO-].
(08) uma solu��o de �cido nicot�nico cuja [H+]=10-4 apresenta pOH=4.
(16) o �cido nicot�nico apresenta pKa@5.
(32) � necess�rio um mol de �cido nicot�nico para reagir completamente com um mol de hidr�xido de s�dio. 

 

15 - A rea��o de fotoss�ntese �

6CO2(g) + 6H2O(l) C6H12O6(s) + 6O2(g), DH0 = +2,802KJ.

Assumindo que a rea��o est� no equil�brio e que a c�lula vegetal � um sistema isolado, � correto afirmar que:
(01) Quando a press�o parcial de O2 � aumentada, o equil�brio se desloca na dire��o da forma��o dos produtos.
(02) Quando se aumenta a temperatura, o equil�brio se desloca no sentido da forma��o dos produtos.
(04) Quando se remove um pouco de C6H12O6, o equil�brio se desloca no sentido da forma��o de reagentes.
(08) Quando a press�o atmosf�rica aumenta, o equil�brio se desloca no sentido da forma��o dos produtos.
(16) A adi��o de �gua desloca o equil�brio no sentido dos reagentes.